L
Luís Eduardo Ferraz


Em 2120, o mundo está prestes acabar por desastres naturais, guerras civis ocorrendo pelo mundo, a população está na miséria e apenas cabe ao governante do mundo, General Fennic, liderar o mundo para a extração do planeta.


Pós-apocalíptico Para maiores de 18 apenas.

#guerras #ficção #apocalipse #politica #fimdomundo #2020 #tsunami #terremotos
Conto
1
1.5mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

2120

Dia 27 de janeiro de 2120

O mundo se encontrava no pior estado da história que a humanidade já viveu, temos pouco tempo de vida aqui na terra, em 2115 a falha de San Andreas se movimentou, ocasionou na destruição completa da Califórnia, a partir desse evento as placas tectônicas do mundo inteiro reagiram, elas sempre estiveram em movimento mas a partir dos eventos da Califórnia, todas as placas do mundo estão em uma movimentação intensa, por dia, o mundo inteiro sofre cerca de 100 tsunamis ao redor do mundo. Tivemos que reagir e defender a nossa população com a nossa tecnologia para evitar a destruição pelos desastres naturais. A partir do momento que todas as placas do mundo fazem o movimento transformante, o mundo jamais será o mesmo de antes. Nós construímos muros nas capitais do mundo inteiro, com o novo metal que os nossos pesquisadores encontraram no fundo do Oceano Pacifico, conhecido como Valtrox, o metal mais resistente do mundo inteiro. Com as construções desses muros nas capitais, as cidades pequenas sofreram uma grande desigualdade e uma alta taxa de morte. O nosso real objetivo com os muros era conter os terremotos, a partir do momento que o tremor começa, os muros com o metal Valtrox consegue estabilizar o tremor pelo chão impedindo que o epicentro se espalhe. O Valtrox é extremamente raro, nós apenas colocamos muros nas principais capitais dos países como por exemplo Paris, Londres, Washington, Berlim, Tokyo, Brasília e etc. Com toda essa desigualdade, iniciaram conflitos com o intuito de conseguir o Valtrox. Eu, General Fennic, consegui me eleger nas eleições de 2116, como Governador do Mundo.. Em cada país, coloquei um governantes de confiança que recebem as minhas ordens, apesar de alguns terem me traído para conseguirem o metal Valtrox para si. Minha situação não está nada boa, o meu objetivo é levar a população do mundo para fora da terra e começar uma nova vida em um novo planeta. Nós estamos estudando essa possibilidade já faz 4 anos e podemos fazer isso acontecer. Daqui a 15 minutos entrarei na sala do conselho para falar dos meus planos e de como vamos fazer isso acontecer.

15 minutos se passaram e General Fennic entrou na sala

General Fennic: Senhores, acredito que vocês se lembram do Plano Krieg. A construção de 4 naves, cada nave com a capacidade de 1 milhão de pessoas. Com o destino para um planeta que seja considerável para a vida humana. Durante 4 anos, estivemos estudando as naves e os planetas que podemos viver…

Um dos senhores do conselho o interrompeu e diz com o tom de dúvida:

Senhor do conselho: General Fennic, eu me lembro exatamente que o Plano Krieg constava a criação das naves para toda a população do mundo, você pretende deixar 3 bilhões de pessoas para morrer?

General Fennic: Senhor, deixe-me terminar de falar.. A Terra ela não vai durar 4 anos com as condições que estamos vivendo, para construirmos naves para toda a população do mundo inteiro, vai demorar décadas, Valtrox está mais cobiçado do que nunca e é extremamente raro encontrá-lo, eu passei 4 anos tentando achar uma forma de fazer a população inteira ser salva mas isso é impossível..

Senhor do conselho 2: Fennic, você se lembra porque foi eleito o governador do mundo?

General Fennic: Sim, eu me lembro, senhor.

Senhor do conselho 2: Depois que as potências mundiais caíram depois da terceira guerra mundial em 2077, todos os países se juntaram para colocarmos um único governante do mundo que evitasse o pior de acontecer, que todos os países iriam votar naqueles que confiavam. Mas para evitar que o absolutismo volte, decidimos manter colocar governantes nos países , mas quem irá decidir o futuro do mundo, as escolhas fundamentais sobre guerras, pandemias, crises é o governante do mundo e você foi escolhido por 137 países para esse papel, e é seu dever, sua obrigação achar uma forma de extrair o mundo.

General Fennic fala com um tom alto e com raiva:

General Fennic: Isso não é mais questão de política!! Estamos falando sobre evitar a extinção humana, não podemos salvar todos, estamos sendo realistas. Para construirmos naves para todos, vamos precisar de 500 mil toneladas de Valtrox, temos apenas 60 mil toneladas. Escutem, nós podemos salvar pessoas, se tentarmos salvar todos, vamos todos morrer aqui… Isso não é algo que eu queria, eu tentei achar outra solução mas apenas existe essa, meu dever como governante do mundo é salvar o máximo número de pessoas possíveis e esse é o máximo que podemos conseguir.

Os senhores do conselhos olham um para o outro com um olhar de que concorda com a fala de General Fennic, e perguntam:

Senhor do conselho 1: Existem 3 bilhões de pessoas, se vai ser apenas 5 milhões, de que forma você escolherá os 5 milhões para as naves?

General Fennic: Vamos selecionar os mais importantes para a colonização no novo planeta, ou seja, médicos, engenheiros, físicos, químicos, geólogos, biólogos e etc. Vamos selecionar uma boa parte deles, mas ainda vamos escolher alguns cidadãos comuns aleatoriamente.

Senhor do conselho 1: Em qual planeta nós vamos viver? e como chegaremos lá sendo que demoram anos para chegar em um planeta?

General Fennic: Um planeta chamado de Kepler- 186f. Ele tem as mesmas condições da terra, possuindo a mesma inclinação de 23 graus da terra, localizado em uma zona com temperatura ideal para a existência de água, oceanos, nuvens e calotas polares. Para chegarmos lá iria demorar 500 anos mas nós criamos a tecnologia de hiperpropulsor com o ressonador dinâmico com o Valtrox integrado. De 500 anos, nós vamos demorar apenas 80 anos.

Senhor do conselho 3: 80 anos? Acredito que o senhor tenha um plano para todos sobrevivermos a isso, governante..

General Fennic: Sim, senhor. Os meus cientistas estão construindo neste exato momento cápsulas para hibernação, não iremos morrer enquanto estivermos nessas cápsulas até o dia que chegarmos.

O conselho após ouvir todas as propostas do General Fennic, eles falaram com tranquilidade:

Senhor do conselho 1: General Fennic, apesar da escolha sobre deixar o resto da população para morrer na Terra, com os seus argumentos, conseguimos notar que infelizmente esse é o único jeito e você tem a nossa aprovação para continuar com o projeto. Não falhe, o destino da humanidade, está em suas mãos.

