fallinflower fallin flower

Onde Lee Donghyuck aceita uma oferta irrecusável de ajudar o garoto mais popular da escola a passar em matemática, mas não esperava se apaixonar por ele. | Na Jaemin + Lee Donghyuck | postado no spirit @hyuckinvegas |


Ficção adolescente Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#hyuckmin #haechan #nct2020 #donghyuck #hyuck #jaemin #nctdream #nct #nahyuck
0
639 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Segundas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

.the beginning

P.O.V Na Jaemin

Era uma quarta feira e eu estava na última aula antes do intervalo. Uma aula que eu particularmente odeio, a aula de matemática. Eu estava contando o tempo para aquela aula chata acabar.

Nunca fui um aluno muito exemplar. Eu tinha meus pontos altos: ciências humanas e línguas, meus pontos fracos: matemática e química e meu ponto mais ou menos: biologia e física. Na realidade eu sou muito bom em história, aí sim eu posso ser considerado um aluno exemplar. Mas em matemática… Não entendo nada! Para que nós vamos precisar disso na vida? É por isso que o professor me odeia, eu não presto atenção, faço baderna e pego cola de todas as provas.

Ainda faltavam exatamente dezoito minutos para o intervalo, mas ninguém estava ligando para a aula mais, todos já estavam conversando e fora do lugar, inclusive eu também estava assim.

E para piorar a baderna, o professor tinha saído, pois ele tinha sido chamado para resolver algo na coordenação, então a sala estava sem nenhum adulto responsável e num caos total. Gostaria de ver como os nerds do primeiro ano A estariam ao ver a baderna que é a minha sala.

Eu tinha mudado de lugar para conversar com o Jeno, na realidade a gente estava sentando no chão do fundo da sala mesmo. Foi quando o professor entrou na sala e todo mundo foi correndo para voltar para os lugares de origem.

Não que eu não tenha corrido também, mas nessa aula eu sento na frente e bem na fileira do meio… Eu já disse que esse professor me odeia? E como eu estava no fundo da sala e eu tinha que atravessar a sala inteira para chegar no meu lugar, eu não consegui voltar para a minha mesa a tempo.

– Na Jaemin, o que está fazendo fora do lugar? – o senhor Choi pergunta

– Em minha defesa não era só eu que estava fora do lugar! – eu falo enquanto volto para a minha mesa, dessa vez mais calmamente

– Mas você é o único que não voltou para o lugar quando eu cheguei. Algo a dizer em relação a isso? – o professor pergunta de novo

– Na realidade, eu tenho sim. A maior parte dos professores deixam os alunos sentarem onde quiserem, e os que não deixam, eles me colocam sentando no fundo, porque eu causo muito menos onde eu quero estar. Você é o único professor chato o suficiente para não deixar a gente escolher onde sentar e me colocar na frente.

Sim, eu disse isso sem pensar. Com certeza depois disso eu vou ficar de detenção por, no mínimo, duas semanas. O senhor Choi ficou alguns segundos se remoendo de raiva e finalmente disse:

– Eu iria te deixar de detenção por ter me desafiado, mas acho que a humilhação vai ser um castigo suficiente para você. – o olho sem entender – Na Jaemin, acabei de voltar da sala dos professores e passei na diretoria para pedir para a secretária avisar para os seus pais que você está de recuperação na minha matéria e que você precisa de, pelo menos, um nove para passar de ano. Acho melhor você começar a estudar e prestar atenção na aula agora… Senão já era! Na Jaemin, o garoto mais popular da escola, repetiu o segundo ano. Vai ser essa a manchete que vão fazer sobre você no jornal da escola… Até recomendaria fazer aulas particulares com alguém da outra turma, só um conselho.

Nesse momento a sala inteira estava prestando atenção no professor. Tinha mais gente interessada na nossa conversa do que tem quando nós estamos tendo aula de matemática. E mais de noventa por cento da turma estava se segurando para não rir da minha desgraça. Tenho certeza absoluta que em menos de uma semana vai ter uma notícia sobre mim no jornal e, infelizmente, dessa vez não vai ser boa…

– Depois da aula eu vou querer falar com você novamente, Na Jaemin. – assinto e começo a copiar a matéria que estava no quadro

Agora eu fiquei com medo, não quero repetir de ano… Cinco minutos depois o sinal toca e todos os alunos saem da sala.

– Aqui está a lista dos alunos da outra sala indicados para te dar aula. – ele me entrega um papelzinho com a lista e sai da sala também

O Jeno estava me esperando na porta e quando eu saio ele diz:

– É, cara, você ‘tá fodido…

– Eu sei.

– O que o professor queria com você? – o Lee pergunta

– Ele me deu esse papel com alunos da outra sala que são bons o suficiente em matemática para me darem aula. – respondo e olho a lista – Lee Donghyuck!

– Ele provavelmente ‘tá na biblioteca, por que?

– Não! Ele é uma das pessoas que estão na lista, mais especificamente, ele é o primeiro da lista.

– Ah… Meu irmão é realmente muito bom em matemática. Ele ‘tá indo ‘pra faculdade ano que vem.

– Sério? – o mais velho faz que sim – Já resolvi com quem vai ser meu professor.

– O que essas pessoas vão ganhar te ensinando?

– Acho que ponto extra ou, sei lá, dinheiro mesmo… Vou jogar basquete, depois eu vou procurar o Hyuck.

– Duvido que ele queira te ajudar. - o Jeno fala

– Foda-se, não custa tentar. Se não der certo eu peço para o Mark hyung pedir ‘pra o Renjun me dar aula…

5 de Outubro de 2021 às 20:29 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo .that damn smile

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 10 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!