u16212072021621207202 Anna Clara Sant'anna

A vida de Johan ,um garoto de 16 anos segue como a de qualquer adolescente, até que ele começa a ter visões com uma garota que ele só viu uma vez e que se suicidou dias depois. Johan acaba descobrindo que há muito mais coisas por trás da morte da garota.


Ficção científica Viagem no tempo Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#381
0
78 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo 1

O vento do inverno sopra frio e gelado, impaciente, não se importa com as pessoas, mas toda a frieza do inverno é aquecida pela sua presença invisível e envolvente ao mesmo tempo .
_Johan! acorda Johan!_
Escuto minha irmã chamando.
_O que você quer? Safira._
_ Eu tô indo pra uma festa, quer vir junto?_
_ Não obrigado._
_ Vai ficar aí no seu covil anti social mesmo ?_
_ Você quer dizer quarto e sim eu vou ficar aqui. _
_ Seu estranho._
Minha irmã sai do quarto e eu volto a pensar naquela garota. Eu só vi ela uma vez , dias depois descobri que seu nome era Lírio e que ela havia se suicidado,foi a notícia mais comentada da escola ,nem parece que já faz 6 anos.
Meu celular vibra , uma mensagem chegou.
"Johan , esqueci minhas chaves ,pode trazer pra mim? Te encontro em frente a escola."
"Safira"
_Avoada como sempre, não sei como não esquece a cabeça._
Resmungo enquanto pego as chaves e saio de casa contrariado.
Como sempre ando tentando passar despercebido pelas pessoas, até alguém passa por mim dizendo.
_ A Lírio não se suicidou._
Paro e olho em volta tentando encontrar quem tinha dito aquilo,sem sucesso.
Eu estava só ouvindo coisas? Ou era real mesmo.
_ Devo estar pensando demais nisso._ Penso alto e continuo meu caminho,Safira com certeza me mataria se eu a deixasse esperando.
Paro pra pensar no porquê de eu nunca ter esquecido Lírio era estranho,visto que ninguém lembrava dela ou ao menos sabia da sua existência.
Ok,eu realmente estava obcecado.
_ Ela está morta Johan,pare de ficar desenterrando coisas do passado._ Digo a mim mesmo.

Chego ao portão da escola,era estranho ver aquele lugar vazio e a noite,mas era consolador saber que eu não estaria preso como um animal enjaulado dentro dela.

_ Até que enfim! Ficou tanto tempo dentro daquele quarto que esqueceu como se anda? Que demora!_Grita minha irmã impaciente, que já estava com os braços cruzados e batendo o pé.
_ De nada por eu ter trazido as chaves._ Digo,lhe entregando as chaves.
com entregando,quero dizer que eu literalmente joguei com força.
_ Obrigada por ter trazido as chaves! Satisfeito?_ Ela me olha com uma cara de ódio.
_ Muito._ Dou um sorrisinho cínico,giro os calcanhares,pronto para ir embora.
_ Ei ,tem certeza de que não quer vir ?_ Dou meia volta e olho para minha irmã,ela parecia de certa forma triste por eu deixá-la sozinha.
_ Tenho, tchau Safira._Aceno e vou embora,eu definitivamente não servia para aquele tipo de evento.
No caminho para casa,recebo mais uma mensagem mensagem.
_O que a Safira quer agora?_
Digo ao pegar meu telefone,era um número estranho, que eu nunca tinha visto antes.
_ Numero desconhecido,deve ser a operadora de novo._ Resmungo enquanto seleciono a mensagem, que diz:

"Johan , sei que você sempre suspeitou do suicídio da Lírio e como eu disse, quando nos encontramos na rua , ela não se matou , me procure segunda na escola , na hora do recreio.

Davi."

_ Quem raios é Davi?_Penso em voz alta,estavam acontecendo muitas coisas estranhas de uma só vez.

" Amigo,eu não tenho dinheiro não adianta me passar trote e se disser que sequestrou minha irma, pode ficar com ela."

Respondo para o numero anônimo,rio do que fiz,mas depois fico com medo.
Ao chegar em casa,eu investigo cômodo por cômodo, não há nada de estranho.
Entro em meu quarto,me jogo na cama e espero ansioso a resposta,que não vem durante toda a noite.

" Deve ser mesmo uma brincadeira."

17 de Maio de 2021 às 00:00 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo Capítulo 2

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 9 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!