0
1.4mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Segundas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

Meus primeiros passos

llembro-me como se fosse ontem quando em uma briga dos meus pais alcoolizados eu me meti na frente da minha mãe para defendela e apanhei muito naquele momento escutei a porta da frente e serventia casa com apenas 12 anos não pensei duas vezes fui embora machucado fisicamente e sebtimentalmente fui parar no centro de Porto Alegre RS na época a criançada era viciada na tal de calçola amavam eles alucinados louco pra mim tudo era novidade nisso encantado com as ruas e oque o mundo poderia me oferecer continuei mais junto com isso estava brigando comigo meu estômago estava com muita fome mês de agosto fazia muito frio me senti como um coelho entre lobos sem recurso continuei em uma lixeira achei um tapete pequeno com pelos de gato e me senti muito melhor pois servia como cama me acomodei na marquise de um velho estacionamento na primeira noite não fechei os olhos pois tinha muito medo gargalhadas e gritos não só medo mais sim o silêncio o sopro do vento o balançar as árvores passos índio a madrugada pessoas parecendo zumbis sem ambição ou objetivo algum isso foi meu pior pesadelo acordada.

3 de Janeiro de 2022 às 05:39 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Continua… Novo capítulo Todas as Segundas-feiras.

Conheça o autor

Edson Dias Cardoso Muitas lágrimas passadas por este sorriso de hoje

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~