theblueb0y Levi Luka

E mais uma vez, Uchiha Sasuke estava ali, em frente à padaria. Já devia ser a quinta vez só naquela semana em que ia lá só para comprar pão ou bolo. Pela quantidade de vezes, poderiam pensar que o moreno era um assíduo amante das massas. Contudo, não era bem assim. Ele realmente apreciava um pãozinho, porém não ao ponto de comprar repetidamente durante vários dias. A verdadeira razão para estar fascinado pelo comércio local, era o padeiro. Um loiro de olhos azuis, pele amorenada e sorriso encantador. "—Bom dia. Vai querer o quê, senhor? —Você é um sonho. — num ato falho, a resposta saiu diferente do que planejava — —C-Como?"


Fanfiction Anime/Mangá Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#Romance #LGBT #Naruto #Yaoi #BL #SasuNaru #SasuNaruSasu #NaruSasu #NaruSasuNaru #Fluffy #UniversoAlternativo #Oneshot
0
248 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Você é um sonho

Era bem cedinho do dia, começando a amanhecer. Estava aquele clima gostoso de 5 para 6 da manhã, o céu clarinho, geladinho, a brisa suave, o mundo começando a acordar.

E mais uma vez, Uchiha Sasuke estava ali, em frente à padaria. Já devia ser a quinta vez só naquela semana em que ia lá só para comprar pão ou bolo. Pela quantidade de vezes, poderiam pensar que o moreno era um assíduo amante das massas.

Contudo, não era bem assim. Ele realmente apreciava um pãozinho, porém não ao ponto de comprar repetidamente durante vários dias.

A verdadeira razão para estar fascinado pelo comércio local, era o padeiro. Um loiro de olhos azuis, pele amorenada e sorriso encantador.

Ele ria consigo mesmo. De tantas pessoas para se apaixonar no mundo, seu coração escolhera justamente alguém que só via de longe, nunca havia conversado na vida, não sabia nem o nome, que trabalhava numa padaria e provia seu café da manhã?

Que irônico. Ele realmente adorava se meter em furadas despropositalmente.

Mesmo tendo a ciência de que era bem impossível que aquilo fosse para frente, ele insistia em passar por lá, só para admirar a beleza e serenidade do jovem. Adorava ver aquele sorriso gentil quando falava com os clientes, os cabelos loiros escondidos atrás da touca, os olhos azulados como um oceano esplandecente.

Um suspiro apaixonado escapou de seus lábios, enquanto as borboletas no seu estômago dançavam.

—Bom dia. Vai querer o quê, senhor? — a voz melodiosa invadiu seus ouvidos —

"Você, seu gostoso."Sasuke pensou, porém repreendendo a vontade de replicá-lo aquilo verbalmente.

—Você é um sonho. — num ato falho, a resposta saiu diferente do que planejava —

—C-Como? — gaguejou, completamente surpreso e envergonhado, suas bochechas ruborizaram —

—Ai meu deus, desculpe! — tentou amenizar a situação, mas, no fundo, gostou da reação dele — Vou querer um sonho.

O loirinho estava tão nervoso que mal conseguiu realizar o pedido, ficou atrapalhado. Na visão do Uchiha, aquilo era extremamente fofo.

—Pronto, aqui está, senhor. — estendeu uma sacola com o doce embrulhado — Mais alguma coisa?

O moreno pensou em dizer não e ir embora. Mas já estava naquela situação embaraçosa, era a oportunidade perfeita para jogar uma cantada.

É como o ditado diz, já que está no inferno, abraça o capeta.

—Vou querer sim. — por trás daquela simples fala, o rapaz padeiro visualizou um minúsculo sorriso estranho que dançava em seus lábios —

—O quê?

—Seu telefone. — estendeu o celular para a aba de contatos, num sinal para que ele digitasse seu número —

Esperava que o jovem fosse recusar, mas ele deu um sorriso tímido e pegou o aparelho, digitando seu número.

—Pronto, senhor.

—Muito obrigado.

—Volte sempre. — se esgueirou por trás do balcão, apoiando-se no mesmo, apenas para deixar um suave beijo na bochecha do moreno, que ficou atônitocom a atitude —

—Voltarei.

Ele saiu do estabelecimento, fuçando seu celular com um sorriso bobo no rosto, ainda não acreditando. E não é que estava mesmo o número dele?

Seus lábios se curvaram quando viu o nome salvo no contato.

"Uzumaki Naruto (seu crush/seu sonho) 💞"

O coração do pobre rapaz palpitou fortemente, vendo que ele flertara consigo de volta.

Com o seu dia já ganho, retornou para casa, ansioso para conversar com o padeiro que, por acaso, virou o seu sonho.

23 de Setembro de 2021 às 18:53 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo O Encontro

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!