vida_18 Noemi Guimarães

Há três décadas uma guerra fria se estabeleceu entre Alamary e Agamór quebrando qualquer tipo de relação entre os reinos. Com o desejo de acabar com toda a tensão que cobria o povo, Min Yoongi aceita o acordo de paz entregue por Kim Jong Un desposando seu filho mais novo, Kim Taehyung que se torna seu segundo esposo. Com o passar dos dias, sentimentos e opiniões são mudados. O medo se torna um sonho suave e segredos são revelados. Será que o amor pode ser mais forte que a perfídia?


Fanfiction Livros Para maiores de 18 apenas.

#taeyoonseok #abo
0
655 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 10 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Guerra e Paz

A linha tênue entre o bem comum e o bem próprio não é tão fina quanto parece, não quando intenções são deixadas tão as claras quanto um livro aberto a qualquer um que queira ler.


Ainda assim à aqueles que se negam a enxergar aquilo que está diante de seus olhos, jurando que qualquer coisa fora de sua linha de pensamento está errado, apenas eles estão corretos.


Foi assim que o povo de Agamór seguiu seu soberano instável a uma guerra sem sentido pondo um fim em séculos de paz entre o reinado Min e Kim, duas nações que se tornaram inimigas, construindo muros sociais e políticos que interferiram o comércio de outros reinos que passaram a andar sob ovos quando se tratava de ambos.


Uma guerra fria sem propósito e motivações desconhecidas que se reteve entre os monarcas.


Após três décadas de luta e invasões, Kim Jong Un, o atual soberano do reino que declarou a quebra de relações, levantou a bandeira branca. Tensionado o suficiente por tudo que havia visto conforme crescia como herdeiro do trono, Min Yoongi não se deixou convencer tão facilmente pelas boas intenções de Jong Un.


Quando por fim o trono tomou, questionou o homem sobre como poderiam firmar esse tratado sem mais retaliações e, então ouviu, em alto bom som.


"Darei a ti aquilo que me é mais precioso, a única coisa que pode ser capaz de convencê-lo. Darei em casamento meu filho, Kim Taehyung."


Kim Taehyung era o último filho de Jong Un, sua afeição pelo ômega era deveras conhecida. Fruto de seu relacionamento com sua segunda esposa, Taehyung nasceu antes de completar nove meses em um parto de risco, sua mãe morreu pouco depois de dar a luz. Tal situação apenas aumentava a admiração pelo rei que amava o único filho do segundo casamento, mostrando o quanto amava sua falecida ômega.


Em contra partida, Min se sentia a beira de um profundo abismo. Quem em sã consciência entregaria um filho a quem tanto parece amar, para um alfa do reino que até então nutre inimizades mais profundas como ervas daninha a décadas?


'Talvez um rei desesperado por paz se sobressaía a um pai zeloso.' , essas foram as palavras de sua sogra durante o jantar.


Jung Yerin, sua sogra, era mãe de Jung Hoseok, seu primeiro esposo e consorte do trono de Alarmary. Por ter sido um casamento de contrato político e militar, não houve grande estranhamento por Hoseok também ser alfa, principalmente quando seu pai não tinha tido ômegas ou betas, isso apenas causou ainda mais apoio ao compromisso.


Por outro lado indo contra a qualquer expectativa, o casamento foi de aparência a algo real em poucos meses.


O jeito alegre e contagiante de Jung acabou conquistando Yoongi, que fora criado em uma atmosfera séria e inexpressiva, então quando em meio a uma conversa aleatória, Hoseok tomou posse dos lábios do rei, Min soube naquele momento que era correspondido na mesma intensidade.


Eles se amavam.


A partir de então o casal passou a serem mais unidos e reservados, esgueirando-se pelos corredores do castelo ou na própria sala do trono para trocarem carícias contidas.


Sua confiança estabelecida em Yerin apenas aumentou gradativamente quando em uma visita inesperada, a ômega flagrou seu filho e genro aos beijos pelos cantos. Yoongi nunca contará ou admitirá, mas aquela foi a primeira e única vez que se sentira envergonhado em frente a alguém. A mulher por sua vez, apenas deu um sorriso brincalhão e se dirigiu a outro canto longe dos amantes. Tempos depois foi convidada pelo rei para morar no castelo.


Independente da paz cogitada a insegurança permanecia cravada no peito do monarca, enquanto em Hoseok o que prevalecia era o receio, desconhecia o que uma possível chegada de um ômega ao castelo como esposo de seu marido poderia vir a causar em seu relacionamento. Então fora difícil quando jogou todos os sentimentos corrosivos para o fundo de sua alma para então olhar nos olhos do homem, e dizer em meio ao silêncio do quarto;


- Penso que deveria cogitar a ideia. - foi a primeira frase sobre o assunto desde que esteve a par do tratado à alguns dias.


- Hoseok? - Yoongi estava incerto sobre sua opinião, não ignoraria o olhar melancólico e tenebroso que seu esposo não falhava em esconder, sabia que possuía o receio da história de sua mãe repetir-se justamente consigo.


Não permitiria.


- Escuta Yoon - chamou - Já faz um bom tempo que toda esta pressão ronda todos nós, essa incerteza sobre se uma matança começará hoje a noite ou amanhã no almoço, está corroendo o reino a anos. Talvez seja hora de acabar com isso. - sim, ele sabia. Sabia que estava na hora de por um fim a toda angústia aos seus súditos causada pelo pai a trinta anos e, trazer um reinado de paz.


- Está certo desta escolha?


- Estou, ele será seu marido e tratarei ele como igual.


- Não! - interrompeu - Se teremos de aceitar esse acordo com Agamór em nome do tratado, não serei somente eu a casar.


- Como assim? O que está tentando dizer?


- Se Kim Jong Un quer tanto que isso aconteça, Kim Taehyung terá de se casar com os dois mornarcas de Alamary. Terá de se casar com nós dois!


Hoseok sorriu, sabia que Yoongi não daria o braço a torcer, não deixaria que decisão alguma fosse feita sem sua participação completa. Era isso que fazia qualquer insegurança que poderia ter, evaporar como água em um dia quente e ensolarado de verão.


Tinha esperança deste vapor não se transformar em líquido novamente e cair como uma chuva tórrida em um inverno solitário.


- Que assim seja então! - disse seguramente - Kim Taehyung será nosso marido.

9 de Agosto de 2021 às 11:49 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Matrimônio

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 5 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!