General Fennic: Não irei, senhor. Obrigado a todos pela confiança.

Após a reunião com o conselho, Fennic saiu da Sala do Conselho e foi para a sua sala para continuar estudando o Plano Krieg, e tentando fazer o possível para manter a população viva por enquanto. E quando chegou na sua sala, o seu irmão estava lá, Joseph Fennic.

General Fennic: Joseph? Pensei que você estava em alguma missão na Inglaterra, uma surpresa ver você.

Joseph responde rindo e sorrindo:

Joseph: John...John… até parece que não queria me ver, e pelo visto ainda continua sério desde quando entrou nesse cargo. Voltei da operação de Londres, os babacas rebeldes tentaram invadir a cidade de novo para conseguir o Valtrox, a cada dia que passa eles estão piores.

General Fennic: Eu estou no cargo mais importante do mundo e estamos vivendo o pior momento da história, então sim, estou sério. Os rebeldes estão fazendo isso para sobreviver, não existe Valtrox suficiente para construir muros para todos. Não mate eles, apenas prenda.

Joseph ao ouvir isso, pega um whisky que estava carregando e coloca dois copos na mesa de General Fennic e diz:

Joseph: Você está se importando demais com todos, mas você sabe mais que qualquer um que não tem como salvar todos. O Plano Krieg não vai salvar os rebeldes, John…

General Fennic: As vezes eu penso que quando o Plano Krieg for executado, eu deveria me matar. Não vou aguentar viver por muito tempo com sangue de mais de 3 bilhões nas minhas mãos…

Joseph ao ouvir isso assustado e diz:

Joseph: John?! Olha o que você está falando!! Você vai ser o responsável por salvar a humanidade da extinção, você além de ser o criador do plano, você ainda é o líder das pesquisas. Você está fazendo isso para a humanidade sobreviver, e você deve se orgulhar disso, não se culpar.

General Fennic: Você sabe qual é a sensação de fingir que está tudo certo? Fingir que eu estou bem com essa decisão? Foi o que aconteceu com o conselho, eu tive que fingir que eu estou disposto para esse Plano, porque infelizmente é literalmente o único jeito.

Joseph: Acho que todos os governantes se sentem dessa maneira, John. Você está fazendo o melhor que pode e está fazendo a coisa certa.

General Fennic: Bom, eu tenho que trabalhar, preciso falar com o Dr Russel sobre as naves.

Joseph: Ei! eu tenho uma perguntinha, porque o Governo Mundial fica aqui no Brasil?

General Fennic: O Brasil é o único país do mundo que não tem placas tectônicas, mesmo com as movimentações intensas, ele ainda continua ‘’salvo’’ apesar de recebermos tsunamis nos litorais diariamente. Mas estamos em Brasília, é o lugar mais seguro que poderíamos estar.

General Fennic saiu da sala e foi para a área das construções das naves. 2 naves já estavam construídas, apenas falta a instalação do hiperpropulsor. Enquanto as outras 2 naves ainda estão sendo montadas. O grupo que está trabalhando é do mundo inteiro, Japão, Estados Unidos, Inglaterra, China, Rússia e estão fazendo o mais rápido possível.

General Fennic: Dr Russel, relatório da situação

Dr Russel: Senhor, duas de nossas naves já estão prontas, com a parte externa feita de Valtrox e com capacidade para 1 milhão de pessoas. Já foram criadas 680 mil cápsulas, o único problema é que talvez vai faltar Valtrox para a construção dos quatro Hiper Propulsores. O ressonador dinâmico necessita de mais Valtrox do que calculamos para fazer a frequência.

General Fennic começa a ficar ansioso e frustrado com o que está acontecendo e diz:

General Fennic: Precisam de mais Valtrox?! Dr Russel você garantiu que os cálculos estavam certos!! Puta merda, quantos precisam?

Dr Russel: Desculpa, senhor, acredito que a pressa fez nós errarmos. Precisamos de 15 toneladas de Valtrox, cada nave precisa de 5 toneladas. A primeira nave já está instalado o hiperpropulsor, faltam 3… A nossa previsão para a construção completa das naves é de 9 meses

General Fennic: 9 meses?! Então não pare de trabalhar, quero todos , sem exceção trabalhando nessas naves até acabar!! Eu quero isso pronto o mais rápido possível!! Eu mesmo vou arrumar os Valtrox.

3 de fevereiro de 2120

Enquanto isso em Miami, os rebeldes lutam para sobreviver. Enquanto o governo não dá suporte e os desastres naturais ocorrem, eles tentam lidar sozinhos. Em Miami, a líder rebelde é a Mila Grown, ela é a mulher que está ajudando todos a sobreviver. A cidade de Miami, ela costumava ter os muros, mas no dia 12 de novembro de 2119, um tsunami de 500 metros de altura acabou com os muros e a cidade inteira. O Governador da Flórida foi morto durante o desastre. Mila e outros rebeldes conseguiram sobreviver por causa de um bunker no subsolo que eles encontraram a tempo para se esconder, e sobreviveram por causa disso. Depois disso tudo, os rebeldes tomaram Miami e lá eles tentam sobreviver da maneira que podem. E agora, o objetivo deles é conseguir reconstruir os muros novamente, ou seja, conseguir o Valtrox. Mila está criando um plano para se infiltrar em Atlanta para ter a posse de Valtrox.

Mila: Escutem todos, a vida normal não vai existir mais, nós vamos ter que nos adaptar a vida que estamos vivendo agora. Não é mais questão de ser feliz, ou de ser confortável, agora é questão de sobreviver. O nosso governante mundial não salvou o povo!! Apenas está valorizando os de alto escalão, dando oportunidade a sobreviver. E nós estamos aqui lutando e é por isso que para termos os mesmos direitos, precisamos ter a posse de Valtrox..

Um rapaz diz com um tom de dúvida:

Rapaz: Mila, como nós vamos conseguir o Valtrox? Ele só é encontrado nos oceanos, no fundo dos oceanos.

Mila: Não vamos encontrar, vamos roubar... de Atlanta. Nós vamos nos infiltrar para conseguirmos ter uma quantidade suficiente para construir os muros aqui em Miami.

Os outros começam a aumentar o tom de voz :

As pessoas: Não! É impossível!! Não tem como!!

Mila: Pessoal...Pessoal… se acalmem. O motivo de ninguém ter conseguido ter a posse de Valtrox é porque eles tentavam invadir, achavam que era uma guerra. Mas o que precisamos fazer para conseguir é ir silenciosamente

O amigo dela, Arthur, diz:

Arthur: Mila… você tem filho, você não pode se arriscar em uma missão dessas. O Governo Mundial dá equipamentos, armas de alto nível para os soldados para defenderem o Valtrox, é suicídio.

