elenor ~Elenor Fleurir~

"Olá, eu sou Elliot Griffin Miller e está é a minha história..." Acho melhor vc ler, vai entender melhor tudo no começo e no fim kk depois eu faço uma sinopse melhor, Sorry TwT ¡Plágio é Crime!


Histórias da vida Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#
0
711 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 30 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

•1•

*Elliot*


Olá, eu sou Elliot Griffin Miller e eu vi contar a minha história...

Tenho 15 anos, adolescente né. Moro em Nova York, exatamente o famoso Estado dos filmes no cinema. Moro com meus pais e meu irmão mais velho, Eros Griffin Miller. Meus pais são, Johana Griffin e Shawn Miller. Eles são casados já fazem 24 anos, Eros tem 25 anos.


(Johana Griffin)


(Shawn Miller)


(Eros Griffin Miller)


(Elliot/Eu)


É nós somos assim, vc perceber que eu puxei minha mãe pela cor do cabelo e os olhos pelo meu pai.

Mas o Eros puxou ele todinho, eu gosto de zuar ele.

Minha mãe é brava, assim como a maioria, meu pai tem cara de mal, mas ele é doce como um gatinho.


Eros: EI! ACORDE SEU DORMINHOCO!-Gritou meu irmão, sim, dormirmos em beliche e ele acabou batendo o travesseiro em mim. Eu durmo em cima, ele em baixo.


Eu: Já acordei...-Digo, me sento e ele me jogar a toalha na minha cara. Que belo irmão, não é mesmo?- tão cruel...


Mãe: Ei, vão se trocar logo. Você tem que tá na tua faculdade e você na escola. Rápido!-Falou alto, desço da minha ca euma e meu irmão entra no banheiro primeiro.


Eu: estou cansado...-Digo, minha mãe continuo reclamando e meu pai rindo de nós. Espero pelo Eros, o mesmo retornar já com roupa e ficar passando perfume e creme no cabelo, eu sair do quarto e vou para o banheiro.


(Depois do banho)


Termino meu banho, já vestido sair do banheiro e volto pro meu quarto, passo o perfume, um pouquinho de creme e o desodorante, ficar cheiroso.

Saí do quarto e vou pra cozinha, me sento do lado de Eros e nos servimos. Na verdade, eu me serve, ele já comeu. Sou sempre o último a acordar tarde, isso me irrita, mas até melhor. Isso compensa minha virada de madrugada, tenho dor nas costas pq o meu colchão fez um buraco lá.


Shawn: Já terminou?- perguntou, percebi que já tinha terminado de comer. Eu me levanto e pego meu prato e meu copo, coloco na pia e vou até a Sala e pego minha bolsa no chão, verifico meu celular e ele está 100% carregado.


Johana: Tenha uma boa aula.


Eros: Não mate ninguém lá, é seu primeiro dia.-Falou, é verdade, esqueci desse detalhe. É meu primeiro dia na escola.


Eu: Pode deixar!-Digo, sair de casa, meu pai já estava no carro esperando que eu entre, abro a porta do carro e me sento no banco do passageiro. Coloco o cinto de segurança e pego meu fonos, coloco em uma música do celular e olhei pra janela antes de iniciar a música.


As pessoas dizem que eu tento demais

As pessoas dizem que eu sou muito estranho

Você sabe que não quero mal nenhum

Eu só estou tentando ser eu mesmo, mas


Às vezes, fico confuso

Porque eu não consigo ler pistas sociais

Jogou minhas inibições para fora da porta

Não tenho desculpa

Estou apenas vivendo na minha juventude

Não sei por que as pessoas não gostam mais de mim.


Shawn: Acho que você ou seu irmão é adotado.-Falou, eu diminui minha música e eu ri. Lá vem ele.


Eu: Por que o senhor acha isso?-Pergunto, ele riu e depois ele estacionar em frente a escola, sair do carro.


