K
Kitori doom


Detetive Reen é um história de investigação após alguns crimes ocorrerem na cidade, e esses crimes podem mudar toda a percepção de nosso protagonista pra sempre


Ficção científica Futurista Impróprio para crianças menores de 13 anos.

# #cyber
0
554 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 30 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Início da história

Dia 26 de abril de 3030


Era dia eu acordo com os meus vizinhos brigando, então eu ligo a televisão e vejo oque estava passando, estava passando o telejornal local, se eu não me engano se chamava TV Merc, não tinha nada de mais das outras emissoras, só era a que estava falando menos sobre as mortes na cidade.
Após eu ligar a televisão me levanto da minha cama, coloco minha pantufa e vou tomar meu banho, depois de acabar eu volto a ver a televisão estava ainda no telejornal dessa vez estava falando sobre o presidente, o presidente é um boçal que se chamado Robert Eugênio, ele era de um tal de partido da gente, não vou me lembrar agora já que as eleições foram a dois anos atrás.
Mas então ele estava falando sobre um acordo que a cidade fez com a lightning economy,que é uma empresa que produzia eletricidade ecológica para algumas casas, assim deixando a energia mais barata.
Enquanto o presidente diz que a empresa funcionária para o país inteiro assim substituído a energia gerada pela água.
eu estava vestindo meu sobretudo e colocando o meu chapéu, colocando minha arma no bolso do lado, pegando a chave do meu carro e as chaves de casa, saio de casa tranco a porta, viro a maçaneta duas vezes confirmando e então saio da minha casa e entro no meu carro e vou pra delegacia chamada de devonam a D.C.D.
Chegando la,eu vejo o Adamastor, ele é o recepcionista da D.C.D., ele é um cara legal, até, alguns dizem que ele é obeso eu só acho que ele está um pouco acima da média do peso tipo cem quilos, é considerado?
Mas então continuo caminhando e digo e ele:

-oi Adamastor,como você está?

-eu estou bem,e você -ele diz enquanto comia uma rosquinha e mexia em seu computador olografico

-estou bem e você?-digo tentando ler o que ele estava escrevendo

-estou bem, obrigado por perguntar a e o chefe quer falar com você-ele diz como se estivesse entediado

-está bem, até mais Adamastor-digo indo em direção a sala do delegado

O delegado é um cara egocêntrico que se chama Jack,ele é um moreno alto, de porte médio que adora fazer piada de mal gosto.

Chego na sala do delegado bato na porta e a abro alguns centímetros ao ponto de deixar uma brecha para que eu posso ver, então digo:

-pode entrar delegado?

-pode-ele diz com um tom de tédio

Então eu entro e me sento na cadeira que ficava em frente da parede dele,e digo:

-O senhor me chamou?

Então ele olha nos meus olhos e diz:

-sim,eu te chamei,por que tenho um serviço pra você

Então me ajeito na cadeira e ele continua dizendo:

-bom, foi encontrado um corpo morto na street east esse homem que foi morto é um importante empresário da cidade,e o trabalho é seu boa sorte na sua investigação

Então eu me levanto e digo:

-está bem,oque tenho de recursos?

-você tem tudo oque tem direito como um detetive

Então me retiro da sala,e vou até minha mesa e começo a arrumar ela

Estava em minha mesa, havia acabado de arrumar ela,então pego a chave da viatura,minha arma e meu distintivo e me levanto da mesa ligo meu equipamento de comunicação que fica no meu antebraço e ligo pro Eugênio que é o policial responsável pelas câmeras, então ele me atende dizendo:


- opa,como você está reen?-o reen é meu nome,na verdade meu nome é reendet cray,mas sou conhecido como reen


-estou bem e você Eugênio?- digo isso e logo vejo algo nas costas dele e digo- Eugênio tem algo atrás de você


Então alguém abraça ele e ele ri então eu noto que era um homem de porte médio,loiro então esse homem beija Eugênio e diz:


-quem é esse? Amor- ele diz isso olhando pra Eugênio com um olhar de apaixonado


então Eugênio o responde


-esse é o reen,um detetive novato da D.C.D.


Então ele olha pra mim e diz:


-oque você quer reen?


-quero que você veja uma coisa nas câmeras da street east


-está bem


Então ele olha para o computador dele e diz:


-que horas?


Então eu olho pra minha mesa e digo:


-durante a noite,o horário eu não sei


Então ele acena com a cabeça e começa a digitar e diz:


-tem só um filmagem de trinta minutos


-está bem,pode me enviar?


-posso


Então ele desliga a ligação e diz por mensagem


-o vídeo está fazendo download,em questão de tempo será enviado a você,tenha um bom resto de dia reen


Então eu leio a mensagem e digo:


-está bem


Então o vídeo chega em meu celular e eu começo analisando o horário, o vídeo foi gravado as dez da noite então eu olho e percebo uma movimentação normal, até que eu vejo um homem que parecia um pouco suspeito,então eu vou até o Adamastor andando calmamente e digo:


- Adamastor,você tem algum arquivo sobre o assassinato que aconteceu na street east?


-tenho sim reen,deixa ver se eu acho


Adamastor começa a mexer em seu computador olografico e ele acha uma foto do local do assassinato e me entrega então me diz:


-tenho só isso,serve?


Eu pego o documento e digo:


-muito obrigado,acho que irá servir


Pego o documento então começo a analisar a vítima ela estava com uma camiseta vermelha com bolinhas verdes,um pouco chamativo de mais na minha opinião,o lugar era um bar de esquina que ficava perto do local do assassinato,então eu tenho um palpite,e se for uma briga de bar


Então eu olho a ficha da causa do assassinato e estava que ele foi morto sem a face,então eu observo bem a ficha e dizia que no local da face tinha apenas uma fita vermelha, atitude típica da gangue solis fratribus,uma gangue que ranca a face de suas vítimas e substitui por uma fita vermelha,o líder é um anão moreno que tem o braço mecânico chamado de Nicolas Edgar de la picharte,ele Já tinha sido preso dezenove vezes,mas sempre arruma um jeito de fugir, então se eu quiser de scobrir esse caso terei que ir atrás dele curte o que custar



28 de Agosto de 2021 às 22:31 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Continua… Novo capítulo A cada 30 dias.

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~