min_lou02 Min Lou

Jeon Jungkook não sabia o que fazer, ele estava apaixonado por um homem perfeito, Kim Taehyung mas estava amando o certo, Park Jimin. Aquela situação estava ultrapassado limites perigosos e não havia mais volta: Jungkook estava envolvido demais naquela paixão. Ele era uma pessoa realista que não acreditava que o destino podia lhe pregar algumas peças. Entre amor, paixão e traição... Havia chegado o momento de tomar uma decisão importante. Quem escolher entre Park Jimin: um amor de infância, um relacionamento de anos, seu namorado era perfeito, carinhoso, quente delicado ou Kim Taehyung, um homem ousado e com um sorriso que o deixava completamente entorpecido de desejo. Quando Jungkook e Jimin se mudaram para Seul iniciando uma nova vida, Jimin estava em seu emprego dos sonhos e completamente ocupado com suas próprias conquistas. Jungkook ainda estudando em uma renomada universidade acabou tomando um rumo diferente. De volta a seu sonho adolescente ele acaba começando a trabalhar no club onde a banda Bangtan Boys se apresentava. Sem perceberem, um pequeno imprevisto acaba separando esse feliz casal sonhador. Se sentindo sozinho, confuso e carente, Jungkook acaba se aproximando do sedutor Kim Taehyung cujo a amizade já começava a ficar ainda mais forte. Aos poucos as trocas de olhares, os sorrisos sinceros entre eles ficavam cada vez mais intensos. No começo, Taehyung era apenas um ombro amigo mas, à medida que a solidão aumentava, o relacionamento de ambos ganhava força. Até que, um dia, tudo muda.


Fanfiction Bandas/Cantores Para maiores de 18 apenas.

#universo-alternativo #faculdade #destino #romance #fanfic #vkook #bts
2
971 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os Sábados
tempo de leitura
AA Compartilhar

Viagem

Era a maior viagem que Jungkook havia feito até então. De alguma forma estranha, aquilo não queria dizer muita coisa, já que ele nunca tinha ido há mais de 100 km de distância de sua cidade natal. Ainda assim, para o Jeon, aquela viagem havia sido absurdamente longa. De acordo com o GPS, eram pouco menos 4 horas e 5 minutos de viagem, porém, ele não havia previsto que não era um Super humano e que precisaria parar. Suspirou cansado enquanto lia um de seus mangás preferidos ouvindo a música que tocava no rádio.

Seu namorado dirigia concentrado em direção à Seul. O jovem havia nascido e sido criado em Busan, junto com todos seus familiares. Jungkook e seus amigos haviam combinado desde sempre que morariam e fariam faculdade em Busan e por lá mesmo se manteriam já que todos amavam aquele lugar. Por essa razão, foi uma tragédia familiar terrível, quando, alguns meses atrás, durante seu terceiro ano naquela Universidade, o mesmo então decidiu pedir transferência para outro lugar durante as férias de outono.

O que chocou ainda mais a todos, foi o fato de que o jovem Jeon estava se transferindo para cerca de 390 quilômetros de distância de Busan, mais especificamente, para a Universidade Nacional de Seul, e moraria próximo do campus principal em Gwanak. Ele havia conseguido uma bolsa recentemente, o que tinha definitivamente ajudado a convencer seus pais daquela ideia um pouco “maluca”. Ajudou, mas apenas um pouco, ele sabia que os jantares em família seriam com menos frequência a partir do momento que se mudasse porém, iria valer a pena se arriscar um pouco em um novo ambiente.

A razão para aquela decisão tão precipitada estava literalmente sentada à seu lado, dirigindo o carro para longe de Busan, em seu Kia Sportage 1995 surrado que às vezes sequer ligava e gastava gasolina desmoderadamente. Jungkook sorriu com o pensamento e olhou o namorado, Park Jimin. Sendo o mais velho originalmente da mesma cidade que o Jeon, ambos haviam crescido em ruas diferentes e praticamente juntos.

