agustdeadtown Vick

❝Taehyung ficava fraco quando não bebia sangue do seu tipo favorito. Yoongi era portador desse sangue e caidinho pelo vampiro dos olhos vermelhos.❞ [Fic de experiência, não espere muito | Taegi | Short fic | Vampire!au | Taehyung vampire | Yoongi human ] [16+ Contém violência, insinuação sexual, palavras de baixo calão, homossexualidade, entre outros] ©2019 agustdeadtown Todos os direitos reservados!


Fanfiction Todo o público.

#gay #yaoi #bts #suga #yoongi #taehyung #taegi #227 #namjinkook
2
396 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo 1; FIND ME ON THE DARK

Era como se a melodia de ninar na caixinha da bailarina fosse quase nula. A senhora Min beijou a testa do filho querido e apagou o abajur da mesinha de cama. Desejou um boa noite amoroso parada ao batente e fechou a porta em seguida.

Yoongi não esperou muito até que o casarão se colocasse em sono. Passado algumas horas, puxou debaixo da cama o conjunto de roupas para vestir e desgrenhou os cabelos negros de propósito. Se admirou no espelho da penteadeira e sorriu.

Eram duas da madrugada no relógio-cuco, o pássaro acabara de fazer som no andar térreo, no meio do grande salão de entrada. Faziam dias desde que havia visto seu mestre pela última vez. Estava preocupado.

Ele pulou a janela do seu quarto. Sujou os coturnos na lama da floresta recém molhada pela chuva caída de tarde. Quando alcançou o meio da mata fechada, não perdeu tempo em sentar na grama molhada, com as pernas em borboleta.

Tampou os olhos com as duas mãos compridas e sorriu sapeca como uma criança que acabara de aprontar uma grande bagunça.

- Tae, consegue me ouvir?! - Disse o rapazinho e seus dentinhos de criança apareceram brilhantes.

Sua postura estava ereta e sua respiração calma. Queria brincar com o vampiro. Pegou de dentro do bolso da jaqueta de couro um estilete. Mirou o pulso.

- Hyung, venha me encontrar! - Ele cantarolou. Abriu um pequeno corte na região onde sabia que não o causaria grandes danos e logo sentiu o cheiro doce atravessar o matagal enquanto o sangue quase negro manchava sua pele clara.

"Espero que nenhum outro faminto venha me procurar... ou estou frito".

Seu coração havia disparado com o pensamento e logo sentiu o cheiro do outro. O rapaz saiu de trás de uma das grandes árvores. Yoongi sorriu antes de se levantar e andar até o mais velho. Sua cintura foi tomada com possessão e a pele do pescoço aspirada em deleite.

- Senti sua falta, mestre - O baixinho manhou e sentiu a ponta dos dentes compridos arrastarem por sua pele, mas ele não queria ser mordido, ainda - Vamos brincar!

Se afastou de prontidão e saiu correndo mata a dentro. Taehyung balançou a cabeça estalando a língua no céu da boca, vendo o pequeno rapaz desaparecer - Venha me pegar, hyung!

Kim riu divertido antes de caminhar rápido, sua velocidade era bem maior que a do humano. Ele não se esforçou para alcançá-lo e o colocar contra o tronco de uma árvore.

- Boo! - A voz grossa atravessou num sussurro o ouvido do mais novo, causando arrepios. YoonGi estava ofegante e os olhos fechados com força pelo susto - Eu ganhei, qual o meu prêmio?

- Pode tomar do meu sangue, senhor - Acariciou a pele fria das bochechas entre os dedos, a palma da mão contornando o maxilar - Sei que não bebe há muito tempo, está muito pálido - Os olhos do rapaz brilharam vermelho vivo e as pernas do Min pareceram fraquejar diante daquilo. Era como olhar para um inferno tentador naquelas orbes.

O braço que escorria sangue foi pego com sutileza, levado até a boca do Kim. A língua contornou o líquido doce até demais, raro, delicioso. O corte do Min ardeu levemente. O rosto de maxilar marcado encontrou o pescoço do mais baixo e tomou a pele para si. Os dentes pontudos travaram na pele, perfurando de forma dolorosa.

Yoongi gostava daquela dor quando era feita pelo vampiro dos olhos e cabelos vermelhos.

A pele do imortal tomou pouco a pouco melanina novamente e a ponta os dedos compridos de Taehyung contornaram os dois furinhos recém feitos, como se fizesse um carinho ali.

- Obrigado, Yoongi - Os olhos cintilaram antes de serem fechados. Agarrou a nuca alheia e trouxe o rosto de encontro ao do outro. Tomou-lhe os lábios e o gosto do sangue amarrou as línguas em um beijo ofegante e desesperado - O que você quer fazer hoje?

. . .

- Aquela constelação ali é uma das mais bonitas que eu já vi - Yoongi disse baixinho, deitado no peito do mais velho - Taetae, qual sua constelação favorita?

- Não tenho uma ainda - Respondeu sem que sua fala soasse rude, acariciando os fios do mais novo - Eu não reparo muito nessas coisas.

- Ah - Olhou para o rosto do ruivo e percebeu que ele tinha os olhos fechados - Você tá se esforçando demais na aldeia não é?

- O Seokjin me traz muitos problemas com humanas e outras vampiras - Lamentou, lembrando do irmão mais velho - Ele insiste em querer me arrumar um herdeiro...

- Mas você não vai ter - Constatou em um muxoxo, por ser um homem - Você quer ter um?

- Não, eu não quero - Deu uma risada nasal e puxou levemente as madeixas negras nos dedos - Quero só ficar com você.

De forma delicada pegou o corpo menor e colocou sobre o seu, encarando os olhos brilhantes do Min. - Minha constelação favorita é a formada pelo brilho que seus olhos ganham toda vez que me olha.

As orbes do humano se arregalaram e os lábios fininhos se abriram em choque. Taehyung riu da fofura alheia, tomando os lábios pêssego pra si em um beijo, antes de tomar do sangue que o viciara mais uma vez.

20 de Setembro de 2021 às 19:17 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Capítulo 2; FIND ME ON THE TREES

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 8 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!