Shawn: Você deveria ter os mesmos olhos que sua mãe ou o seu irmão pelo menos, ela é a única em nossa família que tem olhos roxos.-Falo, eu ri e dei tchau a ele, aumento minha música de novo. Entro na escola, nervoso? Não, eu só estou querendo ver duas pessoas ou três, tanto faz. Quero ver as pessoas que eu conheço.


Eu não tenho amigos, mas tudo bem

Eu não preciso deles de qualquer maneira

Eu faço o meu melhor sozinho

E eu prefiro ficar sozinho

Prefiro ficar sozinho


Eu não tenho amigos, mas eu vou ficar bem

Eu não preciso deles para passar o tempo

E quando eu coloco minha cara de cadela em repouso, eu pareço uma pedra fria

Prefiro ficar sozinho

Prefiro ficar sozinho.


???: Ei, Elliot! Aqui.-Falou, ah? Me viro e vejo meu primo, Kevin.


Eu: Eaí caralho! Como vai porra?-Falei, é. Eu falo palavrão, ele então ergueu a mão e eu bati na dele. Entro na sala e vejo Sam.- Eai Sam!


Eu não tenho amigos


Eu não tenho amigos, mas tudo bem

Eu não preciso deles de qualquer maneira

Eu faço o meu melhor sozinho

E eu prefiro ficar sozinho

Prefiro ficar sozinho


Eu não tenho amigos


Sam: Ah, Oi Elliot! Chegou cedo dessa vez.-Falou, eu ri e assenti. Me sento na carteira de trás dele. Saimon se senta atrás de Kevin, na primeira fileira, perto da porta.

Eu tiro minha bolsa das minhas costas e coloco no meu colo, pego meu celular e ligo meus dados móveis. Só posso conversar agora, tenho alguns minutos antes do professor ou professora entrar.


Eu: talvez o Oskar esteja disponível pra falar.-Digo, vou até meu whatsapp e entro em nossa conversa. Eu converso bastante com ela em um só dia, mas raramente conversamos todos os Dias.


Você nunca saberá o que está em minha mente

Você nunca saberá os segredos que estou guardando

Vou assustá-lo com meus olhos loucos

Porque tudo que eu preciso é de mim mesmo e


Eu não tenho vergonha

Porque minha vida é apenas um jogo

E eu não me importo com quem está anotando

Todo mundo pensa que eu sou estranho

É apenas algo no meu cérebro

Não sei para quem eles estão sendo normais


Sam: Ei, acho melhor você nem olhar pra porta agora.-Falou, eu olhei pra ele com uma sombrancelha erguida e quando olho para porta, elas entram... Meus piores pesadelos retornaram.


Eu: Lucy Duncan & Gabe Duncan.-digo, elas olharam para mim. Nos reencontramos novamente. Mas dessa vez, eu vou vencer essa guerra.

Como elas são? crentes de uma maneira errada de ser.



Eu não tenho amigos, mas tudo bem

Eu não preciso deles de qualquer maneira

Eu faço o meu melhor sozinho

E eu prefiro ficar sozinho

Prefiro ficar sozinho


Eu não tenho amigos e isso é um sinal

Eu não preciso deles para passar o tempo

E quando eu coloco minha cara de cadela em repouso, eu pareço uma pedra fria

Prefiro ficar sozinho

Prefiro ficar sozinho


Kevin: O clima ficou pesado.-Falou, eu me viro para meu celular e começo a conversar com Oskar. Me tire daqui, é apenas o primeiro dia e já sei quem vou enfrentar esse ano inteiro.


*Celular On*


Oskar 🌸

Olá My Love KKKKKK


Eu

Olá My flower Kkkk


Oskar🌸

Você não deveria está na escola?


Eu

Eu tô na escola, mas falta alguns minutos pra começar TwT


Oskar 🌸

Ok então, como vai?


Eu

Estou bem :) e você?


Oskar 🌸

Está mentindo

Estou bem


Eu

Pq eu estou mentindo?

Q bom :3


Oskar 🌸

Te conheço :) o que aconteceu?