Mila grita com um tom de raiva e diz:

Mila: Vocês preferem morrer por terremotos?! Tsunamis?! Ou morrer por tentar lutar para se salvar?! O meu filho ficará protegido no Bunker com os outros, Arthur. Se eu morrer, é para garantir a vida do meu filho, eu estou fazendo isso para salvar nossas vidas. Temos uma chance, eu preciso fazer isso. Meu filho precisa de um lugar para viver, todos precisamos…

Todos fazem um silêncio e Arthur diz:

Arthur: Eu vou com você

Sofia: Também vou com você

E mais 5 pessoas concordaram em ir também

Mila sorrir e diz:

Mila: A vida apenas acaba quando a gente desistir de lutar, e vamos fazer isso dar certo!! Então, o Valtrox vai se encontrar no Georgia Aquarium, por causa que o Valtrox apenas vai durar na água, nós temos ganchos aqui no Bunker, Vamos utilizar ele para subir o muro. Temos dois planos, o Plano A é que nós podemos entrar no Georgia Aquarium através de uma entrada ‘’secreta’’ que quando eu era adolescente, eu entrava por lá. E o Plano B é que Arthur e Sofia neutralizem dois guardas, coloque a roupa deles e entrem no Georgia Aquarium como se fizessem parte do Governo Mundial. Com todos lá dentro, vamos pegar o máximo de Valtrox possível e sair através de um barco que o Henry vai deixar para gente.

Arthur: Como podemos garantir que vai dar certo?

Mia: Não podemos, precisamos fazer para descobrir

Todos olham com medo mas dizem:

Todos: Vamos fazer

Todos se equipam, alguns pegam armas de fogo e outros pegam armas brancas. Existe um caminhão do exército que foi deixado para trás anos atrás e eles irão usar para ir até Atlanta.

Mila: Todos estão prontos?

Arthur: Um pouco nervoso mas sim

Sofia: Eu estou torcendo pra eu me encontrar com o Governador Stitch de Atlanta, pra eu matar aquele filho da puta.

Mila: Calma, Sofia. Lembre-se do nosso objetivo, o nosso foco não é ele. Bom, vamos nessa.

Enquanto eles estão a caminho para Atlanta, eles sentem um terremoto e Arthur diz:

Arthur: PARE O CAMINHÃO!! Se formos agora, as rodas irão cair.

Sofia: E se estivermos parado aqui, vamos morrer

Arthur: Talvez não

Mila: Ah...gente, olha para esquerda

A montanha estava prestes a explodir, o epicentro focou tanto na montanha que ela estava literalmente se mexendo.

Arthur: Agora sim, acelera!!

O caminhão acelera enquanto todos que estavam dentro apenas escutam um barulho de explosão

Mila: A montanha explodiu!! Eu nunca vi na minha vida a merda de uma montanha explodir, os restos vão alcançar a gente.

O chão treme, os restos da montanha vão caindo no chão e os rebeldes vão em direção a Atlanta para chegar o mais rápido possível, se passaram alguns minutos e o terremoto parou.

Arthur: Graças a deus. Pelo menos não vamos morrer agora

Eles chegaram em Atlanta, e logo viram os muros com cheio de guardas e Mila diz:

Mila: Vamos para as laterais dos muros, iremos usar os ganchos

Eles foram para as laterais silenciosamente, sem nenhum sniper ver eles e quando chegaram. Jogaram o gancho e escalaram, Mila foi a primeira a subir, mas quando ela subiu, deu de cara com um guarda

Guarda: Mas que merda?!

Mila foi pra cima dele, segurou ele e empurrou ele para fora do muro, e os outros mataram ele quando caiu no chão. E Mila diz:

Mila: Arthur, pega a roupa dele, nós vamos precisar. Essa foi por pouco

Arthur: Certo!

Todos escalaram os muros, o Georgia Aquarium ficava 1,5 Km de onde eles estavam

Mila: Não podemos ir pelas ruas, eles vão saber que não somos de Atlanta, vão saber que somos rebeldes.

Sofia: Podemos ir pelos prédios, até chegar no Georgia Aquarium

Arthur: Mas e se um dos moradores ver a gente?

Mila: A gente neutraliza eles

Arthur: Ah..é..só isso, simples assim

Eles entram de prédio em prédio para chegar no Aquarium, quando eles estavam no ultimo prédio, eles escutaram um barulho de porta abrindo e todos se esconderam para tentar neutralizar ele mas quem abriu a porta foi o Joseph Fennic

Arthur fala sussurrando:

Arthur: Esse é o Joseph Fennic? o irmão do governador mundial?!

Sofia: O Próprio

Mila: Quietos!! Silêncio

Joseph se despedia de alguém no apartamento e disse:

Joseph: É bom ter uma conversa com alguém que entende de negócios, velho amigo.

Mila: Ele foi embora

Arthur: Meu deus... o irmão do governador está aqui!! Dizem que ele não tem piedade com rebeldes, não podemos continuar com a missão

Mila: Arthur!! Se acalme!! Se o plano vai continuar com você ou não, nós já estamos aqui , eu não vou desistir por causa disso.

Arthur: tá... ai merda, eu vou

Sofia: Vamos logo, o Georgia Aquarium já é ali na frente

Quando eles chegaram no Georgia Aquarium, Sofia vestiu a roupa de um guarda que ela neutralizou em um dos prédios. E assim começa os planos

Mila: Certo, Arthur e Sofia, vocês já estão vestidos de guardas e agora o plano é, vocês vão para a entrada e vão entrar e fingir que são deles.

Arthur: E se eles desconfiarem que é a gente?

Mila: Eles não vão, eles estão acostumados com ataques diretos de rebeldes, eles nunca vão esperar que rebeldes se infiltrem e roubem um uniforme deles, não se preocupe.

Arthur: Espero que sim

Mila: Certo, eu, Henry e a Jessica vamos tentar entrar pela entrada que eu tinha feito quando era adolescente, espero que ainda esteja lá

Arthur: Eu nunca ouvi a voz da Jessica, ela fala?

Jessica: Eu presto atenção no que os outros falam para eu fazer um trabalho bem feito, eu era do exército

Arthur: Faz sentido

Todos estão prontos para o plano se iniciar, o grupo de Mila foi para trás do Georgia Aquarium silenciosamente e acharam a entrada que Mila falou, porém ela estava bloqueada

Mila: Merda! A única forma da gente conseguir abrir seria se a gente atirasse na grade com alguma arma, mas vai chamar atenção de todos...

