0
722 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Toda semana
tempo de leitura
AA Compartilhar

Primeiro poema


Já são quase 3 da manhã, eu já pensei em você quase 3 milhões de vezes, e o incrível é que eu nunca me canso.

Eu já dancei a nossa música, aquela que eu nunca te disse que nos pertencia.

Até já gritei seu nome, em silêncio claro, o mundo ao meu redor não entenderia que o mundo real é dentro do seu abraço.

O sol nasce com teu sorriso, ali sentada me esperando na calçada, pela 3 vez.

Eu quase posso escutar os anjos tocando harpas la do céu, só para festejar nossos encontros.

Hoje você está ainda mais linda, é sempre assim, a luz ao seu redor quase me faz acreditar que você é um deles.

Cada toque nosso é saboreado como um belo jantar num restaurante chique.

Cada beijo recheado de sorrisos e brincadeiras, torna o encontro dos nossos lábios quase um mantra.

Eu escuto seu coração bater, ritmado, veloz... como as canções ancestrais.

E nós dançamos, entre abraços, caricias, malicias... a dança da paixão, meio desengonçada, ainda um broto, esperando o tempo certo a desabrochar e nos colorir com o vermelho vibrante das rosas, o azul do céu...

O teu cheiro quase hipnotizante é tudo que eu enxergo quando fecho os olhos, tua pele macia me excita, seus olhos me convidam, e eu aceito.

E a lua é a única testemunha de nós, despedidos de tudo, inclusive nossos medos.

Empenhados apenas naquele ser, ter, estar...

Naquele olhar, no calor que geramos, e na paz de saber que só me prenderia entre suas pernas.

E num único segundo eu entendi: sou o que sou apenas por ti, tenho o mundo nas mãos quando te seguro, e nada é melhor que estar contigo.

Então se jogue, sem medo de afundar, no fundo dos meus olhos a morte dos seus medos sera nossa nova vida.

Seremos luz.


23 de Novembro de 2021 às 20:40 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo 2

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!