linahsantos Lina Santos

CONTEÚDO: ADULTO (+18) "Ela sabia que precisava ir, tinha muito a fazer, mas algo a impedia de deixá-lo, algo lhe dizia para permanecer. _ Gostaria de roubar sua dor - susurrou passando os dedos em suas bochechas - Estou tão acostumada a senti-la, não seria nada para mim, e você não estaria triste_" Se você é o tipo de leitor que gosta de um bom romance acompanhado de um belo hot, essa é a história certa para ler.


Romance Erótico Todo o público.

#amor #hot
1
825 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 30 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo 1 (parte 1)

O ruivo andava de um lado para o outro em seu quarto enorme — herdando a mania de seu pai, que sua mãe achava extremamente irritante — esperando que sua família chegasse. Pensando em como convencê-los.

Osten havia feito 19 anos a 2 meses, e estava ansioso para realizar os planos que havia feito, antes mesmo de seu aniversário.

Para ele, um plano bem-feito e bem executado, nunca dá errado. Sempre tenta estar à frente.

Passou noites imaginando situações variadas, desde as mais fora do comum, às mais '' no chão. Mesmo com isso, o príncipe não podia prever o futuro.

_O que é tão importante, para reunir toda a família?_ Eadlyn perguntou, impaciente atrás dele, após atravessar a porta, que já estava aberta. Seguida de Eric, Maxon e Stella.

Estava um pouco irritada, por Osten ter atrapalhado seu momento de intimidade, com uma reunião repentina.

Com a correria do trabalho, era difícil para ela ter um momento a sós com seu norueguês, então procurava aproveitar, sempre que podia.

_Aconteceu algo?_ perguntou Maxon.

Seu pai estava preocupado com o filho, que estava sendo pressionado diariamente, devido aos supostos ataques rebeldes, que começaram a acontecer nas províncias próximas ao castelo.

Já que aos olhos do povo, era Osten quem cuidava disso, como ministro da segurança de Illéa.

Desde criança, o príncipe sempre gostara da área policial. Ação e investigação eram sua paixão, por isso, quando completou 16 anos, resolveu seguir com a profissão.

Depois de muita insistência, convenceu sua família a deixá-lo criar o grupo chamado O.S.C.C. (organização secreta de combate ao crime), que desde então é ele quem comanda.

Os soldados especiais, são famosos e também temidos, mas não são identificáveis. Usam máscaras sempre que estão a serviço. A população os apelidou de 'guerreiros do caos'.

É especulado que o grupo de soldados fortemente armado, foi uma criação do governo, para investigar e punir os políticos corruptos. Não fazem ideia de que é o príncipe quem os comanda.

Com dezoito, Osten se candidatou para ministro da segurança, e surpreendeu a todos ao ganhar com 87% dos votos.

Osten estava tão perdido em pensamentos que nem os viu entrar. Assim que se deu conta, respirou fundo, ainda de costas. Ele estava agitado demais por estar ansioso.

_Onde estão os outros?_ perguntou meio nervoso depois de se virar para os presentes.

_Estão a caminho_ disse Eric em tom desconfiado ao lado de sua esposa.

Ele imaginava que a reunião fosse para comunicar a ida de Osten para outro país, em busca de conhecimento, mas após ter visto a cara de seu cunhado, ficou sem saber no que pensar.

América e Kaden chegam, fazendo com queautomaticamente todos olhem para o príncipe, esperando que dissesse algo.

_Eu andei pensando e..._ fez uma pausa olhando atentamente para todos, com seus olhos azuis, como água cristalina, herdados de sua mãe. Ele era a versão masculina de América.

Osten não sabia como pôr as palavras no lugar, e formar a frase que tanto queria.

_Diga de uma vez!_ disse kaden agoniado, indo até sua namorada e dando um beijo carinhoso em sua testa.

Ele, diferente de Osten, puxou os cabelos pretos da avó materna e os olhos castanhos de seu pai como Eadlyn, sua irmã mais velha.

Até agora, o príncipe Kaden foi o único da família Schreave a demorar tanto para casar. Kaden tem 22 anos e atualmente namora há 6 meses com a morena italiana Stella Romanode 21 anos, que estuda e exerce a carreira diplomática como o namorado.

_Certo, desculpe_ Osten respirou fundo duas vezes.