Jessica: Eu tenho uma pistola silenciada, relaxa

Jessica atira na grade e consegue abrir

Mila: Boa!! Vamos nessa..

Enquanto isso, Arthur e Sofia vão em direção para a entrada do Georgia Aquarium e Arthur sussurra:

Arthur: Tem muitos guardas para um Aquarium

Sofia: Valtrox precisa ser protegido com armas até os dentes, escuta, se eles perguntarem em qual unidade a gente é, nós respondemos que somos a de Companhia de Comunicações Blindada

Arthur: Como você sabe das unidades?

Sofia: Eu vi nos uniformes dos dois, eles são da mesma unidade, apenas responda isso, se eles perguntarem

Os dois chegam perto da entrada, e quando eles estão prestes a entrar, um Oficial aparece e pergunta:

Oficial: Qual intenção vocês têm para entrar no Georgia Aquarium?

Sofia: Proteção do Valtrox, senhor

Oficial olha para eles com desconfiança e diz:

Oficial: Estranho, nenhum dos meus homens entrou no Georgia Aquarium com uma intenção tão simples como essa, a que unidade vocês servem?

Arthur: Companhia de Comunicações Blindada, senhor

Oficial : A quem vocês respondem?

Joseph: A mim, deixe eles entrarem

Joseph Fennic aparece atrás deles, e Arthur e Sofia, mesmo com os capacetes, deu pra perceber os olhares de nervosos quando viu o Joseph.

Oficial: Sim, senhor

Os 3 entram no Aquarium e se deparam com Mila, Jessica e Henry de refens no chão. Arthur grita:

Arthur: Pessoal!!!!

Joseph pega uma arma dá uma coronhada nele e na Sofia

Joseph: Vocês realmente acham que eu sou algum tipo de idiota? Em que ano vocês acham que estamos? 2020? Meu celular captou a voz de vocês o tempo inteiro desde quando eu estava no apartamento. Vocês rebeldes, me dão nojo, o Governador Stich já está puto com os rebeldes invadindo, e vocês tem a ousadia de tentar se infiltrar na cidade dele?

Sofia: Quanto ele pagou para você dizer isso?

Joseph olha para a cara de Sofia rindo:

Joseph: Ele não precisa me pagar nada para eu dizer a verdade, não é, senhora Sofia Sitch? Ele diz que você é a maior decepção dele, e com razão..E sim, ele me pagou, mas não para dizer isso mas para fazer isso

Joseph puxa a pistola e atira na cabeça de Sofia

Mila: Não!!!! Seu filho da puta, eu vou matar você!!!!!

Arthur não consegue ter reação, e olha para o corpo da amiga e não consegue dizer uma palavra, apenas chora sem dizer nada. Jessica se controla para não chorar e Henry não consegue olhar para o corpo.

Joseph: O que foi? Não se preocupem, não vai ser apenas ela que vai receber esse tiro

Quando Joseph apontou a arma para o Arthur, todos escutaram um barulho de explosão , foi na entrada do Georgia Aquarium, começaram a ouvir tiroteios e gritaria.

Joseph: Mantenha eles de reféns, eu vou ver o que está acontecendo

Quando Joseph saiu do Aquarium, o General Fennic e um exército de guardas começaram a atirar nos homens de Atlanta.

Joseph grita:

Joseph: JOHN!!! QUE PORRA VOCÊ ESTÁ FAZENDO?

General Fennic: Salvando a humanidade, como você mesmo disse

E em seguida atira no próprio irmão. E General Fennic grita:

General Fennic: Tragam o Governador Sitch para mim, agora!!!

General Fennic e seu esquadrão eliminaram todos os homens do Governador Sitch. E em seguida eles entram no Georgia Aquarium e acontece um tiroteio, mas no fim os homens do Governador Stitch foram todos mortos e General Fennic olha para os rebeldes reféns e diz:

General Fennic: Vocês são os rebeldes, não é?

Mila responde frustrada:

Mila: Sim..nós somos, vai matar a gente agora igual o merda do seu irmão?!

General Fennic pergunta com um tom de tristeza:

General Fennic: Porque vocês queriam o Valtrox?

Mila: Não é óbvio?! Para construir os muros que VOCÊ apenas privilegiou os políticos e os ricos.

General Fennic: Fique com a Atlanta, reúna o máximo número de pessoas para trazer elas para cá, salve todas elas. Desde o início das construções dos muros, sabíamos que iriam existir cidades que iriam ficar de fora dos muros por causa da falta de Valtrox, mas o objetivo era que os governadores dos estados abrigasse o máximo número de pessoas, mas governadores como Stitch causou conflitos como é o seu caso.

Mila: E porque só começou a agir sobre isso apenas agora?

General Fennic ficou em silêncio

Mila: Como sempre, a política é dominada por apenas interesses, não para ajudar a população.

Mila e seu grupo levaram o corpo da Sofia e foram buscar os outros em Miami para trazer para Atlanta. Enquanto General Fennic saiu do Aquarium e lá estava o Governador Stitch sendo capturado pelos homens de Fennic. E grita para todos que estão presentes

General Fennic: Governador Michael Stitch, antes de eu dizer porque eu estou aqui. Eu gostaria de perguntar, você acha que o seu governo ajudou pessoas?

Governador Stitch responde com medo:

Governador Stitch: Eu ajudei o Governo Mundial com o Valtrox, salvei o meu povo dos rebeldes!!

General Fennic olha para ele sem acreditar no que ele estava falando e grita com raiva:

General Fennic: Você é o responsável pelo atraso do Plano Krieg, seu merda! Você vende Valtrox para as organizações criminosas para fabricarem armas de Valtrox, e ganha dinheiro com uma porra dessas! Estamos na merda do mundo, o mundo vai acabar e vocês vermes se preocupando com dinheiro

General Fennic cospe na cara do Stitch

General Fennic: Eu confiei em você nesse cargo, Stitch. O Dr Russel disse que faltava Valtrox para as construções das naves e tudo porque você estava roubando Valtrox?! Demorei dias para descobrir isso. Você sabe o que acontece com traidores do Governo Mundial, não é?

Governador Stitch responde tremendo, chorando:

Governador Stitch: Por favor John... Eu tenho família, eu fiz isso por eles, fiz isso para poder ter comida e água em Atlanta. Eu entregava o Valtrox e em troca eles me entregavam o básico para a população!! Eu juro!!

General Fennic: Você me traiu, traiu sua família, traiu seu planeta e ainda mente de novo na minha cara. VOCÊ MANDOU MATAR A SUA PRÓPRIA FILHA! JÁ CHEGA

General Fennic pega o Stitch e começa a espancar ele, segura ele e começa a bater nele nos carros, em postes. Espancou ele até sangrar muito e disse:

General Fennic: Qual organização criminosa você entregou a maioria dos Valtrox?!

