fanfan28 fanfan 28

Um ômega sempre sonhou em se casar constituindo assim ma família, ele conheceu um alfa amoroso em sua juventude que o fez sonhar mais com tudo então se casaram e se tornaram um lar feliz, jundo de seus filhos Wooyoung um lindo e estudioso alfa que cresceu dando orgulho ao casal e também a linda Ryujin a ômega meiga, mas como nem tudo são flores no meio do caminho encontrarão uma grande dificuldade que os levará a uma crise em seu relacionamento, deixando a estrutura firme abalada e fragilizada. Será que 20 anos de casamento resistirá as adversidades da vida? {Changlix} *NÃO ACEITO ADAPTAÇÕES* (PLAGIO É CRIME)


Fanfiction Bandas/Cantores Para maiores de 18 apenas.

#kpop #separação #changbin #felix #sonho #família #traição #straykids #changlix #abo
0
551 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Família Seo

O ômega Felix é casado com o seu amado alfa Seo Changbin há 20 anos eles têm dois filhos o alfa Wooyoung e a ômega Ryujin, a família é aparentemente feliz e cheia de harmonia, bem tradicional, o Lee sonhou durantes anos em poder ter um lar feliz, atualmente ele é professor de dança e dono de uma empresa bem conhecida de traineer todos os jovens que sonham em se tornar idol, pois sua fama percorre toda a Coreia do Sul por ser ótimo no que faz, o alfa Changbin é dono de uma grande corretora de imóveis, mas ele só chegou lá graças ao esforço de seu marido, pois investiu uma boa parte de sua fortuna lá, pois sabia que a cumplicidade era importante para um casamento feliz, eles tiveram o seu primeiro filho Wooyoung nos seus primeiros anos de casados atualmente ele tem seus 19 anos e o jovem estuda direito em uma das melhores universidades da capital ele é motivo de orgulho dos seus pais, pois nunca deu trabalho em nada, em seguida veio a Ryujin uma bela ômega ela tem os seus 15 anos ainda esta na escola também é motivo de orgulho às vezes dava trabalho, mas estava na fase cheias de descobertas e conflitos, mas sempre foi bem acolhida por todos de da família, eles sempre foram harmoniosos e compreensivos.


[**]


O casal havia acordado, pois, precisavam trabalhar e como era começo de semana eles tinham muitas obrigações em suas empresas, o alfa tomou o seu banho primeiro e se arrumou tranquilamente e seu marido foi em seguida dele assim que terminou também os dois saíram do quarto com tudo em mãos então chegaram na cozinha e se sentaram nos acentos em volta da mesa só faltavam chegar os filhos.

Wooyoung estava de frente para o espelho checando como estava, quando viu que não faltava mais nada ele saiu do cômodo para poder tomar o seu café da manhã com os mais velhos, sua irmã o encontrou no corredor e então seguiram juntos animadamente.


Wooyoung - Bom dia minha linda.

Ryujin - Bom dia príncipe como você está bonito, hummm... por que está tão arrumado em?

Wooyoung - Eu sempre arrumo assim Ry, não sei porque esse espanto todo.

Ryujin - Hummm... Será que é por cause de alguém?

Wooyoung - Mas você em, claro que não eu em... - Eles chegaram na cozinha sem perceber que os mais velhos já estava lá.

Felix - Bom dia filhos, o que tanto conversam.

Ryujin - Ué Omma, o seu alfa aí está escondendo o jogo, ele deve estar interessado em alguém, olha como ele está todo arrumadinho.

Changbin - Aish! Sentem - se e deixem de conversa besteira, e se ele estiver gostando de alguém não seria problema algum ele já é bem crescidinho.

Felix - Amor ela esta apenas comentando não há nada de mais nisso, para que tanta irritação eu em, filha venham logo você Woo quando conhecer alguém não tenha medo em nos contar esta bem?

Wooyoung - Obrigado Omma.


Ele se pronunciou sem soltar a voz, apenas mexendo com os lábios e rapidamente se sentou, pois não poderia se atrasar para a sua primeira aula, o café da manhã foi bem silenciosa e quando o tempo passou todos se levantaram deixara tudo onde estava e saíram do ambiente, o casal foi na frente e seus filhos andavam atrás até chegar na garagem da residência onde lá se dividiriam, o ômega abraçou o seu marido e beijou com um selar demorado ele não se importou se os mais novos se estavam olhando ou não.


Ryujin - Eca Omma, me poupa de ver isso pelo amor.


Felix começou a sorrir no meio do beijo demorado e logo se separou de Changbin então ele caminhou até seu carro e entrou e sua filha o seguiu, os alfas foram para o outro carro como seguiriam o mesmo percurso ficaria mais fácil para todos eles.


No carro do ômega


Ele deu partida no carro e como o portão estava aberto então saiu para o seu primeiro destino levar a mais nova a escola.


Ryujin - Omma, érrr... o que o Appa tem, eu percebi que esses dias ele esta com um péssimo humor.

Felix - Ai minha princesa são as preocupações da empresa, esses dias mesmo ele te problema com funcionários roubando a empresa e teve que demitir eles sabe, ignore isso por favor.

Ryujin - Mas Omma ele gritou com você ontem eu não gostei disso.