Com todo o medo de negarem seu pedido e o receio de pensarem que estava ficando louco, soltou de uma vez.

_Quero uma seleção_ foi afobado e confiante.


Silêncio...


Não estavam em choque, só não esperavam isso dele, por isso precisaram de um tempo para absorver a informação.

De todos da família, O príncipe Osten foi o único a querer uma seleção.

_Não consigo entender onde quer..._ Maxon ia dizendo, um tanto confuso.

_Querido, não acredito que seja uma boa ideia_ disse América, interrompendo seu marido e dando um passo à frente, aflita.

_Por que iria querer uma seleção?_ Stella perguntou inocente, sem entender.

Apesar de estar com Kaden a tempo suficiente, a diplomata não tinha tanto conhecimento sobre a família, já que o casal viajava na maior parte do tempo.

Tudo o que Stella sabia era o que Kaden lhe contava, mas o príncipe raramente mencionava algo. Sempre estavam ocupados demais.

_Não é óbvio? — Osten deu de ombros — Quero encontrar minha esposa_ respondeu à morena em tom educado.

_Sei que é verdade, mas não consigo ver firmeza em sua frase — Eadlyn estreitou os olhos — Por que uma seleção agora?_ perguntou levemente curiosa.

_Você tem bastante tempo, não precisa ser agora, para falar a verdade, você nem precisa de uma seleção, nós mudamos essa regra — Eric pontuou com satisfação — Agora pode se casar quando se apaixonar de verdade por alguém, levando o tempo que precisar, então para que uma seleção?_ completou o norueguês com um resquícios de seu sotaque.

_Eu entendo, mas o povo de Illéa ainda é muito apegado a essa tradição, minha obrigação enquanto príncipe, é ter uma seleção e me casar, é meu dever_ explicou Osten passando as duas mãos pelo rosto.

América andou até ele e se posicionou ao seu lado.

_Você não é obrigado a nada, nunca faríamos isso, sempre lhe daremos escolha meu amor_ disse com todo seu amor de mãe, passando a mão nos cabelos dele.

Eadlyn revirou os olhos. Se sentia incomodada com a forma exagerada que sua mãe trata seu irmão caçula às vezes. O famoso ciúmes.

_Sei disso. É isso o que quero que entendam, não estou dizendo isso só por pensar que é minha obrigação, eu quero uma seleção. Conheço todas as garotas que convivem em nosso meio; rainhas; princesas; duquesas... enfim, nunca me interessei por nenhuma, nem pelas damas de companhias ou suas filhas, nem pelas criadas, contudo, preciso de uma esposa e não posso sair procurando pelas ruas ou ir em cada casa de Illéa, como se eu não tivesse nada para fazer, e também, não estou desesperado a tal ponto_ respondeu-lhe dando sua cartada final.

_Você tem um ponto_ disse Stella dando de ombros.

_Tem certeza do que está dizendo meu filho_ perguntou Maxon.

Suspeitava que Osten estivesse planejando algo, ele conhecia seu filho muito bem.

_Absoluta_ respondeu confiante.

_Você sabe o quão uma seleção é complicada, está mesmo disposto a passar por isso agora? — perguntou Eadlyn em tão sério — As garotas, a imprensa. Não quero que fique sobrecarregado, porque sabemos o que acontece_ sua face demonstrava preocupação

Ela não queria ter todo o trabalho de organizar tudo, para que ele desistisse na última hora.

_Estou. Não precisam se preocupar, não foi uma decisão repentina. Ando pensando nisso há algum tempo_ disse mais tranquilo.

Ele sabia que já vencera a batalha, e viriam muitas outras, mas disso, ele também estava ciente.

_E por que não nos disse nada?_ perguntou Kaden magoado. Osten sempre lhe contava tudo, além de irmãos, sempre foram melhores amigos.

_Estava esperando a hora certa_ respondeu-lhe se desculpando.

Eadlyn continuou olhando para Osten fixamente com o olhar cerrado, tentando ter certeza de que aquilo não era um ataque de loucura momentâneo, e quando seu irmão mais novo percebeu, a olhou do jeito que ela sabia que poderia confiar. Foi aí que ela viu que ele não mudaria de ideia, Osten sempre foi assim.

17 de Junho de 2022 às 21:14 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Capítulo 1 (parte 2)

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 12 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!