Stitch responde:

Stitch: Yakuza..

Guarda: Como vamos saber se ele não está mentindo?

General Fennic: Ele não está, vamos

General Fennic atira no Stitch e mata ele. E em seguida ele vai até o seu irmão que foi baleado que ainda está vivo e diz:

General Fennic:Você vai viver, Joseph. Mas vai preso pelo resto da sua vida, eu não esperava que você era da laia do Stitch.

Joseph: Eu...fiz isso para viver…

General Fennic: Levem ele, vamos para o Japão.

Passaram alguns meses, General Fennic mandou um exército para o japão para pegar o Valtrox da Yakuza, foi um massacre. Ele conseguiu cerca de 150 toneladas de Valtrox e é mais do que suficiente para a construção dos hiperpropulsores.

17 de Junho de 2120

General Fennic vai em direção para a área das construções das naves com os Valtrox e entregar para o Dr Russel e diz:

General Fennic: Aqui está o Valtrox que você pediu, agora é o suficiente, não é?

Dr Russel: Sim!! Isso, as naves já estão prontas, senhor. Apenas falta a construção dos Hiperpropulsores. A nossa previsão para o lançamento das naves era em outubro mas agora podemos lançar já no final de julho!!

General Fennic sorri e diz:

General Fennic: Meu deus...então comece a trabalhar, doutor. Que temos uma chance de sair desse planeta.

Após a conversa com o Dr Russel, General Fennic foi em direção ao conselho do Governo Mundial para atualizar sobre o assunto

General Fennic: Senhores, eu tenho ótimas notícias sobre o Plano Krieg. As naves já estão prontas, faltam as construções de 2 hiperpropulsores apenas, a previsão de lançamento já é no final do mês que vem!

Os senhores do conselho escutam o que o General Fennic diz e sorri:

Senhor do conselho 1: Bom trabalho, governador. Agora você sabe qual é o próximo passo, que pode parecer o mais fácil, mas vai ser o mais difícil. Escolher quem vai para as naves.

General Fennic fica em silêncio por alguns segundos e depois diz:

General Fennic: Eu irei fazer uma transmissão ao vivo para o mundo todo para falar sobre

Senhor do conselho 2: Cuidado com o que você vai dizer, General.

General Fennic: Eu sou o governador do mundo, é meu dever fazer isso.

General Fennic sai da sala do conselho e vai em direção e começa a se preparar para a transmissão.

Assistente do General Fennic pergunta:

Assistente: Está nervoso, senhor? Está tremendo

General Fennic angustiado responde:

General Fennic: Sim, eu estou prestes a fazer o maior pronunciamento que um governante já fez para o mundo, então...é, estou nervoso

Assistente: Senhor, não tenha medo de falhar. A população está com você sempre, eu lembro de quando você entrou no governo e eu vejo como você melhorou tanto, suas decisões, tudo. É assim que acontece a evolução do ser humano, com erros.

Após ouvir o que a assistente falou, Fennic começou a refletir e disse:

General Fennic: Ser humano evolui com os erros...do que adianta eu escolher os melhores sendo que não vai existir evolução da humanidade? Comece a transmissão, vamos

General Fennic se preparou, e a transmissão está prestes a começar:

Câmera: Transmissão iniciando em 3...2...1….e começou

General Fennic: Cidadãos do mundo inteiro, quem está falando é o Governador Do mundo, estou aqui para falar sobre a atual situação que nós estamos vivendo e o nosso plano para resolver. Gostaria de dar os meus sentimentos para todas as vítimas dos desastres naturais, perdemos bilhões de pessoas. Nós do governo mundial desenvolvemos o Plano Krieg, que é a construção de 4 naves com capacidade de 1 milhão de pessoas cada, naves que vão ser direcionadas para o planeta Kepler - 189f, com as mesmas condições da terra. Estamos evacuando a terra, o nosso mundo não vai sobreviver nos proximos anos. Estamos vivendo o pior momento que a humanidade já viveu. Não iremos privilegiar ninguém, qualquer pessoa que chegar nas naves, poderá ir. Infelizmente, nem todos irão poder evacuar, mas aqueles que chegarem e ter espaço, estarão nas naves. Vai existir uma nave nos Estados Unidos, uma na Inglaterra, uma no Brasil e outra no Japão. Desejo a todos boa sorte, o governo mundial não é o melhor governo, eu não sou o melhor governante e nós falhamos com vocês. Aqueles que conseguirem entrar nas naves, façam a humanidade ser boa novamente. Aqueles que não conseguirem entrar, olhe para o seu familiar, seu amigo que seja, e diga pela ultima vez as ultimas palavras. Aproveite os últimos momentos de vida, ame e perdoe aqueles que viveram com você, vocês não serão esquecidos, nunca. Boa sorte a todos,e mais uma vez, desculpa por falharmos. Vejo vocês no dia 27 de Julho.

Câmera: Transmissão encerrada..

Todos que estavam presentes ficaram em silêncio e o General Fennic continua sentado na cadeira e depois diz:

General Fennic: Que Deus tenha piedade de nossas almas…

Após a transmissão, o conselho após ter visto isso, convocou uma reunião com todos os governantes do mundo. Incluindo, o próprio General Fennic.

Senhor do conselho 1: General Fennic, qual a sua defesa do que você disse para o mundo hoje?!

General Fennic: Eu estou sendo um governante que eu deveria ter sido desde quando começou o meu mandato. Um governante que tá sendo justo com a população, é o dever do governante do mundo fazer a melhor decisão para o mundo, não é, senhor?

Senhor do conselho 2 : Nós queríamos que o Plano Krieg fosse para todos, mas já que é limitado para apenas 5 milhões, o ideal seria reunir 5 milhões de pessoas úteis ao invés de pessoas comuns que não irão acrescentar em nada!

General Fennic: A humanidade evolui com erros. Olha como os seres humanos estão hoje em dia, cheios de tecnologia, inteligência, mas a arrogância permanece desde os primórdios. Não damos chance aos mais pobres, e sempre privilegiamos os ricos. Me diz, um rico que sempre vai ser privilegiado vai ter empatia pelo mais pobre? ou vai sentir nojo? O poder transforma o homem em um ser arrogante. Eu não vou permitir que a nova vida no novo planeta cometa o mesmo erro que nós cometemos. Eu como Governante eu falhei em dar atenção apenas aos privilegiados, construindo muros apenas nas capitais e colocando governantes de merda.

O governante de Londres gritou:

Governador Lewis: Você traiu o Governo Mundial quando você matou o Governador Stitch!! Tirem esse homem do poder, senhores do conselho, ele não merece estar no cargo.

