patykastanno Patricia Kastanno

[Vminkook • Flex • Fluffy • Threesome • Híbridos • Shortfic] Kim Taehyung, Jeon Jungkook e Park Jimin são os híbridos de cão, gato e coelho respectivamente, que acabam se tornando amigos e são criados por quatro amigos humanos. Porém, em meio à forte amizade, eis que surgem sentimentos... diferentes do esperado. O que fazer?


Fanfiction Bandas/Cantores Para maiores de 18 apenas.

#jungkook-bottom #taehyung-top #jimin-bottom #jungkook-top #fluffy #bts #jeon-jungkook #jjk #jungkook #jimin #park-jimin #pjm #kim-taehyung #taehyung #v #kth #yaoi #vmin #kookmin #vkook #jikook #vminkook #híbridos #coelho #gato #cachorro
1
1.5mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Entre Cumprimentos e Estranhezas



Notas Iniciais:


Olá caros leitores :)
Bem vindos à essa fic, que surpresa, é a minha primeira com classificação abaixo de dezoito. Quis experimentar e aqui estou com uma historinha fluffy de threesome e hibridismo (tema que também nunca escrevi e com isso, não manjo muito desse universo, então... relevem eventuais erros em qualquer coisa na concordância de informações, tentei dar meu melhor e deixar fofa, principal objetivo.
Bom, abaixo seguem algumas observações importantes:
* Tradução do título: O Cachorro, o Gato e o Coelho (sim, simples assim);
* Trilha sonora: BTS - Your Eyes Tell;
* Temática de híbridos, ou seja, são pessoas com estrutura de humanos e traços animais como rabo, orelhas e focinho, além de características na personalidade semelhantes ao bicho em questão;
* Universo alternativo de sociedade futurística, onde humanos puros convivem com humanos híbridos e não se misturam, tanto com puros, quanto outras espécies, o que será exemplificado no decorrer da fic. Além disso, também vão notar uma "hierarquia" entre os três protagonistas e seus donos;
* Enfoque no trio amoroso de ship Vminkook, portanto se não gosta, NÃO LEIA;
* Insinuação de conteúdo sensível em determinados pontos;
* Narrada na terceira pessoa;
* Short, contando com 9 capítulos, sendo que atualizarei em 3 postagens semanais (nas sextas especificamente), com 3 capítulos cada;
* Comentários serão respondidos;
* Plágio é crime. Não copie o conteúdo daqui, que é de minha total autoria intelectual, grata;
* Também postada em Wattpad e Spirit;

Muito bem, agora que já está tudo esclarecido, seguimos ao capítulo piloto.
Espero que gostem, boa leitura!
P.S.: Vou postar mais dois, hoje ainda;


***

Capítulo 1 - Entre Cumprimentos e Estranhezas


Na grande cidade e capital Seul, em uma atualidade de coexistência entre humanos e híbridos, quatro amigos, em uma de suas conversas aleatórias, acabaram tendo a súbita idéia de reunir seus companheiros, no intuito de fazê-los terem uma convivência semelhante.

O casal Kim, composto por Kim Namjoon e Kim Seokjin, eram os tutores do híbrido de cachorro Kim Taehyung e com isso, constituíam uma família simpática de saudáveis brigas da dupla humana e um meio cãozinho de telespectador. Este que no final do dia, ganhava os carinhos de Jin e os petiscos escondidos de Namjoon.

Já seguindo para o segundo tutor, este se tratava de Min Yoongi, possuinte do híbrido de coelho Jeon Jungkook, ao qual fingia ter certa indiferença com sua fofura, mas não vivia sem o pequeno e o mimava muito com cenouras e verduras, logo depois de dormir no sofá torto, após uma madrugada inteira compondo.

E por fim e não menos relevante, vinha o terceiro tutor, Jung Hoseok, que criava o híbrido de gato, Park Jimin. Estes que por sua vez, tinham um convívio difícil de se imaginar, já que dispunham de um dançarino cheio de energia e um felino, naturalmente mais recluso às atividades, mas que mesmo assim, era muito amado pelo humano, lhe espremendo as bochechas fartas, sempre que possível.

