A
Ashley Schuenck


Amor? Acho que não. Um belo casal com um interesse em comum. Mas no final, nem tudo ocorre como o esperado.


Crime Suspense romântico Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#interesse #dinheiro #Falsidade
Conto
1
1.9mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso
tempo de leitura
AA Compartilhar

Dia de Concerto. Um pouco de Mozart para relaxar

15 de março, 1990

Verona, Itália


Tommaso Mancini...um rapaz encantador, um lindo príncipe de um belo conto de fadas. Alto, magro, cabelo bem escuro, ondulado e curto. Os olhos escuros e bem redondos iguais jabuticabas. O rosto de um anjo esculpido por um deus grego. Ama música clássica e vinho.

Sempre ganha todos os jogos de azar com valores altos. Hoje não foi seu dia de sorte. Perdeu seu carro preferido, um Ferrari 250 GTO, em uma aposta. Achou que ganharia novamente...nada disso. Mas quem é que aposta um carro luxuoso né!? Só ele mesmo, o senhor money. Depois ele compra outro.

"Só preciso de algo para eu me distrair essa noite" pensou Tommaso.

Já estava de noite. Com o estresse do dia, Tommaso resolveu ir ao Concerto de Ópera.

"Nada melhor que Mozart numa chuvinha fraca depois de um longo e cansativo dia." pensou ele

Sr° Mancini chegou ao Concerto chamando atenção de todas as moças que lá estavam. Muito elegante como de costume, com seu terno Stuart Hughes Suits, sim, o mais caro.

Sentou-se no melhor lugar para apreciar o espetáculo.

Em seu lado se sentou uma bela moça, Bianca Lancellotti, com um lindo vestido preto, um colar de diamante e um salto de cristal. O cabelo longo e loiro, os olhos tão azuis quanto o oceano. Perfeita aos olhos de Mancini. Uma verdadeira Cinderela. Ele logo se encantou e quis puxar assunto.

"Como vou falar com ela, nem a conheço... ainda" pensou ele.

— Boa noite bela dama! disse Mancini

— Boa noite! respondeu Bianca

— Por que uma moça tão linda e elegante está aqui sozinha!?

— Eu não estou só, estou acompanhada... e você? Pelo visto não está com ninguém.

— Ah, eu... eu...

— "SENHORAS E SENHORES, ESTA NOITE..." e começou a apresentação.

O companheiro de Bianca chegou. Mancini ficou encarando-o, achou tão... estranho uma moça tão jovem com um homem tão velho. Decidiu tirar satisfação com Bianca:

— Esse é o seu marido? Disse ele com cara de espanto.

— Não, é meu pai. Por que você se incomodou tanto?

— Nada, nada... desculpa!

— Ele queria muito vir porque está meio triste. Meu pai gosta muito de música clássica. Ele se sente melhor aqui.

— Ah, entendo... eu também gosto muito, esse é o melhor lugar para relaxar.

...

Depois que acabou a apresentação, foram beber alguma coisa. O pai de Bianca quis ir para casa, então os dois ficaram conversando por muito tempo. Risadas e risadas, como se fossem amigos de muitos e muitos anos...










18 de Dezembro de 2021 às 17:45 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Continua…

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~