inverno_solitario Inverno Solitario

Ódio não era algo que rondava sua mente não no início quando ainda acreditava que amar alguém era suficiente, não acreditava que alguém poderia ser tão estúpido e cruel ao ponto de lhe arrancar tudo apenas por um desejo ambicioso e infundado. Cheng viu seu relacionamento com Xichen e seu filho serem arrancado de si da maneira mais cruel possível por Meng Yao, que desejava de maneira intensa possuir o amor de Xichen e tomar o lugar que acreditava sempre ser seu. Oito anos haviam se passado e Meng Yao acreditava que finalmente havia alcançando o que tanto desejava, mas não contava que o seu karma estava mais perto do que imaginava. Cheng faria Meng Yao se arrepender de tê-lo conhecido. Capa feita por: @Blue_Sea91 As imagens presente na capa não me pertencem, todos os direitos e créditos ao dono da imagem. História revisada mas pode conter erros devido a falha humana.


Fanfiction Seriados/Doramas/Novelas Para maiores de 18 apenas.

#Romance
2
908 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 10 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Prólogo

Você pode ficar entre o amor e o ódio quando tudo que está em jogo cai de joelhos, lembranças normalmente costumam cortar como facas e arder como queimaduras que perduram em sua pele desejar aquilo que não é seu é tão perigoso quanto mentir sobre um crime, Cheng sentia as poucas dores em seu peito cessarem enquanto as horas passavam pelo relógio em seu pulso e no breve silêncio que seu irmão e ele se mantinham, seus pais não fizeram a mínima questão de ligar e nem sequer fariam ele sabia disso.


— Quanto tempo? — Perguntou se encostando sobre o banco fechando seus olhos.


— Mais algumas horas e estaremos lá — Wei se virou para ele — como se sente?


— Morto — Sussurrou — eu me sinto morto.



20 de Outubro de 2021 às 14:06 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Capítulo 1

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 16 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!