thiago Thiago Silva

Era a noite mais incrível das nossas vidas até tudo ficar escuro. Espero que, quando acordar... tudo ainda seja incrível para você.


#26 em Conto Todo o público.

#love #drama #conto #inkspiredstory #50643
Conto
19
1.9mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

A sua borboleta

🦋


Nunca vi o mundo girar tanto como na hora em que nosso carro deslizou da pista. Nem quando eu brincava em carrosséis, ou ficava rodopiando com você no chão do meu quarto ao som de nossas músicas desconhecidas que faziam os outros pensarem que nós éramos dois estranhos vindos de outro mundo. Te ver nessa cama embranquecida, com os olhos fechados, envolto de branco, com uma expressão branca e um sem o seu sorriso branco, me faz remoer muita coisa.

— Sabe que eu estou aqui? — nada — Acho que você nem pode me escutar...

Eu adoraria ouvir uma daquelas piadas bobas que me arrancavam gargalhadas e faziam nossos amigos pensarem que eu tinha um parafuso a menos por ser a única pessoa ao seu redor que as achavam engraçadas. Será que você está vendo estrelas agora? Será que está vendo as nuvens alaranjadas de fim de tarde que amávamos ver deitados na grama do seu quintal? É bonito como nós víamos?

— Lembra de quando você me pediu na frente de todo mundo para ser meu par no baile de primavera? — ainda não acredito que você fez aquilo — Todos olharam para nós com aquelas caras surpresas e você não estava nem aí.

"Somos só nós aqui, esqueça os outros", disse você de joelhos, como se aquilo fosse um pedido de casamento.

— Sim. — solto um riso baixo — Foi o que eu disse. Acho que nunca vi um sorriso se alargar tanto.

Estou sentindo falta dos seus olhos encarando os meus, eram castanhos como chocolate quente derretido. Você sempre amou meu chocolate derretido. Eu dizia que era o melhor e você dizia que era o melhor de todos. É uma pena que não possa abrir olhos e me olhar agora. Sim, eu estou bem. Sei que essa é a primeira coisa que você iria perguntar se pudesse. Tá, eu sei, eu posso estar me precipitando, você sempre soube que esse era o meu jeito de demonstrar afeto. É uma pena que não possa devolver o seu "Está tudo bem" como sempre fez.

— Quando eu caí de bicicleta e chorei por ter ralado o joelho no parque, você segurou o riso para que eu não ficasse mais para baixo. Não era a dor de ter ralado o joelho e sim o olhar cômico de todo mundo para mim que me fez chorar.

No fundo, acho que chorei mais por ter caído na sua frente. Suspiro.

— Caramba, esse bipe, bipe ao nosso redor está me dando nos nervos!

Você é quem está me fazendo resistir a esse som irritante. Essas linhas saltando. Poderíamos ficar hipnotizados se não fosse de um cenário feio de hospital. Sei que você me sente. Adoraria tocar as suas mãos e deixar um breve selar, mas sou incapaz de fazer isso com você assim.

— Sua mãe trouxe rosas brancas. — olho para elas no buquê no vaso de vidro — Você odeia rosas e prefere orquídeas roxas.

Quando estávamos na floricultura dela, você me disse que rosas sempre eram sinônimos de coisas que queremos esquecer. As rosas vermelhas eram para as pessoas que amávamos e deixamos de amar, mas que sempre as daríamos para pessoas que amássemos depois e não parecia ser certo. Palavras suas, não minhas! E as brancas eram para... as pessoas que vão olhar para baixo sobre as nuvens.

— Sua mãe disse que não era para você ser essa pessoa quando eu entrei. — ela estava chorando — Acho que ela não me viu quando eu entrei.

Estava tentando enxugar os olhos e eu não sabia o que fazer.

— Não pode voltar? Quero ouvir sua voz agora, ouvir sua risada, ver seu jeito entusiasmado enquanto brinca com meu cachorro, ver o quanto você é feliz. — era feliz... — Eu sei, você deve estar odiando me ouvir dizer essas coisas.

Se é que pode mesmo me ouvir...

As linhas estão se alterando! Os bipes estão histéricos! O que há com você agora? Você me ouviu? Está abrindo os olhos para me ver?

— Está acordando! — alguém grita do lado de fora.

Não quero saber quem é ou se vou ter minha presença retirada a força apenas pare te socorrerem. Apenas quero que você me veja olhando para você primeiro, mas acho que não terei tempo. Parece que eu vou ter que te ver em outro momento.

— Amo você. — amo mesmo.

Por favor, não lembre de mim quando acordar. Não quero te ouvir pensando em quem vai te levar para casa nas noites de sexta quando dorme na minha casa. Em quem vai rir das suas piadas nada engraçadas. Quem vai dirigir o seu carro com você bêbado no banco do carona falando sobre como o mundo está correndo do lado de fora. Muito menos pensando em quem vai ser a pessoa que você mais ama. Porque...

— Não serei eu... — não mais...

— Rápido! — grita o mesmo alguém de novo.

Ao julgar da correria, acho que já estão chegando para te ver abrir os olhos. Prometo voltar quando precisar de companhia de novo. Saltar pela janela é a única fuga que consigo ver agora. Afinal, como os médicos explicariam uma borboleta acariciando seu rosto com as asas?

Se quiser me ver de novo. Olhe para cima. Estarei voando como uma borboleta sob sua cabeça. Mesmo que diga que deveria ter sido você e não eu, vou ficar bem pensando que você terá a chance de viver tudo o que uma vez me disse que sonhou. Então, serei sua borboleta. Mas não serei eu quem você vai ver de novo ao seu lado na cama pela manhã...

17 de Agosto de 2022 às 04:03 7 Denunciar Insira Seguir história
14
Fim

Conheça o autor

Thiago Silva ♌ Leãozinho 🧁Oi, sou Thiago, tutupon? 📘Gosto de escrever suspenses e, às vezes, me arrisco em um romance clichê 🦋 Insta/Twitter: @ThiagoCS_1 🎧 "Thinking Bout You" 🧸 Effort kills Excuse

Comente algo

Publique!
Samuel A. Palmeira Samuel A. Palmeira
👏👏👏
March 09, 2024, 00:31
Milla Cabral Milla Cabral
Meu Deus! Que perfeição 🥰🥰🥰
December 26, 2023, 16:12
Conta Dispensa Conta Dispensa
Que conto tocante e muito bem escrito. Gostei💛. Me lembrou a canção da Demi Lovato, "Butterfly"
October 25, 2023, 03:44
Bella Oliveira Bella Oliveira
Amei
October 20, 2023, 16:57
M T M T
Que conto bonito! Bom trabalho! Eu pensei que no final ia dizer que o narrador tinha morrido... o que era o caso, mas não previ que havia renascido como borboleta. Bom trabalho!
September 03, 2022, 23:00
M T M T
Que conto bonito! Bom trabalho! Eu pensei que no final ia dizer que o narrador tinha morrido... o que era o caso, mas não previ que havia renascido como borboleta. Bom trabalho!
September 03, 2022, 23:00
Beatriz Neves Beatriz Neves
Minha nossa, achei sua forma de escrita muito bonita. Eu simplesmente amei todo o sentimento que você colocou no personagem, me deixou o tempo todo preocupada me perguntando o que realmente tinha acontecido e me vem esse plot no final, arrasou no suspense!
August 29, 2022, 17:51
~