paloma-lima1633105450 Paloma carla

Dona de um passado sombrio, um órfã Lixue tem sua vida mudada após ser adotada pelo grupo sul-coreano BTS. A garota nunca imaginou que algum dia teria uma família, muito menos que faria novos amigos e se apaixonaria por um deles. Choi Yeonjun, um dos integrantes do grupo sul-coreano TXT, rapidamente se encanta pela garota a qual seus sunbaes adotaram. No entanto, o que ele não imagina é que, por trás de toda a fachada doce e simpática, Lixue esconde um segredo que pode mudar tudo entre os dois - e toda destruir a confiança que um dia ele depositou sobre ela. Lixue conseguir separar a razão da emoção, ou colocará tudo a perder devido aos seus sentimentos por Yeonjun? E o mais importante de tudo: ela saberá lidar com as consequências de seus atos? Sinopse por isisgift Wudefull design


Fanfiction Celebridades Todo o público.

#txt #moa #amor #amry # #BTS
0
588 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os Sábados
tempo de leitura
AA Compartilhar

prólogo

Os meninos do BANGTAN foram chamados pelos seus CEO para uma reunião de importante e por isso os meninos estavam um pouco nervosos.


Porém, mesmo ansiosos, todos se encaminharam a sua sala, ao entrarem logo vêem o CEO sentado em sua grande mesa no centro do escritório com uma grande janela atrás, deixando à vista a bela imagem da cidade de Gangnam, o que relaxou os garotos por um tempo, mas não o suficiente para se esquecerem pelo quê foram chamados.


— Bem-vindos, meninos, sentem-se por favor. — diz com um feitil sério, porém com uma voz tranquila, e assim eles o fizeram, o CEO mostra com que não tem com o que se peocuparem.


— O que houve? Qual o motivo da urgência? — Perguntou JIN, claramente o mais curioso dos sete garotos.


— Bom meninos, um grande amigo é dono de um orfanato em Bundang-gu, fizemos uma doação ao orfanatos tem um tempo, mas as visitas as crianças e doações despencaram muito, então eu propus uma ideia de comercial. — Diz dando uma pausa olhando para os garotos que o olham concentrados.


— Acho que seria uma boa ideia, ajudar quem precisa, somos assim, e queremos passar ssa energia para frente, acho que todos concordamos não? — Se pronuncia RM gesticulando com os outros membros.


— Sim, tem razão todos concordamos — Diz o JIN fazendo com que todos confirmem com a cabeça. — E como vai ser a propaganda? Quando e que horas para nos prepararmos.


— É aí que mora a dificuldade. — Afirma o CEO fazendo-os questionarem-no com o olhar. — A propaganda seria vocês adotarem uma das crianças do orfanato, mas a criança, na verdade, já foi escolhida. Vocês teriam que cuidar dela até a fase adulta, e fazerem postagens sobre a vida cotidiana de vocês cuidando de outro ser humano.


— Espera aí, com todo o respeito Sajangnim, mas porque acha que nós teríamos capacidade de cuidar de uma criança? E que idéia foi essa? Não podemos... — YOONGI é interrompido por uma cotovelada do JK que pede que ele fique quieto.


— Adoraríamos fazer isso, se pudermos ajudar estamos aqui para isso. — Completa JIMIN.


— Está bem, então... — SI-HYUK pega algumas pastas finas de sua mesa e entrega para o JIN que espalha para o resto do grupo. — Isso é tudo o que temos sobre ela, pareceu perfeita para a adoção, até porque vocês tem uma vida extremamente pública e não queremos deslizes.


Os meninos abrem a pequena apostila e só vem uma foto, uma menina de cabelos longos e negros, olhos grandes e gordinhos, magra e com lábios pouco carnudos e forma de coração, sua ficha estava quase toda vazia, não tinha conhecidos, foi adotada algumas outras vezes, mas foi devolvida ao orfanato, não especificando exatamente o motivo.


— Esta é Lixue, tem dezessete anos como podem ver, ficha escassa, não apresenta interesse em vida pública, como ser artista nem ídolo, o que influenciou na escolha. — acrescentou o chefe fazendo com que todos o observassem novamente.


— Mas isso é pouco demais, não tem interesses nem nada, como a gente vai se dar bem com uma completa desconhecida? — questionou TAEHYUNG.


— Vocês vão ter que conhecê-la melhor aos poucos, vai ser melhor ainda, encarem como um novo desafio. — respondeu o CEO.


— Tá bem, mas quanto tempo vai durar esse “desafio”? — perguntou JIMIN.


— Como ela tem dezessete anos, e a maior idade é com vinte, dá em torno de... — explicava o chefe quando é interrompido por YOONGI.


— TRÊS ANOS?! —exclamou alarmado.


— Isso, três anos. — confirmou SI-HYUK.


— Isso está melhor do que pensei. — diz YOONGI rosnando com um sorriso falso no rosto.


Quando a conversa acabou os meninos sairam do escritório e na volta para casa, no carro YOONGI declarava seu desconforto e a falta de sentido desse tipo de propaganda junto com o longo discurso de como é difícil cuidar de outro ser.



9 de Outubro de 2021 às 22:32 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo 01

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas