2minpjct 2Min Pjct

Por causa de uma pequena brincadeira do destino, Yoongi e Jimin tem seu relacionamento virtual cortado completamente, sem esperanças de uma possível conversa ou retorno. Seguindo suas vidas, ambos vão para caminhos diferentes e distantes, mas que se cruzam cinco anos depois, colocando os dois amantes cara a cara outra vez. Jimin, agora conhecido como Kitty Gang, com o coração banhado em ódio por acreditar que foi abandonado por alguém que amava e confiava tanto. E Yoongi, agora como Agust D, com o coração fervendo em saudade por ver seu amor da adolescência mais uma vez. Como uma ironia do destino, os dois agora precisam manter distância por conta de suas facções, que são inimigas.


Fanfiction Bandas/Cantores Para maiores de 18 apenas.

#bts #suga #yoongi #jimin #yoonmin #sugamin #minimini #suji #gangues #agustd #2min #minmin #sujim #2minpjct #kitty-gang
9
531 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

001. O gatinho é você

Escrito por: Baunie_Baunilha / @Baunie_Baunilha


Notas iniciais: Olá bolinhos, como vocês estão? Ficaram com saudades?

Volto agora, depois de meses, com uma nova historinha, espero que gostem dela tanto quanto eu gostei de escrever

Os créditos vão estar nas notas finais

Boa leitura😘


~~



**

Yoongi saiu do carro colocando a mochila nas costas, acenando para o seu motorista enquanto se afastava. Entrou pela porta da frente e tirou os sapatos que faziam parte do uniforme, ficando apenas com as meias brancas ao colocar as pantufas, passando a mão nos cabelos ao caminhar pelo corredor até a cozinha.

— Oi, governanta No — cumprimentou, indo até a mais velha e deixando um beijo em sua testa.

— Menino Min, já chegou? — A senhora sorriu largo, parando de mexer nas vasilhas dentro do armário para dar total atenção ao mais novo.

— Uhum. — Se afastou dela, indo até a geladeira para pegar a caixinha com os morangos frescos que ele tanto gostava. — Um dos professores não foi. Onde ‘tá o papai?

— Saiu pra resolver alguns assuntos, mas disse que ia voltar antes do jantar — explicou, pegando uma latinha de creme de leite no armário atrás de si, indo até Yoongi e a entregando a ele depois de abrir.

— Certo. — Sorriu como agradecimento, despejando o líquido branco e cremoso sobre as frutas, mordendo o canto dos lábios. — Eu vou ‘pro meu quarto, acho que vou passar a tarde toda lá.

— Tudo bem, querido. Vai falar com Jimin hoje? — perguntou, como quem não quer nada, caminhando até a geladeira.

— É provável que sim — respondeu, rindo baixo, colocando mais morangos na boca, saindo sem dizer mais nada.

De todos os funcionários da casa, a governanta No era a que Yoongi mais confiava, ela era a única pessoa que sabia sobre a sua real sexualidade e, consequentemente, era a única que sabia sobre Jimin.

Entrou no quarto e jogou a mochila pesada no chão, colocando os morangos sobre a mesa do computador, aproveitando para colocar seu celular ali também. Foi andando até o banheiro tirando as roupas pelo caminho, parou em frente ao espelho que ocupava uma boa parte da parede e abriu uma das gavetas do armário embaixo da pia, pegando seu removedor de maquiagens, não era muito de usar, mas naquela manhã tinha acordado um pouco mais disposto.

Quando acreditou ter removido todo o produto de seu rosto, tirou a boxer azul que vestia e entrou no box, sentindo os músculos relaxarem com a água gelada. Lavou os cabelos pretos e passou sabão pelo corpo, massageando algumas partes que estavam doloridas.

Quando saiu, se secou de qualquer jeito e voltou ao quarto, foi até a mesa do computador e pegou o celular de novo, indo no aplicativo de mensagens e abrindo a primeira conversa ali.


Cheguei, gatinho|


Foi a única coisa que mandou, indo até seu armário para pegar alguma roupa. Vestiu a primeira cueca que viu e uma bermuda confortável, voltando para perto do computador a tempo de ver uma nova chamada do skype, sorrindo animado, já sabendo quem era. Foi até já e atendeu, indo pegar a sua toalha que estava em cima da cama para secar os cabelos.

Eu já te disse que o gatinho é você. — A voz rouquinha e preguiçosa preencheu o quarto, fazendo Yoongi rir baixinho ao se sentar na cadeira em frente a tela do computador.

— Mas você parece mais um gato do que eu, já te disse isso também. — Sorriu de lado, jogando os fios úmidos para trás.

O loiro revirou os olhos, puxando mais o cobertor para se cobrir melhor.

Aish! Vamos deixar isso pra lá.

Yoongi riu baixo, voltando a pegar o pote com os morangos, os misturando em meio ao creme.

— ‘Tá muito tarde ai? — perguntou, chegando mais para perto da mesa.

Um pouco, mas não tem problema. Eu ficaria a noite toda em claro se isso significasse que falaria com você.

— Que meloso, Jiminie.

Pode parar! Eu sei que você gosta, seu bobão. — Jimin sorriu, fazendo seus olhos se fecharem um pouco. — E também vale a pena ficar acordado a noite toda se for pra ver você assim, com os cabelos molhados e sem camisa.

Yoongi jogou a cabeça para trás e soltou uma risada, mostrando suas gengivas adoráveis.

— Por que você tem que ser um safado tão aleatório assim?

Mas é assim que os melhores namorados são. Se eu for fofo e manhoso o tempo todo, você vai acabar se cansando e eu não quero isso.

— Eu nunca me cansaria de você, Jiminie. Isso é impossível — assegurou, de uma forma tão convicta que Jimin se surpreendeu. — Eu gosto quando você é fofo e manhoso, me dá vontade de cuidar de você.

Um dia você vai cuidar de mim, hyung, e eu vou cobrar todos os beijinhos que você me promete. — Aproximou mais o celular de seu rosto, fazendo a tela do computador se preencher com suas bochechas redondinhas e os lábios carnudos, fazendo Yoongi morder discretamente os seus próprios, coisa que foi notada pelo mais novo. — E também vou cobrar as transas em lugares inusitados. — Sua voz saiu sussurrada e os pelos do corpo de Yoongi se arrepiaram.

— Não lembro de ter te prometido isso. — Apoiou o cotovelo na mesa, usando a palma da mão para apoiar seu rosto.

Mas eu lembro. — Mordeu o canto dos lábios, soltando um risinho malandro. — E eu vou cobrar tudo isso.

Yoongi riu em resposta, olhando para Jimin através da tela, analisando cada um de seus detalhes únicos, desde os olhos miúdos, ao dente da frente que era meio tortinho.

Por que ‘tá me olhando assim? — Park questionou, um pouco envergonhado.

Por mais que fosse meio desbocado e aparentasse ser uma pessoa que dizia tudo que vinha a sua mente, Jimin era bem tímido e Yoongi parecia ser mestre em deixar o pequeno Park sem graça e de bochechas vermelhas.

— ‘Tô só te admirando. — Suspirou rendido, brincando distraidamente com seus morangos.

Me admirando por quê? — Puxou o edredom amarelo ainda mais, cobrindo parte do seu rosto com ele, mas sem conseguir desviar os olhos.

— Porque amanhã não vamos poder conversar por vídeo, vou sair com meu pai.

Entendi. — Fez um pequeno bico, mesmo que Yoongi não pudesse ver. — Sendo assim, eu posso te mandar algumas fotos, que tal?

— Que tipos de fotos você pretende me mandar, Jiminie? — perguntou, olhando em pura desconfiança.

Aigoo! Você é tão desconfiado, Yoon — resmungou, fazendo um bico de novo, dessa vez ele foi visto por Yoongi, já que na hora de protestar Jimin tirou o cobertor do rosto.

O Min riu de novo, colocando mais alguns morangos na boca com a ajuda da colher.

— De você se espera tudo, meu amor. — Piscou um dos olhos, fazendo Jimin revirar os seus.

Esticou a mão e pegou o celular, o ligando pra ver a hora.

— ‘Tá tarde, não vai dormir mais?

Já ‘tá querendo se livrar de mim?

— Claro que não, eu só ‘tô preocupado, não quero que você fique igual um zumbi no meio da aula — argumentou, se levantando para colocar a toalha no banheiro.

Não vou ficar — garantiu, jogando alguns fios loiros para trás da orelha. — Fica parado aí — pediu, exasperado, assim que Yoongi apareceu à frente do computador, mostrando todo o seu tronco nu e pouco definido.

— Por quê? Tem alguma coisa errada? — perguntou, olhando à sua volta.

— Não, não! Não é nada demais. — Sorriu, levando a outra mão até a lateral do celular, procurando os botões. — Eu só quero registrar o corpo lindo do meu namorado branquelo, não posso? — indagou, apertando ambos os botões várias vezes, salvando várias capturas de tela.

— ‘Pra que você quer uma foto do corpo branquelo do seu namorado? — Ergueu uma das sobrancelhas, cruzando os braços.

Acho que vai dar um lindo papel de parede. — Soltou uma risadinha perversa, mordendo o lábio inferior.

Yoongi negou com a cabeça, voltando a se sentar na cadeira giratória.

— Agora você pode ir dormir, ‘tá muito tarde, não quero ser o culpado das suas notas baixas.

Tão responsável — resmungou, soltando um suspiro. — Tudo bem, eu vou dormir, mas você só vai desligar quando eu estiver dormindo de verdade! — sentenciou, apontando o dedo para o mais velho.

— Sim, senhor. — Riu, levantando as mãos. — Agora dorme, eu ‘tô aqui.

Jimin sorriu largo, fazendo seus olhos se transformarem em duas fendas, como se fossem pequenas luas minguantes.

Yoongi ficou observando o namorado segurar o celular com os olhos fechados, esperando o sono o levar para a terra dos sonhos, onde ficaria até o novo dia começar e quando isso aconteceu, Yoongi sussurrou um "boa noite, gatinho", mandando também um beijinho antes de desligar, se preparando para a saudade que sentiria ao decorrer do dia, já que só voltaria a falar com o Park durante a noite.


~~


Notas finais: Acho que esse foi um belo começo pra história desses dois boiolas complicados kkkkkkk

Não esqueçam de me dizer o que estão achando, eu adoro ler cada um dos comentários

Betagem por: @mimi2320ls/ bebeh1320alsey
Design por: @peartae / peartae

Vão dar uma olhada no perfil do projeto também, lá tem muitas histórias incríveis

Meu twitter pra quem quiser é @jiglowup e meu ccat tá linkado na minha bio, caso queiram fazer alguma pergunta ou reclamação

Até a próxima💕


~~~~~


Vocês sabiam que temos um grupo no whatsapp com direito a spoiler e uma chance de interagir com os ficwriters do 2min? Para entrar no grupo, só mandar uma mensagem <3

23 de Setembro de 2021 às 20:57 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo 002. Conversamos mais tarde

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 9 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!