vatrushka Vatrushka

Os anos inevitavelmente se passaram para a turminha... E o início da vida adulta trazem com ele inúmeras crises existenciais. Denise, agora cursando Jornalismo, busca reescrever e compreender sua própria narrativa. Talvez ela não queira continuar sendo apenas uma personagem secundária. Talvez, ela não esteja mais tão disposta a aceitar este rótulo. E foi assim que ela se rebelou. E esta é a sua história. *Fanfic de TMJ *Também publicada nas minhas contas do Nyah!, Spirit e Wattpad


Fanfiction Comics Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#marina #franja #fanfiction #fic #fanfic #xabeu #xaveco #crise #espaço-sideral #cabeleira-negra #denise #young-adult #faculdade #espaço #turma-da-monica #turma-da-monica-jovem #tmj #brilho-de-um-pulsar #açao #aventura #astronauta #amizade
0
2.6mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Embarque

Dora e eu paramos na frente da nave.

— Denise? — Ela perguntou, receosa. — Ainda está aqui, né?

— Aham. — Foi o que consegui responder, ainda completamente boquiaberta.

Ainda estava encantada demais com o nível da tecnologia na minha frente para conseguir articular qualquer frase completa.

— Está começando a me preocupar... — O semblante da Dora preocupou-se ainda mais. — Você sem falar não é você... O que aconteceu? Não é o Lorde Coelhão de novo não, né?

Com uma risada histérica, saí de meu transe. Me voltei à minha amiga, aos pulinhos. — Eu. Não. Creio!!

Dora riu, aliviada. — Bom... Pelo menos voltou ao normal.

A ficha pareceusócair ali, na hora de embarcar. Estávamos oficialmente entrando em uma das naves mais modernas e revolucionárias de viagens interestelares: Chronos. Nem em meus sonhos teríamos condições de bancar uma viagem daquelas.

Quando vi no Instagram do Astronauta a atividade de extensão que realizariam em parceria com a minha faculdade, então... Quase morri. Obviamente fui a primeira a me inscrever.

Fiz das tripas coração pra conseguir passar. Dora também, pra minha alegria — a viagem ficaria ainda melhor com sua companhia.

— Ai meu Deus. Ai meu Deus. Ai meu Deus. — Murmurei, com minhas mãos em minha cabeça.

— Calma, amiga. Calma. — Sua mão tocou no meu ombro. — Lembra da meta: não enfartar antes dos 30.

— Ok. Ok. — Respirei fundo.

Só estava tentando não entrar em pânico com a ideia de que aquela era a oportunidade de minha vida.

Como uma estudante de Jornalismo, minhas perspectivas de emprego são no mínimo... Difíceis. Preciso de alguma coisa, qualquer coisa, que me destaque da concorrência.

Mas fazer uma reportagem? Ali?! Antes de qualquer um?! Ia mudar completamente ocursoda minha carreira!

Chronos não era nada como o Cruzador Espacial Hoshi, que tinha recebido a minha turma em uma excursão escolar de anos atrás. Não. Não se tratava de uma metrópole no meio do espaço. As atividades do Chronos ainda eram uma incógnita para a maioria. As autoridades davam uma desculpinha de “é uma nave direcionada à exploração espacial”, mas eu não caio nessa.

É uma explicação simplista demais pra um investimento repentino tão grande.

Tem mais coisa envolvida nisso sim. E eu vou descobrir o que é.

Se não, não me chamo Denise.

Ergui minha postura. Tossi, recompondo-me. — Profissionalismo, Dora. Profissionalismo.

Ela riu. Como se fosse ela que estivesse surtando. — Vamos entrar? — Ofereceu. — Seria uma pena se perdêssemos a viagem a esta altura do campeonato.

Cedi, entrando com ela na nave.

Adeus, Limoeiro. Você sempre foi pequeno demais pra mim.

16 de Março de 2021 às 01:17 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo Encontro

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 8 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!