Eu

Elas estão aqui na minha escola, na mesma sala e alguns metros de distância.


Oskar 🌸

Entendi, não ligue muito! Ignore elas totalmente, não deixe elas fazerem aquilo com você novamente.


Eu

Sim, você está certo!

Epa, professor entrou na sala.

Bjs, boa aula e depois me conta se tiver novidades.


Oskar 🌸

Ok!

bjs My Love, se cuida.


*Celular Off*


Pausei a música e coloco meu celular e o fone na mochila de novo e vejo o mesmo professor do ano passado.

Professor F, conhecido pelos mais velhos como Ferguson. Ele deveria ter saído da escola a muito tempo, mas infelizmente meu irmão não conseguiu com os amigos dele. Mas eu consigo, meus amigos não fariam, mas eu sim e eu vou!


Professor F: Olá, eu me chamo Ferguson e sou seu professor de português. Primeiro dia, só vamos conversar.-Falou, ele se virou pro quadro e coloca algumas coisas "essencial" para a apresentação. Iremos nos levantar e falamos, nosso nome, idade, o que queremos trabalhar e claro, como nós vemos daqui a 10 anos.- vamos começar daqui.


Eu: vai Kevin, você primeiro.-Digo, eu sou da segunda fileira.


Colega: professor, é pra falar o nome todo ou só o primeiro?-Perguntou, o professor parou o Kevin.


Professor F: Nome e Sobrenome, não estou perguntando a vida de vocês. Mas preciso por que sou professor, chatice.-Falou, me pergunto se ele realmente gosta dessa profissão. Meu irmão atormentou ele todo o ano que esteve nesta escola.- Pode continuar


Kevin: meu nome é Kevin Collins, tenho 15 anos, Eu gostaria de trabalhar com mesa digitalizadora, quadros..etc.

E daqui a dez anos eu gostaria de estar morando sozinha e bem financeiramente.... Talvez com um filho ou filha.-Falou, é verdade. Ele desenha bastante.


Professor F: Ok, bom. Gostei, próximo.-Falou, huhm sei. Sua voz não esconder nada de tédio. Lian se levantar da sua carteira.


Lian: sou Lian Smith, tenho 16 anos, quero ser médico pra ajudar mais o pessoal da Saúde e Daqui a dez anos, acho que ser um médico reconhecido ou ator.-Falou, verdade... Médicos, precisamos de mais médicos, O único problema é que vc não entende nada disso e não sabe o básico. Diferente de você, eu sei e posso me tornar um médico quando eu quiser, mas sabe, vidas estão em jogo em minha mãos e quando digo isso... Estou falando em acabar com a Humanidade.


Professor F: Boa escolha, por favor. Próximo.-Falou, eu vejo então o Saimon ele é bom em desenhos como o Kevin, acho que esse é um dos "talentos" que eu nunca vou ter. Por que? Eu não tenho coragem pra tentar algo e se ficar pior que uma criança de 5 anos, eu choro.


Saimon: Eu sou Saimon, tenho 16 anos e quero trabalhar como design gráfico.

Me vejo daqui dez anos morando embaixo da ponte.-Falou, isso fez a turma toda rir. Eu duvido muito que vc vá morar embaixo da ponte.


Professor F: Ok, se vc pensa assim né. Muito bem, próximo.-Falou, essa coisa de novo. Eu ignoro o resto e espero chegar a vez do Rick, pq assim vai ser o Sam e Depois Eu. Talvez eu seja amaldiçoado, pq do nada chegou na vez dele..


Rick: Prazer, sou Rick e tenho 15 anos, quero trabalhar: psicologia ou direito,

Daqui a 10 anos: formada/fazendo faculdade e morando em Portugal provavelmente.-Falou, ah é verdade. Muitos querem ir pro Brasil outros querem ir pro Japão, corea etc. Eu tô de boa aqui, acho que só quero ir para Inglaterra com meu irmão, ele ama aquele lugar por causa do Peter Pan e eu também.