Na adolescência, ambos corriam em Haeundae Beach até que um dia, Jimin veio até o Jeon e começaram a conversar. Jimin era um garoto jovem e muito charmoso, suas diversas personalidades eram apaixonantes para o mais novo que logo se apaixonou. Jimin não era muito esportivo, mas seu ritmo de treinos diários o deixava com um corpo atlético. Além do mais, ele era um dançarino sem igual e praticava há anos dança contemporânea.

Seu rosto era delicado e o ele tinha sempre um sorriso animado em seus lábios carnudos, aqueles lábios que Jungkook tanto gostava de morder e por vezes até levava uns leves tapas por isso. Jimin era uma pessoa calma e radiante porém, um pouco explosivo às vezes e nem sempre gostava que falassem de sua altura, uma vez o garoto correu atrás do Jeon por quinze minutos apenas para chutar a canela do mesmo (que havia dito que Jimin era desprovido de altura).

Era certo que o mais velho não era muito alto, na verdade, Jimin era bem baixinho comparado a Jungkook e quando ambos se beijavam ou se abraçavam, aquela diferença de altura chegava a ser fofa. Seu cabelo agora estava loiro e ele gostava de tê-lo leve, com diversas cores, estilo repicado. Jungkook gostava de afagar seus lisos cabelos e Jimin deixava com adoração, suspirando e queixando-se o tempo todo, dizendo que ele ia cortá-lo completamente um dia. Algumas vezes, nos fins de semana, eles ficavam horas deitados de conchinha com o mais novo afagando os cabelos de Jimin que apesar de reclamar um pouco, enquanto assistiam à um anime qualquer para relaxar, amava os mimos que Jeon lhe dava de forma tão carinhosa.

Os olhos de Jimin eram quentes e profundos, de um marrom escuro e naquele momento olhavam na direção de Jungkook com um brilho divertido. — Hey, baby. Não falta muito tempo agora, talvez um par de horas. — A região onde eles moravam, tinha um leve sotaque diferente, o Jeon mais que Jimin que apenas falava com naturalidade de uma forma gentil, que a suavidade deslizava sobre suas palavras com proeza, era curiosamente inebriante para Jungkook que se esforçava para deixar seu sotaque fofo de lado. O jeito como Jimin se expressava nunca parava de lhe trazer uma vasta alegria que chegava a ser estranho.

Jimin estudou dança e arte na Universidade de Busan. Ambos tinham uma vida quase conjunta e para os pais de Jungkook - antes de Jimin decidir o levar para Seul - fazia dele o candidato ideal para as necessidades sentimentais do filho. Assim que começaram a namorar, Jimin decidiu pedir a mão de Jeon para seus pais, como forma de provar seu amor pelo mais novo. O jovem se lembrava perfeitamente de como eles estavam nervosos naquele dia e a aceitação dos pais de Jungkook foi algo que os deixou ainda mais firmes em sua relação. Jungkook sorriu com aquela vaga lembrança desejando que seus pais se conformassem com aquela mudança e que seus diálogos voltassem ao habitual.

Jimin o olhou sério e sorriu compreensivo diante de seu suspiro logo acrescentando, — Eu sei que você está cansado, Jungkook. Nós vamos ficar apenas um minuto no Pacific Room Club and Karaokê e depois podemos ir para casa e cair na cama. — Jungkook assentiu fechando os olhos, Pacific Room Club and Karaokê era aparentemente o nome do bar popular onde o novo companheiro de quarto de ambos, Kim Taehyung, um cantor local trabalhava. Embora ambos fossem seus novos companheiros de casa permanentes, Jungkook não sabia muito sobre o tal cantor. Apenas sabia que em uma das viagens de Jimin, o mesmo havia conhecido Taehyung e se tornado seu amigo. O moreno também sabia que aparentemente, Taehyung tinha uma boa voz e... Era tudo que o mesmo sabia sobre o novo colega de quarto misterioso.

