N
Nicolas CUBAS


Essa é a história de um homem muito rico que perdeu tudo o que tinha, um homem que foi acusado injustamente pelos próprios amigos. Ele não sabia, mas o que estava por vir faria tudo valer a pena.


Não-ficção Todo o público.
0
888 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Toda semana
tempo de leitura
AA Compartilhar

O começo

Os raios de sol iluminavam o interior do quarto, a pequena janela dava acesso a uma beleza sem precedentes. Sobre a cabeceira da cama havia um vaso ornamentado e cheio de alabastro. A casa simples de tijolos de barro dava acesso a uma alegria constante, mas isto estava prestes a mudar.

A empregada que varria o quarto com afinco sorriu ao lembrar-se de seu patrão, ele fazia ela se orgulhar de ser uma simples serva, mesmo tendo ela nascido em uma família pobre. Ela levantou o vaso cuidadosamente, colocou-o no chão e limpou a cabeceira. Enquanto pensava nele colocou a cabeça pela janela para ver onde ele estava.

Ela o viu do lado de fora, prostrado de pé diante da porta, possuía um cabelo curto, de cor escura, seus olhos eram castanho-escuros, era alto e esbelto, sua pele podia identifica-lo como nascido naquela região, na região de Uz. Além de tudo, usava uma roupa de linho púrpura com bordados delicados e uma corda fina estava amarrada em sua cintura para segurar suas vestes.

O homem estava olhando a imensidão dos campos, suas terras. Pode-se dizer que aqueles campos refletiam a criatividade do Criador, os pastos verdejantes eram iluminados pelo sol, levando a uma variada tonalidade de verde, o deserto ao sul, ao longe formava uma pequena linha ondulada.

Mas um homem não demonstrava interesse em tal paisagem, tudo o que ele precisava era contar uma notícia ao seu patrão. Suas vestes estavam rasgadas e havia diversos cortes em seu corpo.

A empregada viu o mensageiro correr até seu senhor, alguns cortes ainda sangravam, seus hematomas mostravam que fora espancado. Ele foi direto até o homem que estava na porta e desacelerou quando chegou perto, tomado pelo cansaço, tudo o que ele conseguiu dizer antes de desabar foi:

- Jó...


19 de Agosto de 2021 às 13:03 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo O Diabo entra em cena

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 7 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!