B
Beatriz Manzini


Para contar minha história tenho que voltar para o dia em que tudo em minha vida resolveu mudar. Me refiro ao dia em que fui amparado por um anjo,anjo este lindo,perfumado,sensual,um anjo até então sem nome, e nenhuma informação na qual pudesse localizá-lo. Um anjo em forma da mulher mais linda que já vi em toda minha vida..anjo este que depois de muito tempo, descobriria se chamar Price, Samantha Price..


Romance Romance adulto jovem Todo o público.

#]
0
898 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Onde tudo começou...

Sexta feira,21 de outubro de 1997.. 20:14


Era noite de sexta feira. O dia da semana em que a cidade não dorme. Tudo o que as pessoas mais querem, é irem para suas casas se aprontarem para sair de novo.

Lá estava eu na minha sala no 15 andar guardando alguns documentos quando de repente Felipe escancarou a porta, já entrando portando uma folha em suas mãos.

Porra, para que existem as portas? não são para serem batidas antes de entrar?

Eu odeio quando invadem minha sala sem a minha permissão.

Estava tenso, estressado, há algumas horas atrás havia tido uma reunião bem difícil com o chefe de base de um de nossos postos e não foi nada fácil.

Cliente insatisfeito é rompimento de contrato, e isto eh tudo o que não queremos.

Quando pensei que sim, finalmente poderia ir para casa e me livrar destas roupas agonizantes de trabalho, lá estava meu irmão parado diante mim me encarando com uma cara de bunda.


- Porra, Felipe você sabe para que se existem as portas?


- Desculpe Lucius mas acabo de descobrir que estamos com um problema e dos graves aqui.


Até então, eu ainda não tinha visto sua cara mas assim que nos olhamos realmente percebi pela cara de Felipe que parecia ser mesmo algo grave.


- Lipe, que cara é essa? o que tá havendo?


Felipe nada disse e entregou lhe a folha que segurava em mãos. Assim que eu a analizei percebi que se tratava de um relatório de cálculos, coisa que eu era péssimo...


- Quer né explicar de uma vez o que está havendo Felipe?


- Lucius, com base de calculos dos relatórios financeiros da semana passada e deste de agora, é possível afirmar que houve um desfalque de quase 700 mil das nossas contas empresariais.


Ao ouvir aquilo não me contive..


- Como é que é? quer dizer que tem algum desgraçado nos roubando aqui na empresa?


- Lucius se você comparar os relatórios irá perceber o desfalque...



Nervoso, fui até o frigobar e preparei uma dose dupla de vodka , cujo a qual virei de uma só vez em um único gole.


- Mas que porra é essa agora Felipe? Não consigo acreditar nisso..papai já sabe?


- claro que não neh..eu descobri a pouco quando saiu o último relatório de hoje e vim direto aqui mostrar a você.


Minha cabeça latejava de tanta tensão. Por anos a fio que vi meu pai construir está empresa e batalhar muito para ela chegar aonde de fato chegou, para agora aparecer algum canalha desgraçado e nos roubar?

Não, nem que eu desça até o inferno,eu vou pegar quem fez isso conosco custe o que custar e o farei pagar bem caro por isso...


- Felipe você fez muito bem em não contar nada a ninguém..


- Lucius o que iremos fazer?


- Eu ainda não sei mas pensarei em algo. Olha vou te pedir um favor não fale disso com ninguém principalmente com o papai, você sabe dos problemas de saúde dele e não quero preocupa-lo.


- não posso omitir está informação Lucius..papai é o dono desta empresa.


Neste momento, a porta se abriu e papai acabava de entrar na sala..


- Saber de que Felipe?


- nossa pai ainda por aqui? pensei que já tivesse ido embora....disse Lucius.


- Posso saber do que tanto estava falando Lucius?


- nada demais..


- desculpe Lucius mas não posso esconder isso dele..


- Felipe...


Felipe como todo o boca aberta que era acabou contando a ele sobre o desfalque descoberto a minutos atrás.

Confesso que minha vontade agora era de esgana-lo aqui e agora..


- pai, descobri agora a pouco que houve um grande desfalque aqui nas contas da empresa.


