vanteylx_j Lanaalana 🍒

Taehyung e Seokjin estão sendo pais de primeira viagem, mas tinha se planejado e esperavam seus dois filhotes gêmeos Taemin e Taeyang. Mas será que seria apenas flores quando os gêmeos nascerem?


Fanfiction Bandas/Cantores Todo o público.

#lgbt #yaoi #gay #bebes #tae #jin #abo #taejin #bts #oneshot
0
912 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

One - TaeJin

Espero que gostem!



Boa leitura 🍀



Em uma tarde ensolarada, Jin estava com o seu ômega, Taehyung . Em busca de um berço que combinasse com a cor do quarto dos seus bebês. Taehyung estava cansado de andar e com os pés inchados, sentindo sua barriga de 39 semanas pesar.


Taehyung sentou em uma das cadeiras da mesa da praça de alimentação do shopping, olhou para o seu marido e suspirou cansado sentindo Taeyang chutar contra sua barriga.



Taehyung passou a mão em sua barriga na tentativa de acalmar Taeyang e deixar Taemin quieto. Jin sorri e olha para Taehyung alisando seu rosto.



-Amor, o Taeyang não para de chutar...parece que ele quer deixar o Taemin estressado -fala Taehyung olhando para Jin e segurando a mão do mais velho.



-Eu sei amor, mas você sabe como o Taeyang é agitado...ele só vai parar quando você estiver deitado e descansando -fala o mais velho acariciando a mão do grávido.



Após longas horas andando por aquele imenso shopping, finalmente o casal foram para casa.



Entraram no carro e seguiram até a enorme casa, com um imenso jardim florido e um portão grande preto escrito "Família Kim". Seokjin estacionou sua Mercedes e logo ajudou Taehyung a sair.



Taehyung sentindo suas costas latejarem de dor e com Taeyang se mexendo sem parar um minuto. Taehyung respirou e se apoiou em seu marido respirando fundo. Jin pegou todas as sacolas e passou um de seus braços pela cintura do Kim mais novo.



Após com um pouco de dificuldade, entraram no quarto e logo Taehyung se sentou na cama para relaxar suas costas, assim diminuindo o peso que sentia em sua barriga carregando seus gêmeos.



Seokjin colocou as sacolas em um canto da suíte do casal, foi até Taehyung ver Como estava seu marido.



-Está sentindo alguma coisa meu bem? Você parece está muito cansado, precisando de um banho relaxante e massagens em seus pés. -falo Jin alisando a mão do seu marido e beijando o local logo em seguida.



-Mas eu estou cansado amor, muito cansado...o Taeyang se mexe demais, ele me machuca às vezes mas nada que não seja uma dor suportável. Eu só queria um banho de banheira com o meu marido e uma foda de brinde. Mas eu estou parecendo um galão de água, cheio de sensibilidade e com muita dor nos meus pés. -Diz Taehyung com uma voz cansada e cheia de suspiros.



-Eu sei amor...eu sei o quanto é difícil, somos pais de primeira viagem mas iremos nós acostumar. Eu sei que está sentindo muita dor, mas apenas falta poucas semanas para eles nascerem. E depois podemos tomar quantos banhos de banheira você quiser e quantas fodas de brinde até você cansar -fala Jin rindo na última frase -falta pouco...Só mais algum tempinho.



Taehyung balança a cabeça afirmando que "sim" e segura as mãos de Jin para levantar. Quando sente sua calça toda molhada e uma grande quantidade de liquido amniótico chão. Taehyung olha para Jin com uma cara de um certo medo.



-A bolsa estourou amor…-Fala Taehyung com os olhos ainda focados no marido -Vamos conhecer nossos filhotes….



Jin sorri e ajuda Taehyung a se sentar, Taehyung respira fundo começando a sentir as contrações e a dor aumentar, soltando alguns gemidos de dor altos..



Enquanto isso estava Jin igual a um doido pegando as malas e levando para o carro, após deixar as malas no carro Jin sobe de volta para o quarto e ajuda Taehyung a se levantar com calma.



-Calma amor, você consegue...vem -Jin segura a cintura de Taehyung e desce as escadas com calma, ajudando o mesmo a descer.



-Eu estou tentando manter a calma! Mas tá doendo muito e você falando desse jeito só me faz querer jogar você dessa escada Seokjin! Para de me pedir calma e me leva logo para a maternidade! -Diz Taehyung estressado e apertando a mão do mais velho com força.



-Ok, você está sentindo muita dor pelo visto, em alguns minutos chegaremos lá….Só respira.

•••



Após chegarem na maternidade, Taehyung e Jin logo foram atendidos, levados para um quarto de ótima estrutura. Com paredes em cores neutras e com uma única parede pintada com desenhos de ursinhos fofos azuis, todo enfeitado com o nome dos gêmeos para todos os lados e o arranjo da porta escrito "Taeyang e Taemin" com letras fofas e bonitas.