Professor F: Interessante, até que gostei tirando o resto do pessoal. Próximo.-Falou, Sam se levantar e mexer seus óculos. Enquanto fico preso em meu pensamento, vejo o professor apontando pra mim, espera sou eu?!


Eu: Eu sou... Eu sou Elliot Griffin e tenho 15 anos, eu quero trabalhar como veterinário e... Daqui a dez anos, eu me vejo do lado do Saimon.-Falei, eu realmente falei isso. Eles riram e me ignoraram, eles não ligam, sou apenas a piada novamente. Me sento novamente e bate minha cabeça na mesa e continuo dessa forma até o sino tocar.


Sam: Você está bem?-Perguntou, eu olhei ele incrédulo.- tudo bem, vc não está bem. Vamos, temos que sair da sala.


Eu: meu cu que eu vou sair daqui, é vc tbm vai ficar aqui.-Falei, ele riu e por incrível que pareça ele fico comigo.

Como foi meu dia? Simples, só apresentação e como seria as notas feitas por prova, caderno, trabalho etc.


(Depois da Escola)


Acabou a escola, e sair de perto de todos, eu espero mas alguns segundos até meu pai apareceu, ele tava sem o carro.


Eu: pai? Cadê o carro?-Perguntou, ele deu de ombros e eu rir dele.- ok, então. Tchau Kevin, tchau Sam e Saimon.


Shawn: decidir fica a pé mesmo. Eai, como foi a aula?-Perguntou, eu disse que foi chato e sem nenhum interesse. Contei a ele sobre Saimon e como ele se ver daqui a dez anos.


(Em casa/De noite)


Chegamos em casa já faz 4horas, Desculpa não ter voltado aqui para falar. Mas não houve nada de mais, só vim, larguei a mochila, coloco meu celular pra carregar no quarto, tomei banho, troquei de roupa, enchi meu bucho e voltei pro meu quarto.

Pouca coisa, acho.. mamãe aviso que íamos só ficar em casa, não íamos para a casa do vovô. Graças ao céus, pq isso? Me sinto desconfortável lá, na verdade, toda minha família se sente desconfortável lá.


Eros: ei! Pega dydyo lá pra nós.-Falou, ah é, eu estou na minha cama e meu irmão na dele. Como eu disse, dormimos em um beliche, mas eu gostava quando dormimos em uma cama de casal e abraçados, eu não sentia medo de perder ele.- tu vai pegar ou não?


Eu: Já vou, calma.-Digo, eu rir dele e desce da cama, sair do quarto e vou até a cozinha.

Pego dois copos do mesmo tamanho, o dydyo na geladeira, pego biscoito pra nós e coloco na mesma quantidade de dydyo pra mim e pra ele.

Volto pro quarto com os dois copos e entrego a ele para segurar, volto para a cozinha e pego o biscoito e volto correndo pro quarto, ele se senta na cama dele e eu do lado dele.

Ficamos só conversando ou rindo da cara do Will Smith.


Eros: Terminei, eu levo. Me dá.-Falou, eu termino de beber meu dydyo e entrego a ele. Ele saí do quarto e eu continuo vendo o Will Smith.


(De Madrugada)


Sim, madrugada. Não pense que vai se sempre assim, na verdade, vai sim. Essa é a merda que chamo de insônia, são 3 horas da manhã e eu não consigo dormir, na maior parte eu durmo às 7horas da manhã ou 9horas, mas isso me fode pra caralho.

O único problema é que... Eu estou chorando, sim chorando, pq? Eu tive gatos, 40+ mais gatos, mas eu perdi todos. E eu estou chorando por isso, pq lembrei de todos e todos estão mortos.

Faz cerca de 1 hora que estou chorando... Isso é normal? Talvez, eu não sei. Me sento e seco minhas lágrimas, pego meu celular e deixo no carregador, coloco o fone embaixo do meu travesseiro e me embrulho com o cobertor e tento dormir.


Eros: da próxima vez, chora em silêncio.



20 de Julho de 2021 às 14:37 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo •2•

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 3 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas