mjrooxy Hime Uzumaki

Que Marinette era apaixonada por Adrien não era segredo, a não ser para ele. E, justamente por não ter coragem suficiente para professar seu amor. Ela prefere manter seus sentimentos guardados para si. Até que, de repente, por obra do destino ou do acaso os dois acabam se aproximando. Dessa forma, Marinette precisará vencer a timidez, se quiser finalmente conquistar o coração do lindo garoto loiro de olhos verdes.


Fanfiction Desenhos animados Todo o público.

#Universoalternativo #Adrinette, #Fanfic, #Romance, #Miraculous,
2
924 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Segundas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

Eu morri?

Estou tão cansada de admirá-lo de longe, me sinto como uma sombra, aonde quer que Adrien vá, meus olhos o acompanham. Ele nem sabe que eu existo, ou pelo menos nunca reparou profundamente em mim, sou praticamente invisível para ele e me odeio por isso. Queria ser como a Kyoko, a garota que o acompanha em todos os lugares, ela é tão linda e segura de si. Todos os garotos do colégio a querem por perto. Inclusive Adrien, que só falta escrever na testa o quanto gosta dela. Eu não posso culpá-lo, ela é tão extrovertida e contagiante, pelo menos é o que eu consigo observar de longe, já que não somos amigas.

Minha timidez acaba comigo, confesso que já tive diversas oportunidades para fazer Adrien reparar em mim, ou pelo menos perceber que existo. Contudo, toda vez que ele está por perto, parece que a vergonha me domina. Ou seja, eu sempre me escondo e fico parecendo um pimentão maduro. Por que sou assim? Adrien é tão radiante, ele brilha por si só. Já eu, por outro lado, conto nos dedos as amizades que tenho, gostaria tanto de fazê-lo me notar! Todo mundo percebeu meus sentimentos por ele, tenho certeza. Afinal, não consigo disfarçar quando Adrien está por perto, meus olhos instintivamente grudam nele, como abelha no mel.

Bom, deixa esse assunto pra lá, preciso focar em não cair. Porque sou uma tremenda desastrada. Com a desilusão estampada na minha cara, caminho para a escola, pensando que logo estarei formada. Portanto, muito provavelmente, nunca mais verei Adrien. Ou, pelo menos, não todos os dias como agora que estudamos no mesmo lugar. Eu preciso fazer algo com relação a isso, só não sei o que. Sou privada de tantas coisas pela minha timidez, ele, ao contrário de mim, é rodeado de amigos, além da Kyoko, é claro. Já contei que Adrien é modelo? Pois é, quem não é apaixonado por ele é fã dele. Fica difícil competir.

Sigo sozinha, já que Alya não pôde me acompanhar hoje e quando estou a dois quarteirões da escola, vejo um Adrien muito apressado seguindo em direção ao colégio. Seus cabelos dourados chegam a balançar com o vento que bate contra seu rosto e mesmo ao longe, consigo notar que seus olhos verdes estão mais brilhantes do que nunca. E, para derreter meu coração, ainda por cima Adrien está sorrindo. Ah, como sou atraída por aquele sorriso. O sorriso desse garoto ilumina minha vida. Acho que o riso dele vem da alma e transborda pelo rosto, por isso é tão contagiante.

Percebo tudo isso no pouco tempo que consigo observá-lo. Pois tantos anos admirando-o de longe, meio que me tornaram uma experte em suas expressões. Sei só de olhar quando Adrien está feliz, quando está chateado, quando está com vergonha. Já que ele sempre coça a nuca e mais um zilhão de pequenos detalhes. Por Deus, eu sou umastalker obcecada. Persigo o garoto pela escola, fico espreitando de longe como uma louca. O que estou fazendo da minha vida?

Balanço a cabeça, tentando clarear as ideias, quando dou por mim, Adrien está muito longe. Suspiro resignada e continuo meu caminho. Sou uma idiota mesmo, nunca conseguirei expor meus sentimentos a ele. Quando estou chegando próxima a uma bifurcação, antes da escola, vejo um papel dobrado caído ao chão. Minha curiosidade faz com que eu me abaixe para pegá-lo. Ato que me deixa amargamente arrependida.

No bilhetinho está escrito em uma caligrafia caprichada; "Kyoko, quer namorar comigo?"

Respiro fundo várias vezes, tentando me controlar emocionalmente, com certeza esse papel era do Adrien. Ele passou por aqui segundos antes, deve tê-lo deixado cair. Óbvio que ele gosta da Kyoko. Eu sempre soube, só que no fundo, ainda tinha uma pontinha de esperança de que tudo fosse diferente. Talvez Adrien só a visse como amiga, ledo engano, isso explica tudo. O que eu esperava? Dá para ver só de olhar que ele gosta dela, eu sou realmente uma boba.

Continuo andando, agora completamente desanimada, enquanto passo as mãos pelo bilhete com um pouco de raiva. Ele quer namorá-la, Adrien expressou objetivamente seu desejo nesse papel amassado em minhas mãos.

Eu não tenho chances, nunca tive.

Puxo o ar para os meus pulmões e estreito os olhos, como se o ato fizesse eu me sentir melhor. Seguro as lágrimas que se formam e respiro fundo. Não há nada a fazer, Kyoko é perfeita, eu não posso, nem quero competir com ela.

Quando foco o olhar à minha frente, vejo alguém deitado ou caído no chão — não sei precisar —, de qualquer forma, parece inconsciente, não há muitas pessoas passando por aqui nesse momento. A maioria dos alunos fazem outro caminho para chegar ao colégio. Consequentemente, apresso os passos, até que por fim, a constatação, é Adrien.

Corro até ele, bastante preocupada, instintivamente apoio sua cabeça no meu colo, esquecendo por completo minha timidez.

— Adrien! - chamo, abanando seu rosto com a mão livre -, por favor acorda.

Ele murmura algo incompreensível e aos poucos recobra a consciência, quando abre os olhos muito verdes. Focando o olhar no meu, quase tenho um infarto! Nunca estivemos tão perto antes. Depois disso, tudo acontece muito rápido:

— Eu morri? - pergunta, ainda meio tonto, com a voz rouca característica dele. - Você é um anjo?

30 de Março de 2021 às 19:00 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo Te vejo na escola

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!