L
Lótus Negra


Após ser expulsa do reino dos deuses primordiais, Aster vive uma grande experiência entre os mortais aonde descobre uma grande paixão, Mais essa paixão esconde um grande segredo.


Romance Suspense romântico Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#]
0
357 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 15 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo 1

Na era de Lótus, após o grande nascimento dos Titãs e titânides, filhos dos deuses primordiais, surgiu uma escuridão inesplicavel aos olhos de meros mortais. O feto, seja ele do sexo oposto ao pretendente masculino amanheceram mortos logo depois dos sinos darem sua última melodia, Mas essa escuridão tinha um propósito que viria a tona, cujo nome era Nix a deusa da noite.

Reino de Yam (tempos atuais)

Caminhava lentamente pelos corredores imensos do castelo, com destino de chegar até a sala da rainha, minha mãe. O corredor era iluminado com grandes pedras de jasmin era oque dava aquele esplendor de fazer os olhos lagrimejarem de tanta beleza. Meus sapatos vermelhos que faziam um belo par com meu longo vestido rosa que rastejava pelo chão e meus passos eram tão calmos que faziam barulho nós quatro cantos daquele corredor enorme. A minha linhagem sempre dava ouvidos para coisas, uma delas são a aparência representa comportamentos reais, Mais.... isso era porque não me conheciam ainda.


Chegando a sala do trono da rainha mãe, muitos oficiais da grande guarda corriam rapidamente a saída da sala real, eu senti o desespero em seus olhos, acho que estavam em busca de um grande criminoso!

- Aí está você!


diz a rainha mãe com um tom de fúria nunca há vi daquela forma seus olhos pareciam bombas prestes a explodir !


- Aqui estou rainha mãe!


- Por favor, sem formalidades! e essas roupas ? derrepente decidiu tomar postura de uma bela dama ?


- Minhas roupas não corresponde a minha personalidade! quero me vestir como me sentir a vontade!


Ela desce as escadas em direção a mim com um olhar de descepção


- Ouço seu nome nos quatro cantos desde castelo , e nenhum me surpreende! quantos soldados ameaçou até chegar a sala real ?


- Nenhum rainha mãe.

seu rosto pura decepção. Com sua mão direita apanhou um cristal de cor rosa seu brilho fisgava o sol do amanhã


- Faz tempo que queria tomar essa decisão! e sinto que esse momento chegou.


Com sua força ela o quebra em pedaços, os cacos caiam entre seus dedos, fazendo - me cair em um sono profundo, e assim naquela sala abriu- se dois portais entre dois mundos apenas com uma passagem de ida ao mundo dos mortais.

Eu acordo com a luz do sol refletindo em meus olhos, estava apenas com um manto que cobria meu corpo da nudez em um beco pequeno que só havia ratos comendo restos de alimentos, sigo em frente mais prestando atenção aonde colocava meus pés era deplorável!


em frente avistava um grande ponto de comercialização, bem as aulas no castelo serviram para alguma coisa !!!


a porta desarranjava ao abrir logo após um empurrão, um som suave de um sino tocando, avisando que tinha compradores. O sol iluminava uma grande janela, onde tinha um pequeno vazo azul com um belo rosto, seus olhos azuis representava o sonho, com cabelos escuros como a noite.


Caminhando pela pequena lojinha avistava um lindo "Chiton "(vestimenta da Grécia antiga) estava prestes a pegá-las quando derrepente ouço passos que vinham em minha direção, me escondo atrás de uma grande porta de madeira

15 de Setembro de 2021 às 17:58 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Continua… Novo capítulo A cada 15 dias.

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~