General Fennic: Porque? a Yakuza parou de pagar você igual o Governador Stitch? Estamos vivendo na porra do fim do mundo e vocês se preocupando com dinheiro! O DEVER DE VOCÊS COMO GOVERNANTES É VALORIZAR A VIDA DA POPULAÇÃO E NÃO PRIVILEGIAR!!. Eu foquei tanto no Plano Krieg, no Valtrox e em vocês governadores, que eu não dei atenção para o momento atual que a população vive. Esse não é um momento para existir conflitos, de brigas. Se vocês querem que a humanidade vá viver, por favor, apenas permita que qualquer pessoa possa entrar nas naves. Precisamos nos unir…

Todos ficam em silêncio mas o Governador de Paris grita:

Governador Luis: Eu apoio!

E outros governantes gritaram a mesma coisa

Governantes: Eu apoio!!

O Conselho olha para todos e dizem:

Senhor do conselho 1: Então está decidido, todos que chegarem irão poder entrar na nave, não importando a sua classe social.

General Fennic sorri e diz:

General Fennic: Obrigado, senhores. Estamos fazendo a diferença, estamos evitando a extinção humana. Agora preciso que todos me escutem com atenção...temos que nos preparar para o dia do lançamento, bilhões de pessoas irão querer entrar e nós vamos precisar nos preparar para controlar a população. Aqueles que ficarem na Terra, irão poder permanecer nas capitais com os muros Valtrox, seja em Brasília, Paris, Londres. Vamos dar pelo menos uma chance para sobreviver. No dia do lançamento, eu irei estar na nave do Estados Unidos, o conselho irá decidir onde o resto de vocês ficará.

Enquanto isso em Atlanta, Mila e seu grupo assistia a transmissão do General Fennic:

Mila: Meu deus… temos uma chance de sair desse planeta, estão ouvindo isso?!

Arthur comemora e diz:

Arthur: Meu Deus!!! Graças a deus, vamos ter uma vida normal novamente!!

Jessica: Pessoal..são apenas 5 milhões de pessoas que irão poder ir, nós vamos ter enfrentar o inferno para chegar lá…

Mila: Nós vamos, vamos tentar.

Mila olha para o seu filho de 3 anos e diz:

Mila: Você vai ter a chance de ter uma vida, Ted..eu prometo a você

20 de Julho de 2120

Faltando 7 dias para o lançamento das naves, General Fennic foi visitar o irmão, Joseph Fennic, na prisão.

General Fennic: Como você está, Joseph?

Joseph olha para o General Fennic com ódio e diz:

Joseph: O que você acha? Meu próprio irmão me traindo, atirando em mim!

General Fennic: Foi necessário, você estava apoiando políticos corruptos, vendendo Valtrox e atrasando o Plano Krieg!!

Joseph ri e diz:

Joseph: Você realmente acha que eu estava apoiando aquele nojento do Stitch?! Eu apenas fiz acordos com ele para ganhar reputação no Governo Mundial, meu irmão é o governador do mundo e eu sou o que? a porra de um soldado? Mesmo sendo seu irmão, não ganhei promoções e nem nada.

General Fennic responde com um tom de surpresa:

General Fennic: Joseph...porque você não falou comigo sobre isso? Não se ganha cargos fazendo corrupção, eu poderia ter te ajudado!

Joseph: Não...não queria que sentisse pena de mim

General Fennic: Joseph, você ainda tem a vaga nas naves, recomece a sua vida e faça ela valer a pena dessa vez, eu sei que você é uma pessoa competente, a melhor coisa que a vida pode trazer é as suas conquistas, e não fazendo jogo sujo.

Joseph fica calado e olha para os olhos do John Fennic, seu irmão. E depois diz:

Joseph: Desculpa por tudo que eu fiz, é culpa minha o plano Krieg ter atrasado, meu deus, me desculpa.

John Fennic: Está tudo bem, você é meu irmão, e eu conheço você e eu tenho certeza que é uma pessoa boa.

John Fennic solta o irmão da cadeia e diz:

John Fennic: Vejo você no dia 27, na nave de Miami.

Joseph sorri e diz:

Joseph: Sim...senhor

Dia 27 de Julho de 2120

Chegou o dia do lançamento das naves, General Fennic e Joseph já estavam na nave de Miami. Existia cerca de 20 de milhões de pessoas na espera para abrir as portas da nave

General Fennic: São muitos, não sei como vamos conseguir controlar a multidão…

Joseph: Usando a técnica militar, ou seja, por ameaça.

Enquanto isso Mila, seu filho, Jessica e Arthur já estavam lá esperando o comando da abertura das naves

Arthur: São muitos..como vamos conseguir ser os primeiros 5 milhões?!

Jessica: Estão todos armados, não é? Daqui a pouco isso vai virar um mar de sangue, ou o Governo Mundial vai começar a atirar primeiro ou os cidadãos.

Mila: Vamos apenas esperar..

General Fennic entra em contato com os governadores para permitir a entrada para as naves. E após isso ele diz para o Dr Russel:

General Fennic: Dr Russel, está na hora do povo conhecer a sua obra de arte.

Dr Russel: Sim, senhor.

General Fennic usa o auto falante da nave e diz para a população do mundo inteiro:

General Fennic: População da Terra, estamos aqui para o lançamento do Plano Krieg. Apenas 5 milhões de vocês irão conseguir entrar nas naves, aqueles que não conseguirem, TODAS as capitais estarão a favor de vocês usarem com o muro de Valtrox. Peço para que não aja violência. Por favor, abram as portas.

As portas foram abertas e a população começa a correr para entrar na nave, existe o contador em cima da nave mostrando quantos já entraram. Os guardas estão utilizando a ameaça para controlar a população, ou seja, apontando a arma.

Guarda: Se alguém der mais um passo na frente da nave, vai ser morto! Um de cada vez!

Só que obviamente não deu certo, e a população começou a avançar muito e começaram a derrubar os guardas.

General Fennic: Puta merda! Mandem Guardas blindados para as entradas, agora!!

Dr Russel: Senhor..você precisa ver isso

General Fennic: O que?!

General Fennic olha para o computador e fica pálido..

Arthur: Eles estão avançando demais!! Não vamos conseguir chegar a tempo!!

Mila fica em silêncio e olha para os céus e presta atenção nos ventos fortes e depois diz:

Mila: Tem um tsunami vindo até aqui

Jessica: O que?!

Arthur: Tá de sacanagem?!

Mila: Vamos sair daqui!!! Vamos achar o nosso antigo bunker!!

Mila grita para a população:

Mila: TEM UM TSUNAMI VINDO PARA CÁ, SAIAM DAQUI AGORA!!!