Jungkook abriu os olhos direcionando seu olhar para fora da janela no escuro, observando o borrão verde das árvores espessas passando por ele rapidamente, um brilho estranho alaranjado era por vezes lançado sobre elas a partir dos postes numerosos da estrada quase vazia. Aos poucos as luzes da cidade foram avistadas ao longe, uma cidade viva cheia de novos desafios a serem explorados. Finalmente, eles fizeram a última curva naquela densa montanha e o mais novo suspirou aliviado, havia estado preocupado por um momento. Duvidou até o último instante que o carro velho de Jimin fosse capaz de fazer aquela viagem. Por alguns minutos longos, que mais pareceram horas, eles fizeram ziguezague na floresta exuberante passando cachoeiras rochosas e grandes lagos espumantes no luar. Mesmo no escuro da noite, ele podia afirmar que era um lugar bonito, porém sabia que ainda estavam longe de Seul. Jungkook sorriu novamente já podendo imaginar uma nova vida se abrindo para ele e Jimin naquele novo lugar.

Aquela decisão havia sido tomada há vários meses, com a graduação iminente de Jimin na Universidade de Busan. Ele estava louco para explorar um pouco mais e obtendo o diploma, não hesitou em nenhum momento. O loiro era brilhante, o melhor aluno, um modelo exemplar a ser seguido e Jeon não era o único que pensava daquela maneira. Afinal, Jimin era talentoso e persistente, assim como seus professores se referiam a ele, um verdadeiro sonhador. Sua popularidade foi tão grande que a maioria de seus professores escreveram numerosas cartas de recomendações para o mesmo que as enviou para diversas companhias de danças e escolas começando a procurar emprego em todos os lugares possíveis e inimagináveis.

Por outro lado, a ideia de perder Jimin agonizava o Jeon, mesmo que fosse apenas por dois anos, até o terminar sua própria faculdade, era aterrorizante. O mais novo então tratou de procurar Universidades e Faculdades em todos os lugares que Jimin se candidatou a um emprego ou estágio. O irmão mais novo de Jungkook, Jeongin, pensava que era estranho. De forma alguma o mais novo Jungkook se importava com aquilo já que seu irmão não era exatamente o tipo de pessoa que sairia passeando ao redor do País atrás de um amor, nem mesmo um homem atraente como Jimin. Por outro lado, Jungkook apenas queria manter o relacionamento de ambos estável e ajudar Jimin da melhor forma possivel.

Claro que, sendo tão brilhante, Jimin havia conseguido o estágio dos sonhos em Seul. Isso não surpreendeu nem um pouco à Jungkook que ficou extremamente orgulhoso do mais velho. Ele ia trabalhar para uma escola de dança que preparava peças todos os anos para a Broadway. De acordo com Jimin, era uma das principais companhias de danças do mundo e era responsável por provocar um grande impacto na cultura Ocidental. Ele repetia esse fato para quem quisesse ouvir, e dizia-o com um olhar estranho de reverência, como se tivessem inventado a vida, ou algo assim.

Aparentemente, os seus estágios eram realmente raros ou até mesmo nulos algumas vezes. Não apenas em quantos eles ofereciam por ano, mas também na forma como eles permitiam que seus estagiários estivessem envolvidos nos projetos futuros de suas peças. Jimin imediatamente seria um membro da equipe principal e não apenas um garoto de recados. Ele havia estado praticamente nas nuvens em seu entusiasmo para ir para Seul desde que havia recebido o e-mail de confirmação para seu estágio.

Jungkook por sua vez agonizava em um estado de confusão e pânico. Tinha tomado uma garrafa de leite de banana por dia! Até que finalmente recebeu a aceitação de transferência para a Universidade de Seul. Perfeito! Aquilo havia sido melhor que o planejado e ele também havia conseguido uma bolsa que pagava quase todas as despesas. Apesar de ser um bom aluno, Jungkook não tinha o nível de talento de Jimin, mas também não era uma idiota qualquer.

Perfeição em dobro! O fato de que Jimin realmente conhecia pessoas nessa cidade em particular e que um deles tinha um quarto extra para os dois. Por uma pequena fração do que ambos esperavam ter que pagar, bem, aquilo fez parecer que tudo estava destinado a acontecer.

Talvez estivesse...

15 de Junho de 2021 às 07:42 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Viagem pt 2

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 2 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!