amandafzbs_ America S.

Nove cartas que nunca deveriam ter sido enviadas. Quão distantes estamos das palavras que redigimos?


Conto Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#romance #família #música #guerra #drama #cartas
1
804 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Prólogo

A palavra mais simples e a carta mais grosseira são melhores, são mais

educadas do que o silêncio.

Friedrich Nietzsche



Carta.

O meio de comunicação mais fiel e íntimo aos sentimentos de uma pessoa.

O simples ato de escolher uma folha, pegar em uma caneta – ou em uma pena, talvez – e sentar-se em uma cadeira simplesmente para escrever seus pensamentos, é algo de extraordinário.

Logo, uma carta pode ter diversos significados.

O modo como o homem pode se derramar em palavras é unicamente seu; é ainda uma das poucas coisas que nos difere dos animais irracionais.

Então, sendo algo tão frágil, como esta coleção de cartas pode-se chamar 9 Crimes?

Simples. Escrever é calar a boca física e dar voz àquilo que muitas vezes não pode ser dito facilmente.

Neste caso, existem nove cartas que dão o exemplo de muitas outras que foram enviadas durante a trajetória humana: cartas dolorosas, palavras marcantes, despedidas irreversíveis.

O ser humano é surpreendente. Acredita ser muito mais fácil e indolor se as coisas sejam tratadas indiretamente, quando na verdade o sentimento é mais complexo e delicado que isso.

Estas pessoas esconderam-se atrás de folhas de papel para dizerem o que realmente desejavam. Admitiram em frases escritas o que sabiam que não admitiriam na vida real. Tiveram de ignorar o seu medo e sua insegurança para que estas cartas fossem enviadas e chegassem a seu destino.

São nove crimes cometidos por réus confessos.

Nove destinos mudados.

São nove cartas.

16 de Outubro de 2021 às 19:23 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo O Crime de Natasha

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 10 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!