A
Ana Flávia Fernandes


Emie é uma garota de 17 anos que está terminando o ensino médio,depois de uma decepção no amor ela irá descobrir que não se deve julgar um livro por sua capa.


Romance Romance adulto jovem Impróprio para crianças menores de 13 anos.
0
598 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 2 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

A mudança

*Estela mãe de Emie*

_Emie!!!desce logo pra ajudar a levar o restante das coisas!!

*Emie*

_Ja estou indo,só um minuto!!!!! ah(fala Emie para si mesma) eu bem queria não precisar me mudar mais uma vez,logo agora que eu já tinha me acostumado com essa escola,até amigos fiz,mas vamos la mais uma vez.

*carregador*

_senhora,mas alguma coisa para levar ao carro?

*Estela*

_so as coisas da Emie,só um momento.

Estela sobe para apressar Emie

*Estela*

_Emie querida nós...(antes que ela terminasse ,se depara com Emie,olhando pela janela enquanto algumas lágrimas correm pelo seu rosto.)

*Estela* Oh querida eu sei o quanto você já estava habituada a este lugar,seus amigos,a escola,as pessoas,eu sei,mas você sabe que não podemos perder essa oportunidade,vai ficar tudo bem novamente.(fala Estela enquanto abraça sua filha)

*Estela*

_ agora vamos,precisamos nos apressar só faltam essas duas caixas para partirmos.(fala Estela enxugando as lágrimas de Emie)

*Emie*

_Ah(suspira Emie tomando forças para seguir com a mudança)espero que sim mamãe,espero que dessa vez possamos ficar de uma vez por todas em um lugar bom,que tenham pessoas legais e uma casa bonita(fala Emie tentando ser otimista)

Estela desce as escadas com uma caixa e Emie acompanha sua mãe carregando a outra .

*Estela*

_Bom...pronto,podemos ir agora.

*carregador*

_Tudo bem senhora.

*Emie*

_logo após o carregador e minha saírem eu paro um momento a porta,olho para a casa e neste momento passa um filme em minha mente,lembro de todas as coisas boas que passamos e as ruins também ,mas sei que minha mãe precisa dessa oportunidade afinal de contas sem esse emprego ela não iria conseguir pagar meus estudos,eu penso em ajudar a mamãe quando chegarmos a nova casa.Enquanto estou com meus pensamentos retorno deles com a voz de minha mãe.

*Estela*

_Emie querida,precisamos ir agora,tenho uma reunião marcada com o senhor Terrier ainda hj.

*Emie*

_ok mamãe nós já podemos ir.(dou um leve sorriso para mina mãe ,que me dá um beijo na testa)

Emie

_Enquanto o carro se afasta da casa eu recosto minha cabeça na janela do carro e fico olhando e lembrando de tudo que vive neste lugar.Que cabeça essa minha,esqueci de contar a vocês , nós estamos saindo da nossa casa em uma pequena cidade no interior de São Paulo e estamos indo para a casa do patrão da minha mãe o senhor Terrier,James Terrier, que é bem no centro da cidade de São Paulo.Mas é uma longa história então...Depois conto para vcs como nós conhecemos os Terrier há mais ou menos 11 anos atrás e como nós estamos voltando para o centro de São Paulo depois de 11 anos.

Enquanto eu olho pela janela,passamos em frente a uma casa que me faz ter recordações um pouco doloridas,passamos em frente da casa do Denis,meu ex namorado,oque me fazem aliviar um pouco a dor da partida.

23 de Outubro de 2021 às 02:26 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Chegando na nova casa

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 13 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!