tasuku-ryuenjii1614987537 Tasuku

Talvez, em meio do caos que estava acontecendo, aquele pokemon shiny exalava esperança, mesmo sem ter sentido seu cheiro ainda. Quando o achar irei dar o abraço mais apertado, este que nunca dei em nenhum Pokémon antes dele. Ah, pequeno eeve shiny, o que fiz de tão especial para ter aparecido em minha vida, posso nao saber mas consegui sorrir contigo outra vez.


Fanfiction Anime/Mangá Todo o público.

#PokemonAu #universoalternativo #angst #pokemon #sad
Conto
0
481 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Esperança.

O que sou, uma treinadora com poucas insígnias mas um grande amor pelos Pokémons, nunca consegui participar de um constest por ser muito tímida e quando a timidez ia embora, apenas fazia tudo errado.


Os outros treinadores tinham parceiros, e seguiam felizes e rindo, uma garota com um piplup passou por mim e sorriu. Ela estava acompanhada de um garoto que parecia ser bem competitivo, e outro que cuidava dos Pokémons.


Já tive parceiros de jornada, estes que fazem questão de não se lembrarem de mim, ou não fazer as coisas voltarem a ser como antes.


Você não tem as qualidades de para ser mestre Pokémon.

Não me importava com isso, mas é difícil ouvir isso das pessoas que já amou.


Uma barraca, uma fogueira e meus pequenos companheiros. Um piplup que me encontrou quando estava em sinnoh, um rowllet quando fazia castelos de areia em alola, e um mudkip simpático que encontrei enquanto passei por hoenn.


Hoje estou largada em galar, observando o que aquele dois garotos e uma garota com um eeve fazem, as vezes eles estão no mesmo lugar que eu, eu não vou até eles.


Sempre quis pegar um eeve, e sinto que meus Pokémons ficariam felizes de ter um novo amiguinho, tentei por diversas vezes pegar um mas, não conseguia ou acontecia de achar o de alguém sem querer.


— Me desculpe, não queria e não quero roubar o seu eeve, não pense mal de mim por favor apenas cuide dele melhor.


Eu sei o que é ter um Pokémon sendo tirado de você, ou apenas ele vai embora.


Que treinadora de merda eu fui ou talvez ainda seja, não desprezo e nunca desprezei os meus companheiros por causa da minhas busca pelo eeve, não sei o que seria de mim se não os tivesse.


Não é uma questão de "preenchimento", como se algo estivesse faltando, e de fato está.


Mas o que posso fazer, se você sente que suas qualidades são esquecidas por suas características.


É um pouco mais difícil para se recompor.

— você fala alto de mais.

— Eu apenas estava feliz.

Mas incrivelmente consigo por causa da ajuda de meus amiguinhos.


Caminhando por uma pequena floresta, com grama alta e algo se mechia no arbusto, já estava a preparar minha pokedex para saber qual poderia ser se fosse um não catalogado, e uma pokebola, o bichinho saiu e pulou em cima de mim, me assustei um pouco e dei um pequeno espirro por que sua cauda estava em meu nariz.


—Aí, quem é vo-


Eu não estava acreditando, era um eeve mas.. era branco? Era um eeve shiny que pareceu gostar de mim e de meus pokemons.


Outros Pokémons, apareceram de trás dos arbustos e do ar, aquele eeve branco parecia o líder deles, alguém que ajudava em tudo, os outros Pokémons ficavam felizes em ter ele por perto.


Não poderia pegar ele, eu estaria "roubando", ele de seu verdadeiro lar, ele foi até mim e fiz carinho nele.


Senti algumas lágrimas descerem pelo meu rosto ao observar seu sorriso seu cheio de vida. me levantei do chão, pois estava lá desde que o eeve caiu em cima de mim. dei um último abraço no pequenino eeve e estava para ir embora, o eeve me seguiu.

— desculpe amiguinho, não posso ficar, gostei muito de te conhecer e um dia terei um como você, mas você tem amigos a proteger, amigos que o amam e precisam de você, se você vier comigo eles iriam ficar tristes, eu não quero fazer mais ninguém ficar triste por minha causa outra vez.

O eeve, continuava a me seguir.


— Você tem certeza, disso mesmo?

Dito isso, o eeve foi até seus amigos, e voltou correndo outra vez até mim.


Talvez eu não tivesse achado o eeve, e sim o eeve tinha me encontrado.

Ele era tão diferente, assim como eu, e tão belo como só ele era. Poderia ser que estava esperando o treinador certo aparecer, e talvez hoje tenha sido esse dia.

Os amigos dele tinham entendido, que isso era o que ele queria de verdade, e por isso ele está aqui em minha frente sorrindo e abandando sua cauda fofinha.


Quer mesmo viajar comigo?


Ele queria


O abraçei e algumas, lágrimas a mais caiam do meu rosto, meus outros Pokémons também me abraçaram e conheceram o novo amiguinho.

Não se preocupe pequeno eeve shiny, eu irei cuidar de você, e ser a melhor treinadora não só pra você mas também para, piplup, mudkip e rowllet.


Se quiser ir um dia, vou esconder ao máximo as minhas lágrimas, para que não me interprete mal. Meu coração, se encheu de esperança depois de tudo que aconteceu, não deixe ela ir por favor.

Sinto muito pelo jeito estranho que tenho, eu gosto dele mas me sinto mal quando lembro que é um grande incômodo dependendo da pessoa.

Eu não quero passar por isso de novo, não quero mais uma vez sentir meu coração doer por perder outro amigo.

4 de Agosto de 2021 às 02:38 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~