Taehyung emocionado com o quarto decorado e também chorando pela dor, tomou seu banho e colocou a roupa do hospital, deitou na maca, e sempre segurando a mão de Jin, sem largar um minuto.



Jin com um sorriso de orelha a orelha segurando a mão do seu marido e ajudando Taehyung com as contrações. Taehyung gemia de dor e apertava a mão de Jin com força enquanto sentia as contrações sem intervalos.



Foi então que Taehyung olhou para Jin com os olhos banhados em lágrimas sem soltar sua mão por um minuto se quer.



- Eu não vou conseguir...eu sou fraco amor, já era pra terem me levado para a sala de cirurgia.- Fala Taehyung soluçando e beijando a mão de Jin, até que começaram prepará-lo para a cirurgia, Jin sorriu tentando confortá-lo e logo se afastou dando espaço para os médicos trabalharem -Me espera...Eu vou voltar, Eu te amo Kim Seokjin - Fala Taehyung sendo levado para a sala de cirurgia onde seria a cesariana.



- Eu te amo Kim Taehyung ...sempre irei te amar -Diz Jin sorrindo e sendo guiado para se esterilizar para entrar na sala onde seria a cesária.




Taehyung estava recebendo sua anestesia geral enquanto aguardava Seokjin entrar na sala, após 5 minutos de espera, o Kim entra na sala e logo vai até Taehyung.



- Meu amor...vai ficar tudo bem, segura a minha mão...nossos príncipes irão nascer fortes e saudáveis como você. - Diz Jin sorrindo e segurando a mão de seu marido, logo dando um beijo em sua testa.



-Espero que sim...E bonitos iguais a você -sorri Taehyung e aperta a mão de Jin sentindo uma pressão em sua barriga.



Após meia hora logo se escuta o choro de um dos bebês, assim sendo o mais velho Taeyang nasce e logo Seokjin corta o cordão umbilical de Taeyang, volta a seu lugar e entregando Taeyang ao colo do seu pai ômega que segura sua mãozinha e beija sua testa.



Depois de alguns minutinhos Taeyang é levado para ser limpado e examinado. Logo em seguida nasce Taemin, o filhote ômega do casal, faz Taehyung se emocionar e olhar para Seokjin sorrindo.



Chamam Jin para fazer a mesma coisa que fizeram com Taeyang, após Seokjin cortar o cordão umbilical, leva o pequeno bebê ômega até seu esposo e aconchega o serzinho pequeno nos braços do pai ômega.



- Ele é tão pequeno..tão fofo e tão saudável..ele é a sua cara. -fala Taehyung encantado com Taemin, até que Taehyung sente sua pressão cair e logo entrega Taemin a Jin que coloca o pequeno ômega a enfermeira e segura a mão de Taehyung.



-Tae? Amor? Meu bem fala comigo...Taehyung, por favor! Fala comigo! -Fala Jin desesperado e alisando o rosto do marido, ouve o monitor apitar indicando que Taehyung estava sem pulso. - Taehyung! Amor, não me deixa….Não deixa nossos filhos! Taehyung fala comigo!




Seokjin é tirado da sala e levado até a sala de espera, com os olhos cheios de lágrimas andando de um lado para o outro atrás de notícias sentindo seu mundo desmoronar. Perder completamente o sentido, em prantos Seokjin se sente abraçado pelos braços de Namjoon, seu melhor amigo e padrinho de Taemin.




-Ele tava bem...ele pegou os meninos no colo, ele sorriu pra mim e apertou minha mão quando os meninos nasceram ...ele estava bem Namjoon. E do nada a pressão caiu e do nada ficou sem batimentos ...- Fala Jin olhando para um ponto fixo na parede e sentido o abraço reconfortante do amigo.




-Ele vai ficar bem Jin...O Tae é forte, ele vai sair dessa mais uma vez - Diz Namjoon com o sorriso reconfortante e limpando as lágrimas do melhor amigo - Vamos esperar...apenas aguardar por notícias




Pela primeira vez estava Seokjin com um olhar sem vida e pálido...como se tivesse perdido sua pedra mais preciosa. Sentido o risco de perder seu marido, o grande amor da sua vida .



•••




Já no quanto se encontrava Taehyung acordando aos poucos e recuperando os sentidos. Ele observa bem onde estava, Taehyung olha todo o quarto em busca de Jin e dos gêmeos.




-Doutor...cadê o meu marido? Ele deveria estar aqui. - Fala Taehyung ainda um pouco sonolento devido aos analgésicos e a anestésica que sai do corpo aos poucos. - meus filhotes...onde eles estão?



-Calma senhor Kim, seus filhos estão saudáveis e muito bem, seu marido está na sala de espera, esperando o senhor acordar e em busca de notícias. -diz o doutor Park terminando de assinar o prontuário de internação do Kim mais novo.



- Daqui a alguns minutos irei chamá-lo para ver o senhor. -logo o doutor saí do quarto e vai em direção a recepção. -Familiares de Kim Taehyung?