Mas ninguém deu atenção porque todos estavam preocupados com a nave. Mila pega o seu filho e corre para tentar achar algum lugar seguro para o tsunami, e Arthur e Jessica vão atrás.

General Fennic: Meu deus do céu. Qual o tamanho do Tsunami?!?!

Dr Russel: Cerca de 200 metros, senhor

General Fennic: Preciso avisar para eles!!

Joseph: John, se você disser, todos eles vão tentar entrar aqui na nave

General Fennic: A vida deles é a minha responsabilidade

General Fennic usa o auto falante e diz:

General Fennic: Um tsunami está vindo para cá!! saiam daqui agora, se protejam. Repito que o tsunami está vindo para cá, saiam todos!!

A população após ouvir isso, a maioria tentou entrar na nave mas alguns tentaram correr para os prédios. Já entraram cerca de 950 mil pessoas na nave.

Dr Russel: Senhor! Precisamos partir agora!! o tsunami já está vindo

General Fennic: Não!! A nave vai aguentar o impacto do tsunami, nós apenas iremos embora quando tiver 1 milhão de pessoas!!.

Dr Russel: 980 mil!!

Joseph: John!!!!! Eu estou vendo o tsunami!!

General Fennic: Fechem as portas!!!

No momento que se fecharam as portas, o tsunami chegou e bateu na nave e o impacto foi muito grande, mas a nave ainda ficou intacta. As pessoas dentro da nave desesperadas, rezando para que a nave resista.

Enquanto isso Mila e seu grupo desesperados foram em direção ao bunker que eles ficavam, mas o tsunami estava quase chegando neles e eles estavam perto. Mila chorando diz:

Mila: Não olhe para trás, filho.

Arthur: Estamos perto!!!!

Quando eles chegaram no bunker, o tsunami já estava na cola deles e ninguém iria sobreviver, mas o Arthur empurra Jessica e Mila com o seu filho para dentro do bunker e ele acaba sendo levado com o tsunami e é morto.

Mila: Arthur!!!!!!!!

Jessica: Meu deus….. não não… por favor…

Elas estavam protegidas no bunker mas elas viram o seu amigo morrer na frente delas..

General Fennic: Nós só vamos partir até eu mandar!! Quantos mortos pelo tsunami, Russel?!

Dr Russel: Pelo computador, diz que 8 milhões foram mortos…

General Fennic: Meu deus... isso é culpa minha..8 milhões estão mortos por tentarem viver….Deixe o tsunami passar, e abra as portas novamente, vamos embora até chegar 1 milhão.

Dr Russel: Sim, senhor….

Enquanto isso, Mila e Jessica estão desesperadas por acharem que já é o fim, que tudo que tinha que dar errado, deu.

Mila: Perdemos a Sofia, Henry pelo terremoto e agora o Arthur?!

Jessica: Eu ainda não consigo acreditar que ele se foi…

Mila: Vamos tentar chegar à nave… o Tsunami parou…

Jessica: Consegue nadar com o seu filho?

Mila: Tem alguma boia por aqui ou qualquer coisa que eu coloque ele em cima?

Jessica: Deixa eu ver...aqui! tem uma boia de barco

Elas saem do Bunker e a cidade inteira está inundada e tentam ir em direção a nave.

General Fennic: Abram as portas

Dr Russel: Sim, senhor

General Fennic: Quantas pessoas estão a bordo?

Dr Russel: 999.998

General Fennic: Entendido

Mila e Jessica nadam com todas as forças do mundo para tentar chegar na nave, quando elas estavam quase chegando na nave:

Mila: Isso!!! Ainda está aberto!!

Jessica: Vamos!!!

Jessica leva um tiro no braço por um homem que estava tentando entrar. Quando o homem estava prestes a matar Mila:

Mila: Não..Por favor, eu estou com meu filho…

Joseph Fennic dá um tiro na cabeça do homem e acena com a cabeça e depois diz:

Joseph: Vamos.. eu ajudo vocês..

Joseph ajuda Mila e seu filho a entrar na nave, e a Jessica também, apesar dela ter sido atingida, ela estava viva.

Dr Russel: Senhor!!! Alcançamos 1 milhão!!!

General Fennic: Então fechem as portas, e liguem os motores!!

General Fennic entra em contato com outras naves e autoriza a extração da terra.

A nave é ligada e ela vai em direção ao espaço. E a população na nave comemora com o sucesso da extração. As 4 naves neste momento estão indo em direção á Kepler-189f.

Dr Russel: Conseguimos, senhor!!! Conseguimos!!

General Fennic: Sim, Dr Russel, conseguimos..

General Fennic vai em direção para o pátio da nave, onde está toda a população e faz o seu discurso:

General Fennic: Senhores, vocês que estão aqui, são as pessoas mais sortudas da história da humanidade, deixamos uma grande parte da população para que a humanidade não seja extinta. Isso não significa que vencemos, significa que apenas estamos sobrevivendo. Façam valer a pena, a humanidade vai ser recriada do zero no novo planeta. Não vamos falhar dessa vez..temos uma longa viagem pela frente, 80 anos...Dr Russel, autorize a utilização dos hiperpropulsores nas naves.

Dr Russel: Sim, senhor!

O hiperpropulsor está prestes a ser usado pela primeira vez na história.

General Fennic: Segurem - se em alguma coisa..o impacto não vai ser pequeno.

Dr Russel: Hiperpropulsor sendo ativado em 3...2...1….

Hiperpropulsores foram ativados e as naves viajaram na velocidade da luz e conseguiram diminuir de 500 anos para 80 anos.

Joseph: Caramba…. é como se eu tivesse ido em uma montanha russa 100 vezes seguidas…

Dr Russel: Senhor! Funcionou!! 80 anos para chegar no Kepler-189f.

General Fennic: Excelente. Senhores, temos agora apenas mais um passo a ser feito. A hibernação. Por favor dirijam-se até as salas das cápsulas. Vocês terão um sono profundo, o melhor sono que vocês terão, não precisam ter medo. Vocês são o início de uma nova era. Vejo vocês, em 80 anos. Obrigado a todos.

Mila fica com Jessica após ela ter sido atingida e diz:

Mila: Sorte sua que a medicina é avançada para curar os ferimentos de balas..

Jessica ri e diz:

Jessica: Conseguimos..vamos para as cápsulas, está na hora ter uma vida nova.

Mila: Vamos, filho..

Enquanto isso, Dr Russel foi falar com General Fennic enquanto as pessoas estavam começando a entrar nas cápsulas de hibernação.

Dr Russel: Senhor..temos um problema

General Fennic: O que aconteceu?

Dr Russel: O limite da nave era de 1000000, mas acontece que na nave estão presentes 1000001. Acontece que quando seu irmão salvou aquelas duas mulheres, uma delas estava com um filho...uma delas não vai ter cápsula.