E assim, com esses três lares e membros em comum acordo, chegou enfim o grande dia: dia em que Taehyung, Jimin e Jungkook se conheceriam. E o que esperar daquele encontro? Era exatamente essa dúvida que pairava aos tutores ali preocupados, vislumbrando de camarote, a primeira conversa do trio. Esta que veio, com muitas surpresas...

- Oi, meu nome é Jimin e o seu? - o gatinho foi o primeiro à proferir de maneira simpática, dando tímidos passos na direção do cãozinho ali disposto.

- Oi. Sou Taehyung. - verbalizou o mais velho, num sorriso quadradinho e nisso...

- Você... é cachorrinho? Omo, n-não chegue perto! - em gesto de defensiva por notar a natureza alheia, o Park eriçou a pelagem, ameaçador. Porém...

- Ei, você não me assusta. - rebateu o Kim em rosnado ofendido.

E afastado dos três, os humanos começaram à se preocupar...

- Estão brigando, droga. - lamentou Jin receoso.

- Sim, e assustando o Kookie. - logo emendou Hobi indicando o terceiro híbrido, afastado e que... foi notado enfim.

- Quem é aquele? - o Park indicou ao canino que se virou, vendo também a figura encolhida e tímida do meio coelho, cheirando o ar desconfiado.

- Seu bobão, por que está aí escondido? - quis saber o moreno Kim com sarcasmo.

- Talvez porque você o assustou com esse rosnado idiota. - retrucou Jimin num menear de cabeça.

- Eu sou o mais forte de vocês três, não ligo. - ditou o cachorro, empinando a fronte.

- E o mais porco, guarde essa língua, eca! - bradou Jimin numa careta.

- Preciso de fôlego. - redarguiu o moreno ultrajado.

- Hum. E não pode fazer isso de boca fechada? Está babando, blé! - recriminou o pequeno gato com descaso. - Ei coelhinho, sabe falar? - voltou-se para o menor ali, que acenou em confirmação acuada.

- Qual seu nome? - emendou Taehyung.

- J-jungkook. - entonou trêmulo.

- Que medroso, nem consegue falar firme. - debochou o cão aos risos.

- Ele é tímido. - pontuou Jimin em defesa.

- Um boboca, isso sim. - prosseguiu o Kim debochado e quando cachorro e gato estavam prestes à se engalfinhar numa nova briga, uma presença humana adulta chegou.

- Não ofenda ele, Taehyung. - advertiu Namjoon sério.

- Mas appa... - o mais novo quis discutir sob um bico e logo desistiu, emburrado.

Nisso, Jungkook foi incentivado por Suga, que também chegou no quintal em que estavam os híbridos filhotes.

- Vai lá, anda. - incentivou o pálido ao roedor, que mesmo à contragosto, tomou curtos passinhos até estar ao lado da dupla de opostos, que ainda se encaravam de soslaio com birra.

No entanto, vendo aqueles dois, uma observação pôde ser feita pelo astuto garoto Jeon: o canídeo era mais agressivo e hiperativo; já o felídeo, era mais manso e compreensivo. E conquanto...

- Eu me chamo Jimin. Quantos anos você tem, Jungkookie? - perguntou o último citado num sorriso amistoso, que transmitiu certo conforto ao caçula.

- O-oito. - respondeu o moreninho, brincando com o próprio rabo felpudo.

- Então tem que nos chamar de hyung. - bradou o mais velho com sua voz grave, ainda que sendo um menino.

- O que? - e em meio à situação, Jungkook o olhou com ar perdido.

- Porque somos mais velhos. - complementou o Park ameno.

- Mais velhos? Você tem quantos anos? - o Kim direcionou ao felino, duvidoso.

- Tenho nove. - verbalizou orgulhoso.

- Yah, que seja. - emburrou-se outra vez o cão.

- Você é nosso dongsaeng. - anunciou Jimin com entusiasmo e o coelho vincou o cenho.

- Mas... você é baixinho. - apontou o dedinho em observação e logo Taehyung pôs-se à gargalhar.

- Como é?! - o gato alterou-se eriçando o pêlo com irritação, ainda sob o riso do outro e um confuso Jungkook. Nisso...

- Concordo orelhudo, ele é pequeno e quer ser grande. - disparou Taehyung com zombaria, porém...

- Não sou orelhudo! - chiou o maknae em protesto e ofensa.

