alexisrodrigues Alexis Rodrigues

Pois se eu os criei, eu sou sua mãe. Onde discorro um paralelo sobre a criação de personagens e a criação de filhos.


Conto Todo o público.

#escritores #autores #criação #pais #criadores
Conto
1
1.3mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

O Dom da Criação

Todos eles são meus. Sim, meus, meus e de mais ninguém.

Eu os fiz. Eles saíram de mim. Eu os amo com todo o meu coração e os defenderei de qualquer um que tentar tirá-los de mim.

Meus.

Meus filhos.

''Não tenha pena deles. Eles são seus personagens, não os seus filhos''.

Não.

Absolutamente não.

Eles são os meus filhos. São os únicos filhos que terei além daqueles de quatro patas, que partirão antes de mim.

Não, não são meus personagens.

São os meus filhos.

Se saíram de mim, são os meus filhos. São parte de mim, carregam traços meus, carregam vivências minhas.

Minhas criações.

Para eles, eu sou Deus. Eu os controlo e tudo em seus mundos. Seus mundos giram conforme a minha vontade.

Eu decido o que é o melhor para eles, pois sou a mãe deles.

Uma mãe sempre sabe o que é melhor para os seus filhos, sim?

Sim. Sempre.

Bom, nem sempre.

Cometo alguns erros, às vezes, mas nada que eu não tente compensar.

Eu não posso pedir desculpas a eles. Eles não sabem que eu existo.

Eles não me perdoariam se soubessem que eu existo e controlo tudo.

Eu não suportaria que eles me odiassem.

Não suportaria o ódio dos meus personagens, os meus filhos, os meus mais amados filhos.

Não são sangue do meu sangue, mas são parte da minha alma.

''Não tenha pena deles''. Como não ter? Minha vida já é ruim o suficiente. Por que tornar a vida deles pior? Não. Eles não merecem isso. Eles não pediram para ser criados.

Meus filhos são frutos do meu capricho, resultados do meu egoísmo. Eu os amo, e nunca poderei trazê-los para perto de mim.

Eu não sei como abrir as portas desses outros mundos.

Se eu soubesse, eles já estariam aqui.

Eu me pergunto: quantos deles tentariam me matar?

Talvez aqueles do tipo divino. Eu certamente os dei poder o suficiente. Se estivessem aqui, teriam me matado.

Assim como eu os matei, milhares e milhares de vezes.

''Não tenha pena deles''.

Talvez... Talvez eu não tenha? Mas eles são crianças. Preciso compensá-los com algo. Preciso mantê-los no topo, ainda que eu destrua o caminho que percorreram para se manter lá.

Pois meus personagens são os meus filhos, são as minhas crianças, e as crianças não entendem o que os adultos entendem.

Talvez por isso eles me odiassem. Talvez um dia eu me mostre a eles. Eles ficarão irados, tenho certeza, com a incapacidade de me matar.

Mas autoras são mães, de certa forma, e mães são Deus aos olhos de seus filhos, ainda que um caprichoso e cruel, mesquinho e pequeno, como eu.

Eles estão melhor longe do meu alcance.

Os deuses sabem que eu seria uma péssima mãe, tal como sou uma péssima escritora.

Meus filhos, meus personagens, estarão bem enquanto permanecerem fora do meu alcance.

Todos eles, que são meus e de mais ninguém. Todos eles, que eu fiz. Todos eles, que eu amo de todo coração, ainda que os faça sofrer.

Ninguém os tirará de mim, pois eles são meus e eu sou deles.

31 de Março de 2021 às 07:04 4 Denunciar Insira Seguir história
3
Fim

Conheça o autor

Alexis Rodrigues Olá, turubem? Meu nome é Alexis (na verdade é pseudônimo), manauara de 25 anos (tô velha). Tenho graduação plena em Letras - Língua Inglesa pela UNINORTE e atualmente estou terminando minha pós-graduação em Criminologia pela Unyleya. Sou feia, mas não mordo ;) Fanfiqueira de carteirinha, mas posto originais aqui também. Faço parte do Time de Verificação do Inkspired. Em caso de quaisquer dúvidas com a plataforma, não hesite em nos perguntar ;) Estamos aqui para melhor atender vocês <3

Comente algo

Publique!
Verônica Ashcar Verônica Ashcar
Olá, tudo bem? Nossa, me peguei várias vezes ao longo dessa minha vida de autora, pensando exatamente essas coisas, são nossos filhos, doamos tempo para eles, as vezes se perde no caminho e ainda assim os guiamos até o caminho certo. E você demonstrou em cada uma dessas linhas toda essa emoção de mãe, de deus de criador. Parabéns! 💚
April 04, 2021, 00:16
Sophia Loren Sophia Loren
Nossa! Bem intenso! Adorei! É quase exatamente o que sinto com os meus personagens que criei! Beijos!
March 31, 2021, 13:40

~