feitade_nuvens Carolini F.

[...] e naquela noite eu sabia que seria a última vez antes de precisar procurar outra presa que me satisfizesse.


Conto Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#conto #criatura #vício
Conto
0
15 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Único

Seu rosto esteve voltado para mim desde o momento que percebeu minha presença no batente da porta. Se a sombra escura sob os olhos e os cabelos começando a ressecar não fossem um indicativo do cansaço se apossando do corpo diminuto, talvez os ossos despontando e a fadiga recorrente fossem o cartão postal de sua deterioração. Mesmo assim, Helena ainda fazia jus à origem de seu nome.

A mulher mais bela que conheci em anos, no fim de sua essência e sanidade, me encarava com aqueles olhos brilhantes, mas inconstantes e perturbados, como um coitado encarava seu vício — sabe bem que é bom e que vai matá-lo no final.

Perigosamente perto, as pontas de meus dedos encontraram os lábios macios e sua voz me acariciou. “Maria”, o nome de santa sussurrado. Meu nome.

Assim como ela, eu também era uma viciada — viciada no desespero bonito que podia arrancar, viciada na vida que escorria por entre meus dedos — e naquela noite eu sabia que seria a última vez antes de precisar procurar outra presa que me satisfizesse.

Sua vida tinha acabado, mas sua existência era incerta até que acordasse na noite seguinte. Outra criatura.

18 de Maio de 2022 às 18:59 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

Carolini F. mesmo na idade de virar eu mesmo ainda confundo felicidade com este nervosismo ~ Paulo Leminski

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~