J
Junio Santos Batista


Até aonde você está disposto ir para ver os seus sonhos realizados.


Aventura Todo o público.
0
642 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Quintas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capitão mor

Capitão mor

Sabe aqueles dias em que tudo da errado, você fica se perguntando pórque saiu da sua cama. antes tivesse passado o dia todo deitado ate mais tarde, assistir um bom filme pela TV paga, comer aquela pipoca ou fazer aquela caminhada.

Mas as solicitudes da vida se tornam mais urgentes, vivemos em um mundo que precisamos produzir, somos criadores de produtos e também consumidores, está e a realidade da vida, afinal nascemos belos e não milionários.

John também tinha está visão, como capitão de um Grande veleiro era chamado carinhosamente de capitao mor.

Capitão mor tinha um antigo desejo, uma ambição, encontrar os destrocoes de um antigo navio que vinha do arquipélago dos assorios e segunda a lenda trazia uma fortuna em moedas antigas, muitos outros haviam tentado está façanha, porém sem sucesso, com uma equipe de quinze pessoas, capitão mor todos os dias praticava um ritual, e dizia com todas as suas forças, "E hoje o grande dia da grande vitoria", aquelas palavras eram repetidas todos os dias a mesma hora, as 8.00 da manha em ponto.

Estando no barco ou de folga ele repetia as mesmas palavras a exatos vinte anos.

Aquela equipe que estava com ele, com exceção de Débora, sua fiel companheira, todos já haviam sido trocados várias e várias vezes.

Diziam. "Você e louco, não existe navio e muito menos moedas antigas". e saiam querendo receber os dias trabalhados. a todos pagava, pois além da procura pelo antigo navio, eles pescavam e a pesca era seu principal ganha pão.

Mas está era a rotina do grande zeus nome do navio do capitão mor.

Para auxiliar nas buscas submarinas havia criado um tipo de emissor de sinais que era aclopado ao navio e ficava submerso, qualquer som estranho, havia uma equipe de mergulhadores para fazerem a varredura no fundo do mar.

Naquela manhã Débora não estava se sentindo bem, e resolveu não acompanhar zeus, vinte anos que ela não tirava um dia só seu, então dormiu até mais tarde e teve uma visão um grande sonho em que um grande peixe estava engolindo o navio zeus, capitão mor e toda sua equipe estavam sendo massacrados por terríveis criaturas.

Débora acordou um pouco assustada e pensou e só um sonho, e deu de ombros.

No dia seguinte estáva no grande zeus quando lembra do seu sonho e fica um pouco perturbada e procura narrar para mor o sonho. porém mor não presta atenção no que Débora está falando e criando um projeto novo está focado no projeto.

Derepente um dos marujos vem desesperadamente falar com o capitão mor. Havia um grande redemoinho logo a frente, e o grande zeus foi engolido pelo redemohinho gigante, quase todos sobreviveram ao naufrágio.

Todos os sonhos do capitão mor foram por terra, anos de luta de tentativas e nada de sucesso o fracasso havia batido de frente com todos os sonhos do grande capitão mor.

Mas o que fazer, desistir de tudo pois não havia sobrado praticamente nada, mas nos estamos falando do capitão mor aquele da grande frase.

E passando o susto mor resolve começar de novo. vende uma pequena propriedade e aluga um navio, contrata uma nova equipe e coloca em prática a criação do seu projeto.

Um veículo que navegaria no fundo do mar. com uma nova equipe e novos mergulhadores bem treinados cria se o escafandro um pequeno submarino com capacidade para duas pessoas. todo equipado com radar. câmeras e infravermelho. batizou o nome do navio de prometeu. e recomeçou o antigo projeto.

E TODOS os dias as 8.00 horas dizia. " E o hoje o grande dia da grande vitoria".

Já se passavam cinco anos desde o grande acidente com zeus, mas a persistência, a grande perseverança do grande capitão mor. era algo sobrenatural.

Naquela manhã após repetir as mesmas palavras as 8.00 horas em ponto. sequiram para a sua rotina diária, os mergulhadores chegaram a um ponto bem próximo aonde o navio zeus havia sucumbido e começaram uma varredura no fundo do mar. um grande peixe passa por cima do escafandro, e após o grande peixe passar eles veem os destroços do navio zeus e havia algo mais.

Se aproximam e os destroços do antigo navio estava lá. cheio de moedas antigas de ouro.

Começa o resgate e o valor do prêmio chegou a dez bilhões de dólares. toda a equipe do prometeus foi bem recompensada.

Capitão mor comprou umas terras, mas nunca abandou sua antiga paixão, velejar pelos mares, e todos os dias repete as 8.00 horas da manhã.

E HOJE O GRANDE DIA DA GRANDE VITÓRIA.

Moral da história nunca desista dos seus sonhos, esteja firmado na grande rocha no senhor dos exércitos e creia, determine e lute pois a Vitória e certa.


1 de Dezembro de 2021 às 14:15 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Continua… Novo capítulo Todas as Quintas-feiras.

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~