- É sim, e dentuço também. - satirizou o Kim.

- Você é estranho. - não hesitou em dizer o Jeon e agora era Jimin quem ria abertamente.

- Alien! - logo emplacou ao cachorrinho, que rosnou enfurecido e quis avançar em ambos. - Vocês vão ver só. - ameaçou correndo atrás do par de meninos, que também puseram-se à correr.

Park, subiu de imediato em uma árvore, com seu instinto de felídeo e as garras afiadas que lhe davam tal liberdade. Já Jeon, aproveitou-se da velocidade natural e dispersou o moreno com incrível facilidade. - Ei, aish! - reclamou o perseguidor daquela equação, balançando as orelhas e ladrando frustrado.

E não muito distante dali, sentados no sofá, os humanos avistavam toda aquela bagunça sendo praticada no vasto jardim, com vista panorâmica da sacada em que estavam. E nisso...

- Será um longo dia para eles. - comentou Jin num suspiro.

- Para nós também, pelo que parece. - salientou Namjoon.

- Não devíamos separá-los denovo? Podem se machucar, se brigarem. - especulou Hobi com ar inquieto.

- Deixa eles. São crianças, não vão se matar. - Suga destacou displiscente.

- Esqueceu de colocar que são híbridos, com um lado animal e suas defesas. - discutiu o Kim mais velho.

- Suga está certo, ficarão bem amor. - contornou o cônjugue num sorriso brando.

- Espero que sim. - foi a vez de Jung se pronunciar. - Que fazemos agora? - inquiriu por fim.

- Vamos jogar Uno, quem perder, lava a louça. - propôs Suga e em aceno, os amigos concordaram.

[...]

- Bobão, não vai pegar. - debochou Jimin em sorriso sacana de cima da árvore.

- Uh, só porque tem garras, seu gato feio! - rebateu Taehyung frustrado.

- Tenho mesmo. - vangloriava-se o felino balançando o rabo felpudo, quando eis que nesse ato, perdeu o equilíbrio e caiu desastrado. - A-ai! - gritou dolorido e logo o Kim começou à rir.

- Quem é o bobão agora, hein?! - satirizou faceiro.

- Você ainda é o bobão, nem conseguiu pegar o coelho. - relembrou batendo o macacão que vestia.

- Ele é muito rápido. - sibilou num bico.

- Onde ele está? - quis saber o gato.

- Não sei, vou farejar. - ditou pondo-se à fazer como proposto e nisso... o cheiro suave do roedor foi denunciado em um arbusto. - Que faz aí? - perguntou ao amontoado de orelhas compridas.

- Aigoo, ele se sujou todo! - foi a vez de Park dizer, apontando as folhas e a poeira espalhadas no cabelo escuro. - Mas não tem problema. Vou te limpar, tudo bem? - sorriu ameno. Porém...

- Limpar? - testou o Kim confuso.

- Sim, olha. - o gatinho então fez a demonstração para ambos, lambendo as orelhas do mais novo, que se arrepiou todo.

- I-isso é... esquisito. Pensei que limparia com algodão. - comentou Jeon se afastando incomodado.

- Como é?! Oras, mas saiba que era assim que minha mamãe me limpava, desde que nasci. - soltou com orgulho.

- Que besteira. - debochou o cão. - Melhor tomar banho na água. - acrescentou animado.

- Água? - repetiu Jungkook.

- Sim, tem uma piscina, vamos lá? - ofereceu o cachorrinho e o caçula prontamente seguiu curioso, mas... - Você não vem, lambido? - provocou vendo o felídeo parado no mesmo lugar.

- N-não, vou ficar. - entonou Jimin temeroso.

- Por que? - estranhou Jungkook.

- Não gosto de... água. - admitiu o gatinho acuado.

- Então fica. - o outro mais novo deu de ombros e mesmo receoso por estar à sós com o Kim, o menor foi.


***


Notas Finais:


E aí, gostaram desse comecinho? Bom, então podem comentar, ficarei muito feliz :D
Eles ainda são filhotes, como puderam perceber e os próximos vão esmiuçar mais dessa inocência deliciosa ♥
Bora!

27 de Maio de 2021 às 03:56 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Curiosidade Aguçada de Filhotes

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 8 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!