johnsilas John Silas

Aproveite sua vida enquanto pode, quando você parar para ver tudo já passou, vá atrás de viver vá atrás de criar memórias. Essa história faz parte de um conjunto de outros contos aonde o nome se resume a apenas uma palavra.


Conto Impróprio para crianças menores de 13 anos.
Conto
0
180 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Dias de chuva

Os pingos de chuva na lagoa são calmos, um mundo grandioso lá fora e eu aqui dentro, a poltrona de couro e a velha lareira.

É aconchegante, mas lá fora parece mais.

Não tenho mais tempo, já perdi muitas coisas, já perdi muitas chances, já perdi muitas memórias.

Nunca tive alguém do meu lado, nem pais, nem família, nem um amor.

Isso tudo é culpa minha, eu não segurei as inúmeras chences.

Sou insignificante

Minha vida se foi, foi bem rápida, estou velho e sem nada, não consegui aproveitar nada, não criei memórias, não apreveitei a vida.

Quando jovem não ajudava os senhores a atravessar a rua

Eu pensava que isso não era problema meu

Agora sou eu que preciso de ajuda em tudo, mas quem vai me ajudar?

Perdi tudo, na verdade eu nunca tive nada, agora fico lutando com o passado mesmo ele sendo mais forte.

Mesmo assim ainda me resta uma coisa.

Essa lagoa nunca me deixou.





27 de Setembro de 2021 às 10:15 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~