kihara-chan Ana Kihara

Sasuke após anos voltou a Konoha comsó um objetivo, reivindicar Sakura Haruno One- shot


Conto Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#stranger #umcapitulo #oneshot #sasuke #sakura #naruto #sasusaku
Conto
0
409 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Önë-shöt

Dois anos após a grande guerra ninja

Pov: Sasuke

Estava voltando para Konoha com só um objetivo, queria me redimir com uma pessoa, percebi que estava errado e que do jeito que eu pensava eu iria machucar pessoas, principalmente Sakura, Naruto já estava de rolo com a Hyuuga, ele estava bem animado, estava feliz, e ... eu também queria ser feliz, ter uma família, esposa , e principalmente reestabelecer meu clã, estava entrando na vila, lembrava de quando nós esperávamos o Kakashi- Sensei para podermos sair em missão, ele sempre se atrasava, e ela sempre tentava dar em cima de mim, tinha saudades da aquela época, enquanto estava andando nem notou que estava na frente da casa da Sakura, ela morava sozinha, era uma casa de esquina com dois andares, mas era bem simples, queria tentar se redimir, então quando se deu conta ele estava na sua varanda, chegou a hora.

Ele adentrou o quarto, e lá estava ela, dormindo tranquilamente, estava com um pijama de ursinho, bem infantil, é pequeno, deu uma leve risada, caminhei até ela, e cheguei bem perto do seu rosto, seu cheiro ainda continuava doce, seu rosto continuava delicado, estava muito linda, seu corpo amadureceu, seus seios e bunda estão bem maiores, sua barriga continua lisa, tinha algumas cicatrizes mas nada de mais, peguei uma corda embebida de chakra e amarrei em suas pulsos, isso impedirá dela fugir, ela deve ter voltado de uma missão porque ela está sem chakra, peguei uma venda que estava sobre o criado mudo e vendei seus olhos, a diversão começa agora, me aproximo do seu ouvido e sussurro

-Sakura- chan...

Pov: Sakura

Acordo de supetão tento ver alguma coisa mas não consigo, estou vendada e com meus pulsos amarrados, sem chacra, ou seja, completamente ferrada

- quem é você e oque você quer ?

- então você tem o sono leve?- falou se aproximando do meu ouvido

- já falei oque você quer?

- vim fazer algo que deveria ter feito a anos- me matar? Deve ser um inimigo antigo? sei lá, mas e se ele quiser realmente me matar, tenho que tentar fazer alguma coisa, mas, oque?

- e oque seria isso? me matar ? sabe que isso pode ate ser fácil, mas duvido que você saia vivo dessa- falei em desafio, oque gente não me julga ta, não pode parecer mais to tento quase tento um ataque fulminante de nervoso aqui

- porque vc esta suando Sakura? esta nervosa- riu baixo, e ele ta zuando com a minha cara - e respondendo a sua pergunta... eu não vim te matar, mas sairia vivo dessa bem fácil

- você não respondeu oque eu perguntei

- claro oque eu vim fazer aqui ...- falou se mexendo na minha cama e se aproximando do meu ouvido, ele parou e eu senti sua respiração estava perto da minha boca e falou- te tornar minha- pera calma, eu riu, me desespero, chuto ele, falou que ele é louco, grito, cara caíque ele é um velho estranho, com meus pensamentos, eu acabo soltando um riso- oque foi? não esta acreditando?

- quem disse que eu sou sua, e você é um estranho porque eu seria sua ?

- você é de alguém?- hi rapaz...

- sou... bom em partes - ele parou, pareceu pensar, pensei que ele iria disistir mas algo me pega de surpresa, ele começa a rir

- quem seria essa pessoa? ele conversa com você?

- ....não....- sinceridade é tudo, não é mesmo

- ele te toca como eu te toco....- falou subindo a minha blusa e me beijando

-...não

- então oque te prende a ele- falou levantando meu sutiã e beijando o meu colo.

- eu o amo- respondi mas pera.... eu nem conheço ele, oque que tá acontecendo, eu estou gostando mas... eu deveria? Tipo... a ferre-se só vou seguir a vaibe desse cara

- e ele te ama?- falou descendo seus beijos para o meu seio direito e o beijando, tinha que me segurar, estava de madrugada não queria acordar a vizinhança, então me permitir a relaxar e suspirar - vamos me responda, ele te ama?

- não ele não me ama- falei

- mas eu te amo- não sei aonde isso vai parar

pov: Sasuke

Minhas mãos percorriam todo seu corpo, eu me sentia completamente satisfeito por ter ela ali tão entregue e tão linda, não vou negar, já a desejava desde a época da escola mas aquela babozeira de restaurar o clã me impediu de ver isso, parei de beija-la e comecei a olhar ela

-você não vai tirar essa venda de mim?

-ainda não- falei voltando a beijar ela e começando a erguer seu tronco, ela seguiu meus movimentos, enquanto a beijava comecei a descer minhas mãos até a sua bunda dando um aperto lá e...

Pov: Sakura

Não resisti e acabei gemendo, mas um flash passou em minha cabeça e imaginei que uma pessoa estava fazendo isso, então não me aguentei e falei
-Sasuke- hi fudeu eu devo estar muito vermelha agora

- você gosta dele? - perguntou parando os movimentos, fiquei quieta- vamos responda, dependendo da resposta eu vou parar, ele tem direito do seu coração?

-sim eu gosto dele, quero dizer, e-e-eu to confusa , não sei- gaguejei e ele começou a dar risada da minha cara, sério ele tá rindo muito e ainda tá rindo alto, mais que merda

- então estamos quites- falou tirando a minha venda e quase caí para trás se ele não me segura-se na minha cintura

- misericórdia, é você mesmo?- ele pegou as minhas mãos e levou até o seu peito e subiu aos poucos até a sua boca e deu um beijo

-ainda tem dúvidas?

- tá é você mesmo- fiquei meio pasma mas... Vamos unir o útil e o agradável - você não vai me soltar?- falei com um sorriso sapeca no rosto

- gosto de ficar no controle - falou me empurrando na cama com a mão na minha coxa

- mas podemos dividir não é?

- claro, você é minha e sua- falou me beijando novamente- agora vamos continuar ...


E lá estávamos nos deitados e suados, foi maravilhoso foi quase como um sonho, ainda estava desacreditada que isso tinha acontecido estava silencioso, eram quase seis horas da manhã e eu ouvi Sasuke falando algo que foi quase como um bom dia

- segundo turno?

- você quem sabe, hoje eu trabalho

- só uma rapidinha-falou se pondo em cima de mim

- tá- falei, ele sorriu mas logo completei- eu fico no comando dessa vez- falei me virando e empurrando ele para baixo de mim, até onde isso vai? Eu não sei

Fim


17 de Maio de 2021 às 14:25 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~