-Aqui doutor...como está o meu marido? Ele está bem? -pergunta Jin apreensivo e preocupado com Taehyung.




-Calma senhor Seokjin, o seu marido está bem. Houve apenas uma complicação, infelizmente Taehyung se estressou demais durante o parto e isso fez com que a pressão caísse e fazendo com que ele perdesse seus batimentos por poucos segundos. Ele já está melhor agora, pode ir visitá-lo. E parabéns pelos bebês e pelo seu ômega forte - sorri doutor Park e logo saindo da sala de espera.





-Então ele está bem...muito bem por sinal, eu te disse Jin o Tae é forte e sempre consegue se manter vivo por mais ruim que seja a situação. Agora vai ver seu ômega, seu alfa chorão. - Fala Namjoon dando risada e abraçando pela última vez seu amigo.




-Chorão meu cu, você fala assim porque não foi o Yoongi, por que se fosse ele você estava chorando igual a um bebê chorão. Eu já vou indo mais tarde traz o Yoongi aqui para ver o Tae, Até mais tarde amigo! - diz Jin sorrindo e logo sumindo das vistas de Namjoon.



•••




Dentro do quarto estava Jin alisando os cabelos de Taehyung enquanto o mais novo acariciava os cabelos de Taeyang.




Após horas ficando em observação no hospital, Taehyung vai para casa junto com os filhos e seu marido, depois de longos minutos na estrada. Chegam em casa e logo Taehyung toma banho e se deita na cama para descansar, Jin toma seu banho e se deita ao lado de Taehyung deixando a cabeça do mais novo em seu peito.




Após Jin ter colocado os filhos para dormir, lá estava ele dormindo no mesmo estado que Taehyung. Estavam cansados, ele imaginaríamos que seria uma grande luta nesses primeiros meses ainda mais sendo gêmeos.



° 5 anos depois °




-Taemin, para de correr! Você vai cair meu filho. - fala Taehyung terminando de se arrumar para o aniversário dos gêmeos.




-Está bem appa Tae...desculpa o Tete. - Diz Taemin com um bico fofo nos lábios e correndo até Taehyung para o mais velho o pegar no colo. - Juro que não corro mais dentro de casa appa.




-Tudo bem, meu amor, vamos ver seu pai e seu irmão lá fora, vem...mas cuidado com a sua irmã. - Diz Taehyung pegando Taemin no colo e tomando cuidado para não machucar sua alfinha de 37 semanas. - Vamos, Vamos




Tomando cuidado com a escada e com a barriga para não machucar sua barriga e Taemin, Seokjin avista Taehyung e corre para ajudá-lo, pega Taemin no colo e alisa a barriga de Taehyung.





-Feliz aniversário meus bebês! - fala Jin animado e beijando a bochecha de Taemin e logo depois de Taeyang que estava no colo de Taehyung que tinha acabado de pegar o mesmo no colo.





Após comportarem todos e curtirem bastante a festa chega a hora do parabéns, toda a família Kim estava presente e alguns amigos mais próximos da família também. Todos cantavam bem alto parabéns para os gêmeos enquanto o casal de gêmeos olhava sorrindo para os pais.





Após cantarem parabéns, Taehyung sente uma pontada na barriga e se apoia em Seokjin. Jin olha preocupado para Taehyung e logo em seguida Taehyung dar risada.





-Amor, eu estou sentindo uma contração...acho que a Minah quer nascer no dia do aniversário dos irmãos - fala Taehyung rindo e olhando uma grande quantidade de líquido no chão. -Ops….a bolsa estourou, a Minah está querendo nasce...agora, tipo já! -Taehyung diz após sentir um forte contração.





-Ok...vamos lá, a Minah é teimosa, ela quis nascer antes, parece que vai ser igualzinha a você, meu bem. Lá vamos nós de novo. - Jin sorri e deposita um selinho nos lábios do Kim mais novo.




-Prometo não aprontar nada dessa vez, dessa vez juro que vamos ficar juntos até a hora que formos para o quarto - Taehyung sorri e beija Seokjin. - Eu te amo Jin




-Eu te amo mais meu ômega, pra sempre irei te amar, agora vamos para o hospital antes que eu tenha a Minah aqui, Jin! - Taehyung bate no braço de Jin e logo é levado para o carro com ajuda do marido.




Após o nascimento de Minah, Taehyung e Seokjin passaram a ser mais unidos que nunca, e mais felizes do que sempre foram. Felizes com a família que tinham formado e os filhos que tinham criado num ambiente cheio de amor e honestidade.




Taehyung não podia se ver mais feliz que antes, estava realizado e se sentindo amado. Seokjin estava muito feliz com a família que tinham formado e mais feliz ainda com que tinha se casado. Ambos estavam felizes, completos e amados. O casal mais improvável da roda de amigos, foram os únicos que ficaram juntos, que se amam, que se gostam. Taehyung e Seokjin são a prova de que existe amor verdadeiro e que precisamos apenas tomarmos a decisão certa.



None 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Two (bônus Namgi)

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas