4
1.0mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Toda semana
tempo de leitura
AA Compartilhar

Lobisomem não existe

Há muitos anos atrás dois caçadores foram mortos por uma mordida de lobo, porém não era lobo comum as pessoas da Cidade o chamavam de lobisomem metade homem e matade lobo, todos tinha medo de sair a noite o lobo se alimentava de carne humana, vários caçadores tentaram captura mais todos falharam e essa maldição continuo por anos até os dias de hoje.

— há há há você só pode tá zoando com a minha cara, essa lenda de lobisomem não existe até hoje eu nunca vi um.

— garota da capa vermelha isso não é brincadeira, acredite você não vai querer vê um lobisomem de perto.

— Marcus pra mim isso se chama medo, acho que é a primeira vez que vejo um caçador com medo de caçar há há há há, e por favor me chame pelo meu nome,

— pode deixar senhorita Clara não irei esquecer, vixi já deu a minha hora Bom deixa eu ir por que tenho muito trabalho a fazer, até mais garota da capa vermelha há há há.

Clara era uma linda jovem com cabelo curto de cor loira, ela tinha pele Clara e beiços carnudos, e usava uma capa vermelha todos da Cidade a chamava de chapeuzinho vermelho.

Já o Marcus tinha cabelo grande e barba, sua pele era clara, e seu físico era bem dotado, e além disso tudo ele é caçador.

Já fazia muito tempo que o lobisomem não atacava ninguém, muitos até acreditava que ele avia morrido, outros acreditavam que ele vivia só que em sua forma humana, caminhando pela terra como uma pessoa normal.

— tia eu estou no tédio o Marcus é um Zé ruela medroso que fica inventado histórias de lobisomem só prá me assustar.

— Clara o Marcus pode ser muitas coisas, bêbado, pobre, mulherengo, mais mentiroso ele não é.

— tá tia eu sei mais é um pouco difícil acreditar que lobisomem existe hoje em dia, eu nunca vi um atacar a nossa cidade e só vou acreditar se eu vê um com meus olhos.

— eita menina teimosa, mais uma coisa eu te falo em! Fique bem longe da floresta principalmente a noite é muito perigoso, se você for na casa dos seus pais vá com o Marcus.

— tá bom tia pode deixar, eu vou na casa dos meus pais sim, mais é na parte da manhã.

19 de Maio de 2022 às 03:07 0 Denunciar Insira Seguir história
4
Leia o próximo capítulo Caminho sem volta

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!