emmamyst Emma Myst

Alina é uma doce jovem que passa a maior parte de seu dia na biblioteca de Amábilia lendo na companhia de um belo rapaz que surgiu em sua vida por acaso. Contudo, numa noite iluminada pela lua cheia, recorda-se que precisa voltar mais cedo que o rotineiro para conhecer seu futuro pretendente num jantar em sua casa. Mas o que Alina faria ao descobrir a verdadeira identidade do rapaz que naquela noite estava junto a si na leitura de um livro cheio de obscenidades?


De Época Impróprio para crianças menores de 13 anos. © ©EmmaMyst7
Conto
1
1.5mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

A Biblioteca de Amábilia

Não há um dia sequer que eu não esteja nessa biblioteca. Ela é parte da minha vida, parte de mim assim como eu sou dela. Contudo, desde que comecei a frequentá-la, um rapaz se tornou intrigante para mim.


Quando o vi pela primeira vez, estávamos na seção de romances; dias depois nos encontramos na seção de mistérios; ele sentava algumas mesas de distância da minha, mas desde anteontem sentamos juntos nas almofadas do parapeito da janela oeste, assistimos o pôr-do-sol e trocamos olhares, nada além disso, porém, para mim, parece tudo.


Coincidentemente, estamos lendo o mesmo livro; foi sorte achar dois exemplares, mas se não houvessem, ele possivelmente deixaria o único comigo, assim como fez diversas vezes.


Pelo reflexo da janela, consigo ver que estamos na mesma página também, somos cheios de coincidências.


A noite fria fez-me encolher em meu casaco, devia ter escutado o conselho de minha mãe e trazido um mais grosso.


Por um momento, distraio-me do livro e observo a belíssima lua cheia que ilumina nossas páginas junto as velas nos candelabros. Minhas sapatilhas estão no chão enquanto meus pés descalços tentam se aquecer um no outro, meus joelhos estão dobrados para que haja espaço para nós dois nesse parapeito, assim como os dele também estão, porém ele está de meias, pois usava um sapato social quando chegou aqui.


Gosto de estar aqui, estar com ele; são os momentos em que não sou a filha do duque de Lasteroy, sou apenas Alina, a jovem amante de livros que precisa entrar sorrateiramente pela janela de meu próprio quarto pois passei horas demais na biblioteca de Amábilia. Etiel, meu irmão, já advertiu-me diversas vezes, mas como explicarei a ele que a leitura na companhia do belo rapaz faz-me perder as horas quase sempre?


Divagando em minha mente, não notei que ele já havia terminado aquele capítulo enquanto eu permanecia congelada na página 73. Ele pareceu notar, assim mantendo seu olhar em mim, ora ou outra desviando para a bela lua no céu escuro.


Toquei o vidro e assustei-me com a frieza que tomou minha pele, um arrepio passou por todo meu corpo e quando chegou em meus pés, os encolhi ainda mais. Logo, senti os pés cobertos dele colocando-se sob os meus e senti o seu calor aquecer-me, mas, como uma grande curiosa, questionei-me. Tive a conclusão de que ele realmente havia terminado o capítulo, afinal, divaguei pouco depois de uma cena picante ㅡ entre o casal principal ㅡ começar.


Não era a primeira vez que lemos este tipo de conteúdo, é proibido para a minha idade, antes esperava o horário em que o bibliotecário fazia sua pausa para o jantar e pegava o livro da prateleira, contudo, algumas semanas depois de conhecer informalmente o rapaz de sorriso genuíno e olhos escuros como uma noite sem estrelas, ele mesmo fazia este favor para mim.


Três dias atrás decidimos ir às escondidas para o lado oeste, onde ninguém consegue nos ter em sua visão, caso a pessoa esteja nas primeiras mesas da biblioteca ou na recepção.


O grande relógio da igreja central badalou sete vezes, isso significava que, se eu passasse mais tempo ali, perderia o horário do jantar outra vez, mas não me importava, passaria na cozinha mais tarde e Amélie, nossa amada governanta, conseguiria uma boa refeição para mim.


Então lembrei-me que hoje receberiamos em nossa casa o príncipe Sebastian, ele é o segundo na linha de sucessão ao trono, o que o torna, aos olhos de meu pai, um ótimo pretendente para mim.


Não queria deixar esta bela calmaria, mas se não fosse, teria o ódio de meu pai em minhas mãos. Fechei o livro e apressadamente calcei minhas sapatilhas, o meu companheiro de leitura notou toda esta agitação de minha parte e manteve uma face confusa, eu sequer lhe dei uma explicação antes de correr para a porta norte, peguei minha capa de inverno com a dama da chapelaria da biblioteca, a vesti e coloquei o capuz sobre minha cabeça.


A noite estava fria, mas o meu jantar estaria muito mais se não me apressasse.



════ • 📚 • ════



Fui recebida por Amélie que, com sua expressão preocupada, levou-me para dentro antes que a neve chegasse às minhas vestes.


Mamãe estava no primeiro cômodo, também à minha espera. Subimos juntas para os meus aposentos onde pude trocar o meu vestido simples por um luxuoso, brincos de prata enfeitaram minhas orelhas e um belo colar de pequenas pérolas se destacava em meu busto exposto; o espartilho estava me sufocando mais do que de costume e as sapatilhas novas que mamãe comprou foram postas em meus pés; um pequeno toque de maquiagem e então fui posta em frente ao espelho.


O olhar de mamãe transmitia orgulho, podia ver isso com clareza, e ela estava certa em sentir isso, criou-me da melhor forma para que me casasse com um ótimo homem ㅡ de preferência, nobre ㅡ que visse a minha beleza como a certeza de belíssimos filhos.


Uma trombeta foi ouvida por todos da casa, o príncipe havia chegado, e eu estava mais nervosa do que nunca.


Desci rapidamente as escadas e coloquei-me diante a porta, um servente a abriu, assim revelando o nosso ilustre convidado de honra, mas havia um problema:


O príncipe Sebastian era, na verdade, o rapaz da biblioteca de Amábilia.


16 de Janeiro de 2022 às 01:42 2 Denunciar Insira Seguir história
3
Fim

Conheça o autor

Emma Myst 🍁 Amante de outonos e quintas-feiras. 🌌 Você pode me encontrar aqui quando não estou em Hogwarts, Nárnia ou tomando um chá com Peregrine e Lucinda. 🌆 ❝ Deixe que seus personagens vivam tudo aquilo que você não pôde viver. ❞ ⚠️ Não aceito PDFs das minhas obras.

Comente algo

Publique!
Limãozinha Rosa Limãozinha Rosa
Tua escrita é tão gostosinha de ler 😔💕
January 16, 2022, 02:31

  • Emma Myst Emma Myst
    Obrigada, amorzinho 🥺🧡 January 16, 2022, 02:37
~

Histórias relacionadas