J
Jaine Duarte


"Quando as minhas emoções falam" se trata de uma sequência de poemas que eu escrevo em momentos em que, as minhas emoções falam mais alto do que a razão.


Poesia Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#Poema
0
1.1mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Terças-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

Sozinha

Vazia é como me sinto,

Abandonada na beira de um precipício.

Minha carcaça sente frio e pelo teu corpo clama, em desespero te chama.


Clamar por ti sempre foi fácil

Você vir ao meu encontro que era difícil.

Meus ossos rangem, lágrimas descem e nada me resta.


Me suportar é difícil, preciso preencher este vazio. Sinto minha carne sendo arrancada e você não está comigo.


Mais uma vez caminho sozinho

Com a minha escuridão

E com meus pensamentos sombrios.

11 de Maio de 2021 às 19:40 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo Como pode?

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 9 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!