- mas do que vocês estão falando? desfalque? que desfalque?


-veja,compare o relatório da semana passada com o de hoje..o senhor consegue perceber que há um rombo de quase 700 mil de nossas contas empresariais?


- puta que pariu...700 mil eh muito dinheiro...como isso é possível? Lucius o que você acha disso?


- eu não sei..fiquei sabendo minutos atrás tambem pai..precisamos investigar para saber de fato o que houve.


- isto eh muito grave precisamos tomar providências imediatas. Felipe quero todos os extratos bancários de nossos clientes aqui desta base de nos últimos cinco meses.


- pai o que o senhor tem em mente?


- Lucius se tem alguém realmente nos roubando só pode ser daqui de dentro.

quem é o responsável pela assinatura de novos contratos?


- tenho três secretárias papai..Jennifer, Susan e Kate. disse Felipe.


- marque uma reunião com todo o departamento financeiro amanhã bem cedo.

quero você e Lucius presentes também.


sem mais nada a dizer, Don Fernando, o pai deles saiu da sala.


- Lucius como te conheço muito bem quero que tome cuidado com o que irá dizer ao meu pessoal .até agora o que temos são suposições e não podemos acusar ninguem. disse Felipe..


Don Fernando havia saído e acabou retornando a sala .


- ah só mais uma coisa assuntos da empresa são discutidos apenas na empresa.

em hipótese alguma quero que sua mãe tenha conhecimento deste fato . vocês me entenderam?


- tudo bem papai...

- perfeito pai..


- muito bem...estou indo embora..Felipe você vem comigo?


- sim pai..


- e quanto a você Lucius?


- podem ir vou dar uma volta para espairecer um pouco.

- está bem mas vê se tenha cuidado e não demore muito filho. preciso de vc bem cedo amanhã aqui ..

- pode deixar pai..

Assim que seu pai e seu irmão deixaram a empresa, Lucius ainda finalizou mais alguns relatórios para aí sim poder ir embora. Cansado, ele ainda tomou mais um drink antes de deixar a empresa.

Caminhando em direção ao elevador ele tirou do bolso da calça seu celular e ligou para aquela que sempre o ajudava a relaxar quando precisava.

Lucius e Amanda se conheceram cerca de um ano atrás. No início o lance deles era sempre uma atração carnal ao menos para ele ...

Porém com o tempo uma afinidade maior foi se criando e eles se tornaram amigos...

Amanda estava reclusa em seu apartamento. Havia acabado de sair do banheiro quando ouviu seu celular tocar..

Já fazia mais de uma semana que eles não se falavam,o que para ela parecia uma eternidade.

- alô?

- sou eu docinho....

-ora ora se não é o famoso Lucius sumidao...o que você quer?

-Ta a fim de um rolê gatinha ?

- Agora ? Lucius são quase onze da noite e eu já estava indo para a cama..

- humm, cama..uma ótima ideia...tudo o que preciso no momento..

- então vá descansar Lucius..

- oh minha linda..mas eu queria ver você...


Amanda revirou os olhos mas não conseguia dizer não a Lucius por dois motivos óbvios..ele era lindo e ela estava apaixonada por ele.

- Está bem ...aonde te encontro?

-Lá no Viper's daqui uns 40 minutos.

- ai ai ai viu..o que eu não faço por você hein..


Pronto..sua noite já estava ganha..pensou ele..

Lucius desceu no térreo e se despediu de um controlador de acesso que ainda estava trabalhando.

- boa noite Sr Fernando..

- boa noite Kevin..até amanhã...

Assim que passou pela porta giratória,e colocou os pés na rua ele sentiu um arrepio muito forte percorrer-lhe por todo seu corpo.Tal sensação nunca havia sentido antes.

Lucius mantinha um convênio com um estacionamento próximo a empresa onde guardava seu carro pois no pátio do prédio não havia mais vagas disponíveis no momento.

Esse estacionamento ficava a uns três quarteirões da empresa.Ele já havia se acostumado com a mini caminhada diária até o estacionamento, e desta vez não foi diferente..








14 de Junho de 2021 às 16:55 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo Samantha Price - introdução

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 37 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!