Felix - Vamos esquecer isso pode ser, hummm?

Ryujin - Tudo bem Omma, mas qualquer coisa que você achar estranho me comunique por favor, eu não quero te ver sofrer.

Felix - Claro amor, obrigado pelo seu apoio e atenção eu lembrarei de suas palavras.


A viagem continuou de uma forma tranquila mesmo que eles tenham tocado em um assunto delicado, mas não tirou a clima agradáveis.


No carro do alfa


Changbin - Filho, como estão os estudos?

Wooyoung - Por que a pergunta Appa?

Changbin - Quero saber por que você é o meu filho e também eu que pago sua universidade.

Wooyoung - Nossa Appa, eu estou indo bem, mas... você não parece bem esses dias o que houve problemas na empresa, se quiser posso te ajudar.

Changbin - Não preciso de ajuda, obrigado, mas... você está namorando alguém?

Wooyoung - Ainda não Appa, tenho pouco tempo para pensar nisso agora.

Changbin - Ótimo se dedique mesmo nos estudos, mas quando conhecer alguém nos comunique não quero saber por outas pessoas estamos entendidos não é?

Wooyoung - Sim senhor, estamos.


Assim que chegaram em frente da universidade o carro foi parando e rapidamente o alfa mais novo se despediu do pai e saiu, pois, seguiria o seu caminho, Changbin observou seu filho se distanciando então deu partida novamente e foi para sua empresa porque a semana puxada começaria, enquanto ele estava dirigindo o seu carro o ômega Felix chegava em sua escola de dança ele estava bastante animado porque alguns de seus alunos participariam de uma audição em algumas empresas conhecidas pela grande Seoul, então assim que organizou tudo o que precisava entrou em seu estúdio de dança, ligou o som e rapidamente começou a praticar alguns passou para ensinar aos mais jovens.


[**]


O alfa foi até o seu escritório, antes que ele pudesse chegar lá foi logo chamado por sua secretária então ele voltou a sua atenção para a escutar.

Momo - Senhor Seo, bom dia eu preciso conversar urgentemente sobre a minha situação caso esteja disponível.

Changbin - Bom dia senhorita, podemos conversar agora claro me acompanhe por favor.


Eles foram até o escritório a porta foi fechada pela beta então se sentaram em seus devidos lugares


Momo - Bom Senhor, como eu lhe falei lá fora, érrr... como posso começar isso.

Changbin - Do começo, já ajuda.

Momo - Tudo bem irei direto ao ponto, eu quero pedir minhas contas trouxe aqui minha carta de demissão.

Changbin - Ué! Porque isso tão de repente?

Momo - É porque minha filha está doente e precisa de meus cuidados e trabalhando aqui não tem condições, está muito puxado senhor.

Changbin - Tem algo que posso fazer para lhe ajudar?

Momo - Não precisa Senhor eu e minha esposa podemos nos virar, olha se quiser posso lhe enviar um contato de um ômega amigo meu, ele é super competente e já trabalhou como secretário em uma empresa chamada JYP.

Changbin - Eu já ouvir falar dela o meu marido tem contato direto com o dono, bom obrigado por me comunicar espero que sua filha melhore logo olhe se quiser voltar para a empresa depois de tudo ter melhorado as portas estarão abertas.

Momo - Muito obrigada por compreender, passarei o número dele para o Senhor assim que voltar para a minha mesa.

Changbin - Mas como é o nome dele?

Momo - Ah! Me desculpe acabei esquecendo de falar isso, ele se chama Soobin.

Changbin - Obrigado agora pode ir, tenha um ótimo dia.


Quebra tempo - 20h


Changbin ainda estava na empresa terminado tudo o que faltava antes de ir para sua casa, mas em um certo momento ele verificou a hora e como estava bem tarde ele ligou para o seu marido.


Ligação:


Changbin - Lix, olha eu ainda estou na empresa e demoraria um pouco esta bem.

Felix - Poxa! Amor, você ficou ate tarde a semana passada todinha, não gosto quando faz isso.

Changbin - Lix eu não tenho culpa se estou com pouco pessoal trabalhando, bom eu só te liguei para avisar e não me espere acordado beijos.


Ele desligou sem esperar pela resposta do ômega então como estava com dor de cabeça massageou as têmporas e voltou ao seu trabalho ele ficaria ali por mais algum tempo.


[**]


Changbin voltou assim para casa quando ele foi para o seu quarto notou que o ômega estava ainda acordado o esperando.

Felix - Amor eu fique até agora te esperando por que fiquei preocupado com você.

Changbin - O que te falei Lix, para não me esperar não foi?

Felix - Foi amor mais mesmo assim não conseguir descansar.

Changbin - Está bem, já estou em casa agora vá dormir irei tomar banho e voltarei em breve, Ok?

Felix - Está bem, não demore.


O alfa se distanciou do marido, pois se dirigiu a te o banheiro e lá tomaria um banho relaxante e faria sua higiene pessoal, alguns minutos depois então ele voltou para o quarto ele se vestiu e deitou - se ao lado do marido, Changbin estava tão cansado que rapidamente dormiu e o ômega também fez o mesmo, pois a semana apenas havia começado a para a família Seo.

23 de Outubro de 2021 às 17:23 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo O novo funcionário

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 17 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!