fannelima Fanne Lima

SPEARB - (Changbin) Yongbok - (Lee Felix) CB97 - (Bang Chan) Princes - (Hyunjin) Sinopse: Changbin e um jovem de 18 anos que é órfão, ele perdeu os seus pais na sua adolescência, mas ficou na tutela de seu tio Hwang Hyunjin um mafioso muito poderoso de Seoul sendo dono de muitas boates e pontos de drogas com o seu braço direito o seu irmão mais novo Bang Chan. Quando os seus pais faleceram em um acidente de carro Changbin tinham 12 anos, então após um tempo depois de tudo ter acontecido ele foi levado a uma das boates de seu tio para ser acompanhares dos usuários do local, como ele era muito bonito e delicado então atraia a atenção por onde passava, devido a todos esses problemas o adolescente teve depressão e varias tentativas contra a sua própria vida, ele ficou trabalhando lá por 4 anos sendo abusado e destratado por todos a sua inocência foi arrancada de si e com ela a dignidade também, então ele fugiu de lá como não tinham para aonde ir e nem emprego foi parar nas ruas sentando fugir de tudo aquilo inclusive de seus tios mafiosos. Felix é um jovem empresário de apenas 24 anos, ele é dono de uma rede de doceria famosa com seu primo e advogado da empresa Yang Jeongin, Yongbok com o é conhecido é bastante atencioso ele gosta de ajudar pessoas e esta sempre com um belo sorriso, mas um dia seu dia terá um rumo diferente de tudo que já viveu encontrando - se com um olhar triste e perdido pelas ruas frias da cidade. O que ele fará? Será que quando se ama, é possível estar ciente dos perigos que rondam a vida? *NÃO ACEITO ADAPTAÇÕES*


Fanfiction Para maiores de 21 anos apenas (adultos).

#amor #máfia #ação #cuidado #straykids #changlix #changbin #felix #orfão #ruadomedo
1
710 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Changbin

Meu nome é Changbin, mas ninguém disso porque todos me conhecem de SPEARB preferi assim para me manter seguro após a morte dos meus pais a 8 anos atrás passei a morar com os meus tios eles são os irmãos do meu Appa, como nunca conheci os parentes da minha Omma acabei indo morar com os meus responsáveis, mas era tão ruim que podia piorar, pois, é eles me obrigaram a trabalhar em uma boate como acompanhante de luxo de um bando de velhos horrorosos que infelizmente tiraram minha inocência, comecei como garçomate os 14 anos comecei a atrair as atenções pelo meu corpo das pessoas que frequentavam aquele lugar, por insistência de vários clientes meus tios me obrigaram mais uma vez então virei um stripper mais atrativo da casaissonunca me deixou tão humilhado em toda a minha vida, era difícil viver ali ainda bem que eu sempre tinha ajuda de um amigo Kai o barmen que me livrou de muitos cara que tentavam se aproveitar de mim, apensar de tudo ele sempre me tratava com muito carinho e amor, então lutava diariamente porque sabia que teria alguém que me amava, hoje sou um rapaz depressivo que vive nas ruas de Seoul tentando me esconder de qualquer pessoa suspeita que passe por mim eu não sei quem são os capangas do meu tio Hyunjin mais conhecido nas ruas como Princes, eu só queria que meus Appas estivessem aqui comigo porque que a vida precisa ser desse jeito?


Eu nunca irei ser feliz ou encontrarei uma pessoa que me ame sendo tão sujo e com um passado tão ruim assim, diariamente acordo deitado após dormir em uma calçada de um beco velho e sujo, vivo aqui há três anos da minha vida dessa forma é dolorido ver pessoas sempre passando por mim e nunca notar que existo ou se importando em me ajudar me dando algo para comer não sei até quando suportarem tudo isso, de qualquer forma e melhor do que estar trabalhando naquela boate horrível e sendo usando como um objeto sexual por muitos que frequentam aquele lugar, eu só espero que meus tios nunca me encontrem ou estarei morto. Sinto tanta falta da minha família que chega a doer o peito pela tristeza, eu só queria me sentir amado novamente já não tenho sonhos na vida vejo pessoas da minha idade conquistando tudo enquanto estou aqui vivendo de uma forma miserável e sem esperanças, não terminei os estudos porque fui obrigado a deixar tudo para trás minha casa e tantas outras coisas, pois essa é a vida que tenho.


[**]


Changbin passou mais um dos seus dias tendo que viver na mesma situação, como já era de noite o jovem órfão estava em seu velho e malcheiroso beco onde só tinham prostitutas, usuários de drogas ou apenas bêbados caídos a sua realidade era aquela e nunca mudaria até que alguém o estendesse a mão o tirando dali, ele estava deitado e olhava fixamente para o céu estrelado e sempre vinha as lembranças de sua doce e maravilhosa vida em famílias as lágrimas escorriam em seu rosto magro e pálido talvez ele tivesse alguma esperança de um futuro menos dolorido, após passar o dia vagando pelas ruas na procura por comida ele pode notar uma bela loja de doces onde ficou parado por um tempo ali, mas saiu rapidamente por medo de alguém o expulsar dali aos pontapés porque isso sempre acontecia então baixou sua cabeça e continuou o seu caminho sem rumo essa era a vida sofrida do Changbin, enquanto pessoas ao seu redor sintam se bem com a vida que levam ele e tantos outros que vivem largados pelas ruas não tem esse privilégio, ele se perguntava o que fez de tão cruel em suas vidas passadas para ter que merecer tudo aquilo do destino. Era difícil para ele não poder entrar em lugares públicos sem receber olhares de desprezos ou de nojo, e por estar em condições a margem de toda uma sociedade padrão sem problemas o qual ele tem de ser um morador de rua e fugitivo de pessoas más como os seus tios então Changbin passa a se esconder pelos becos escuros e malcheirosos, mas um dia talvez tudo possa mudar para ele ou apenas piorar, ninguém sabe desse futuro que provavelmente incerto ele poderá ser consumido pela sua velha que o acompanha a anos a depressão ou melhorar após encontrar a pessoa certa que lhe olhe com um amor incondicional essa sim, pode ser talvez a possibilidade para um final feliz.

13 de Setembro de 2021 às 03:16 1 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo Lee Felix

Comente algo

Publique!
Mary linda02 Mary linda02
Te encontrei, garota
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 23 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas