tsrsilva Thiago Silva

Desejo, ganância, posse. O lado noturno do paraíso, a sombra da gentileza e da caridade. No interior da quarta carcaça, os baccantes devoram a benevolência e celebram o fim dos tempos.


Poesia Todo o público.

#verso-livre
Conto
2
2.2mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso
tempo de leitura
AA Compartilhar

Gamchicoth

Só queremos comer

E comer

E comer


Lamber, chupar, sugar

Engolir


Sem ouvir, sem sentir, sem lembrar

Sem pensar

Só comer


E comer

E comer

Até explodir


Para depois vomitar

Botar para fora, com raiva


Sem ouvir, sem sentir, sem lembrar

Sem pensar

Só vomitar


E, depois, voltar a comer sem parar.

14 de Abril de 2021 às 00:23 6 Denunciar Insira Seguir história
5
Continua…

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Marcela Tersi Pereira Marcela Tersi Pereira
Interessante, o texto me fez pensar bastante em comportamentos compulsivos. O título sugere demônios, eu associei bastante como um tentar preencher um vazio existencial profundo. Quem devora, o que devora, para que devora, tudo se perde em um devorar de si mesmo. Gostei muito, parabéns.
Marcela Tersi Pereira Marcela Tersi Pereira
Interessante, o texto me fez pensar bastante em comportamentos compulsivos. O título sugere demônios, eu associei bastante como um tentar preencher um vazio existencial profundo. Quem devora, o que devora, para que devora, tudo se perde em um devorar de si mesmo. Gostei muito, parabéns.

  • Thiago Silva Thiago Silva
    Muito obrigado pelas palavras! Adorei a tua interpretação; extremamente precisa com relação as intenções que propus transmitir e, ao mesmo tempo, tão repleta de significado próprio. Muito obrigado! 1 week ago
Aarvyk Caires Aarvyk Caires
Olá, camarada. Vindo te prestigiar em mais um texto. Acho intrigante a relação do título da história e o título do poema que você sempre tem o cuidado de escolher. A priori, tentei imaginar o significado de Baccante e Gamchicoth, mas como você venceu minha erudição (pelo menos o primeiro nome eu já tinha ideia do que fazia, o segundo me pegou mesmo).... Fui de Google rsrs Parece que você tem um apreço pela mitologia. Eu já conhecia alguns demônios de Salomão e outros da Goetia, mas este tal de Gamchicoth foi específico demais para que eu o conhecesse. É um poema sobre consumação e talvez de ego. Me lembrou aquela cena de Jogos Vorazes na festa em que o Peeta e a Katniss vão, onde tem até bebidas para os ricos vomitarem e depois continuarem comendo. Não importa se são deuses, demônios ou humanos. O universo parece devorar a si mesmo. É a entropia pura da existência. Achei a escolha de suas palavras inebriante.

  • Thiago Silva Thiago Silva
    Muito obrigado por prestigiar mais um texto! :D Eu gosto muito de Cabala e caminho de mão esquerda. Gamchicoth é, basicamente, a antítese de Chesed (a gentileza, o amor ao outro, a gratidão) e emana quando ocorre um desequilíbrio no campo da ação da árvore da vida. Gamchicoth pode ser entendida, a grosso modo, como ganância. Adorei sua interpretação do texto e achei suas palavras muito mais ricas e belas do que as minhas próprias. Muito obrigado mais uma vez pela mensagem. Abraço 1 week ago
Isís Marchetti Isís Marchetti
Olá, Thiago! Tudo bem com você? Faço parte do Sistema de Verificação e venho lhe parabenizar pela Verificação da sua história. Eu me pergunto o porque as pessoas não conseguem se contentar com o que já tem, sempre querem mais e mais, com tudo, comida, objetos e tudo o mais, nunca tendo o necessário ou se contentado somente com aquilo. Seu poema me fez pensar muito nisso e eu acredito que tenha sido por causa dessa louca ambição entalhada em cada linha escrita, me pergunto o que mais está por vir e se será tão intenso quanto foi. Bom, vamos lá. A coesão e a estrutura do seu poema estão ótimas. A sinopse me fez olhar por um ponto muito interessante, me fez parar, analisar e refletir. Confesso que também fiquei muito curiosa pela origem do título. Quanto à gramática, seu texto está muito bem escrito e desenvolvido. Apesar de ser curto, eu gostei muito do que você trouxe. Desejo a você sucesso com esse projeto e tudo de bom. Abraços.
~