dasdab_x erika klipstein

A vida de Namjoon, Jungkook e Jimin sempre foi calma e divertida. Viviam bem, eram grandes amigos. Em uma noite normal de sábado com jogos de videogame e bebidas alcoólicas baratas, os três amigos resolvem jogar um jogo novo. O que ele não tinham nem ideia é que esse jogo mudaria totalmente a vida e o modo de pensar deles.


Suspense/Mistério Lúcido Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#terror #abuso #Bts #inkspiredstory #ficcao #mitomania
2
5.3mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Sextas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

Prólogo


A mentira...

Mentir faz parte do nosso ser, todo ser humano alguma vez na vida já mentiu. Mentimos para nos livrar de qualquer momento, causa ou circunstância e muitas vezes nem temos noção dela.

O que muitos não sabem é que ela pode se tornar uma compulsão, a vida dessa pessoa é uma “mentira”. Qualquer coisa que ela for contar, desde coisas simples como o que comeu no café da manhã, até coisas importantes como a notícia de alguém. Essa pessoa não quer a desordem propositalmente, mas ela mentiu tanto que virou algo automático, obsessão, doença.

Amores foram perdidos. Histórias ficaram no tempo, vidas que ficaram e jamais serão lembradas. Amizades se foram como uma ventania devastadora. Mortes foram causadas, mortes injustas, almas que foram desperdiçadas e amaldiçoadas, todas viverão a eternidade com o peso de uma mentira.

Deixe-me contar uma lenda, ela é um pouco antiga, mas vale a pena escutá-la.

Essa lenda fala sobre um antigo rapper, todos o chamavam de “Agust D”. Dizem que suas letras de músicas eram perfeitas, parecia que ele colocava todo o seu sangue, suor e lágrimas em cada composição. Todos “juravam de pés juntos” que ele era o ser humano mais bondoso que já existiu na face da terra, isso até ele ser acusado do assassinato de 56 homens, entre vinte e trinta anos. Matava-os por asfixia e desfigurava totalmente o rosto das suas vítimas, as deixando totalmente irreconhecíveis.

Quando o caso foi a público todos ficaram chocados, ninguém imaginava que aquele garoto com um sorriso tão doce e gentil poderia ter cometido tal ato, tão desumano e violento.

Ele foi mantido em custódia e à medida que os dias passavam, as investigações apontavam cada vez mais que realmente o rapper havia cometido os crimes, o que ninguém esperava era qual seria a pena dele.

Pela morte de 56 vítimas ele foi sentenciado a execução pela cadeira elétrica.

Normalmente, nos casos em que o acusado é designado ao seu suspiro final, ele fica meses e até anos preso no corredor da morte, mas a sentença de Agust d, diferente do normal, já no dia seguinte foi mandado para o seu fim.

Ele sentou-se na cadeira com seu doce sorriso estampado no rosto, quem olhava sem saber as circunstâncias não dizia que ele estava prestes a morrer.

Quando foi pedido suas palavras finais ele ficou em silêncio por alguns segundos e falou calmamente a palavra: “mitomania”

Ele faleceu sorrindo, mas seu doce sorriso tinha se tornado em um sorriso macabro.

Uma morte rápida, apenas um “click” e ele se foi deixando suas divinas músicas, mesmo que todos que ouvissem soubessem da tragédia e a falta de coração por trás de cada composição de um assassino.

2 de Agosto de 2021 às 02:08 4 Denunciar Insira Seguir história
3
Leia o próximo capítulo 1

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 6 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!