V
Vitória Sibelly


Eu sempre imaginei escrever livros sobre as ideias que vem em minha mente, mais essa é uma história diferente. Te mostrarei em 10 capítulo, as coisas grandes que vi Deus fazer em minha vida.


Auto Ajuda Todo o público. © Ebook

#deus
1
629 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Contemplada por Ele, antes de nascer.

Não poderia começar a lhes contar as coisas grandes que Deus tem feito, sem antes ir ao início da minha história. Prometo que serei objetiva em minhas palavras, e não serei redundante.

Quando a sua mãe é alguém que conversa muito com você sobre tudo, ela te conta coisas inimagináveis a respeito de você mesma. No meu caso, eu nem imaginava que por detrás de uma menina simples como eu havia algo tão assustadoramente maravilhoso.

Começarei lhes contando um pouco sobre a minha mãe. Aos três anos perdeu o seu pai, o qual era quem sustentava a casa e os seis filhos, com a morte recente de seu pai ela foi para a casa de seus avós paternos, os quais criaram até os seus 16 anos. A sua vida não foi nada fácil, imagine você, sendo criado no meio de tanta gente e ninguém liga ou se importa com você, com o seu cabelo ou roupa, até mesmo o afeto e cuidado não existiam. Por essas e outras razões minha mãe cresceu depressiva, ela imaginava que ninguém a via. dês dos nove anos de idade, ela trabalhava pra conseguir comprar as coisas que precisava. O meu avô a levava para a igreja, mais ela não conhecia a Deus verdadeiramente, e nem mesmo compreendia o motivo da sua própria existência, por várias vezes ela esteve ao Porto de tirar a própria vida, pois constantemente se deparava com novos traumas para tentar superar. Foi quando ela decidiu pela primeira vez falar com Deus, ela disse:

— Deus, se o Senhor existe mesmo, me dê uma razão para viver. Não sei explicar o dimensão do desespero, mas ao me relatar, ela disse que estava a ponto de tirar a sua vida.

Em meio a tantas coisas que estavam acontecendo com ela, já havia um tempo em que se encontrava em um relacionamento com um homem mais velho, ela tinha apenas 16 anos quando isso aconteceu. Minha mãe já estava desconfiando, então ela decidiu fazer o teste; ela estava grávida de mim, então decidiu contar ao seu namorado sobre a grande e inesperada notícia. Ele morava à alguns quilômetros da cidade, em um lugar afastado, então ela foi a pé. Ao chegar ela ouviu uma discussão ao chegar perto da porta, era ele e uma mulher, ele pedia para ela não ir embora, então minha mãe escutando isso ficou irritada e foi voltando pra casa, no meio do caminho ele aparece de carro e manda ela entrar, então começa um diálogo:

— O que você queria vindo aqui? (ele perguntou).

— Quem era ela? (ela pergunta irritada).

— Minha esposa! (ele responde).

— Porque não me avisou que era casado? (ela pergunta gritando).

— O que é que tu veio fazer pra cá? (ele).

— Eu tô grávida (ela afirma segura de si).

— Não, eu sei o que eu faço, e se você falar pra alguém que esse filho é meu, eu mato você e essa criança.

Minha mãe imediatamente ficou assustada e sem saber o que fazer.

Por algum tempo ela escondeu, mas logo muitas pessoas ficaram sabendo q chegou até o ouvido dele.

ele foi até a casa em que a minha mãe morava e a ameaçou novamente, então ela decidiu que faria um aborto.

havia um homem na pequena cidade em que ela morava que era macumbeiro e que vendia remédio para abortar, porém ao chegar no local para comprar, ele nem a deixou falar, já falou logo:

— Não adianta você tomar, por que essa criança é projeto do Cara lá de cima (Deus). Mas mesmo assim ela comprou e tomou, na mesma noite ela teve um sonho com o homem que a vendeu o remédio, ele dizia:

— Eu te falei que não adiantava tomar, porque essa criança é projeto do cara lá de cima.

Imediatamente ela acordou e vomitou todo o remédio que seria para abortar, o quando não fez efeito, porque o Próprio Deus já havia me visto, mas como diz minha mãe. "Ele não permitiu que eu morresse, por que eu era a resposta da oração da minha mãe, a razão a qual pediu para Deus, para que ela não morresse". Olhou para mim dês de o ventre da minha mãe e sabia o lindo testemunho que essa pequena criança teria. e dentro os vários motivos pelo qual eu creio em Deus, esse é o primeiro deles, pois não era pra eu estar lhes contando essa história, eu poderia ter morrido.


Talvez você não consiga encontrar razões para acreditar em uma melhora na sua vida, pôde até ter sentido vontade de morrer, mas tente olhar para Deus como ele olha para você. Ele conhece o teu futuro, e sabe que você pode sim ser feliz, quando você decidir se entregar e entregar tudo nas mãos Dele, confiar Nele, e muitas coisas Ele fará por ti.



26 de Setembro de 2021 às 03:57 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Continua… Novo capítulo Todos os dias.

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~