General Fennic fica em silêncio e senta na sua cadeira.

Enquanto isso, Mila fala com Jessica que está prestes a entrar na cápsula e diz:

Mila: Vai ser igual dormir, só que por 80 anos...vejo você em 80 anos

Jessica: Pelo menos vou dormir em paz agora, vejo você em 80 anos, Mila.

Jessica se agacha e fala com, Eduardo, filho da Mila e diz:

Jessica: Vejo você em 80 anos, rapazinho.

E em seguida ela dá um abraço nos dois e vai em direção para a cápsula e entra nela. Como se ela tivesse sido congelada, com um sono profundo. Em seguida, Mila colocou seu filho na cápsula e disse:

Mila: Você vai dormir como se tivesse nas nuvens, meu bem. Você vai fechar o olho e quando abri eu vou estar aqui, viu? Eu te amo.

A capsula é fechada e seu filho é colocando no sono profundo até se passar 80 anos. E Mila espera a sua vez de entrar nas capsulas.

E enquanto isso, na sala do General Fennic:

Dr Russel: Senhor? Preciso de uma resposta

General Fennic: Traga elas para a minha sala

Dr Russel: Sim, senhor

Guardas: Senhora, preciso que me acompanhe.

Mila: O que? Mas daqui a pouco é a minha vez para entrar nas capsulas

Guardas: É ordem de General Fennic

Mila entra na sala de General Fennic e diz:

Mila: Governador? Aconteceu alguma coisa?

General Fennic: Você era aquela rebelde de Atlanta, não é?

Mila: Sim, quando você salvou a gente do seu irmão..que eu fiquei surpresa de quando ele me salvou, eu deveria estar com raiva dele depois do que fez com Sofia mas..ele salvou a vida do meu filho..

General Fennic: Eu cuidei dele depois disso, ele não é mais o mesmo.. me diz..ah..qual o seu nome?

Mila: Camila Grown.

General Fennic: Camila, você acredita que a humanidade pode ser boa?

Mila: Essa é uma pergunta que não posso apenas responder com sim ou não, eu faço a minha parte indo atrás da justiça. A humanidade apenas pode ser boa quando recomeçamos do zero, bom, tem uma chance.

General Fennic: A natureza humana é a arrogância, basta saber controlá-la. Eu cometi muitos erros no meu mandato, Camila. Não quero que a humanidade seja extinta por conta delas mesmas, perdemos 5 bilhões de pessoas na terceira guerra mundial.

Mila: Meu pai costumava dizer, que as pessoas morriam por terem chegado a hora delas, que elas cumpriram sua missão na vida. As vezes, as pessoas morrem para fazer outras evoluírem...eu sei que você deve se culpar demais, governador. Mas você tem que se lembrar que você é um ser humano igual a todos nós, você apenas tem o poder de fazer escolhas importante mas você não é diferente das pessoas, qualquer pessoa faria a mesma escolha no seu lugar.

General Fennic fica em silêncio e depois diz sorrindo:

General Fennic: Vá para a capsula FB-100, Camila. Viva uma vida longa no Kepler-189f, cuide do seu filho e aproveite o máximo que a vida te proporcionar. Faça o Plano Krieg valer a pena.

Mila: Obrigada, Governador. Vejo você em 80 anos

General Fennic sorri e acena com a cabeça. E Mila sai da sala. Dr Russel entra na sala dizendo:

Dr Russel: Senhor?! O que você está fazendo?! FB-100 é a sua capsula!

General Fennic: Eu já cumpri a minha missão, Russel. Não vou deixar uma mãe morrer. Fiz o que tinha que fazer na minha vida. Ela foi a unica pessoa que fez o que eu mais queria: Me perdoar. Evitei a extinção da humanidade, agora é com eles, fiz o que tinha que ser feito…

Dr Russel: Mas senhor...você tem certeza disso?

General Fennic: Sim, velho amigo. Nunca tive tanta certeza na minha vida. Chame o Joseph, por favor.

Dr Russel: Sim, senhor..

Joseph entra na sala do General Fennic e diz:

Joseph: O que aconteceu, John?

General Fennic: Joseph, não existe mais cápsulas para mim, eu não irei para Kepler, eu vou continuar aqui na nave.

Joseph: O que?!?! Que porra você tá falando? Você vai passar 80 anos aqui? Não não não...tem que ter algum jeito.

General Fennic: Joseph..está tudo bem, eu escolhi por isso. Essa foi a minha decisão, já fiz a minha parte, agora resta vocês fazerem quando chegarem em Kepler. Esse não é o fim, Joseph. É apenas o começo, faça a humanidade ser boa. É apenas isso que eu peço, eu vou estar sempre com você, Joseph..Assim como os nossos pais sempre estiverem com a gente o tempo inteiro. Seja o melhor de nós.

Joseph não consegue parar de chorar e diz:

Joseph: John...por favor, eu imploro para você não fazer isso. Você é tudo o que eu tenho…

General Fennic: Joseph, olha para mim, dê o melhor de si. Eu confio em você para fazer a diferença no novo mundo. Eu estarei lá, sempre.

Joseph abraça John e diz:

Joseph: Não vou desapontar você

John: Eu sei que não vai;

Após isso tudo, apenas faltava o Dr Russel e Joseph para entrar nas capsulas.

Dr Russel: Senhor, obrigado por tudo que fez por nós, por mim. Você nunca será esquecido!! Não estou agradecendo o governante, estou agradecendo meu amigo, John Fennic.

John Fennic: Não me chame de senhor, Russel. Você é o herói, salvou humanidade da extinção. Não me agradeça, eu que agradeço você. Obrigado , velho amigo.

Os dois se abraçam e Russel entra na cápsula.

Joseph: Adeus, John. Eu irei sempre me lembrar desse dia, de tudo que fez. Não vou desapontar você. Obrigado por tudo, irmão! Eu te amo!!

John: Eu sei que você não vai, Joseph. Obrigado por querer fazer a diferença. Joseph! Eu te amo, irmão! Adeus, lembre-se, eu sempre vou estar com você.

Os dois se abraçam e Joseph entra na cápsula.

Depois de todos entrarem em suas cápsulas, John Fennic olha para a janela ao lado e observa as estrelas e fica apreciando com o sentimento de dever cumprido. Após isso, ele vai em direção à sua sala e grava um vídeo para quando a população acordar, eles assistirem.

‘’Se vocês estão vendo essa gravação, é porque vocês conseguiram acordar. Quando vocês estiverem vendo essa gravação, eu vou estar morto. Não entrei para as cápsulas, o meu dever como Governante Mundial foi cumprido e eu apenas peço uma única coisa a vocês: Não falhem com a humanidade, a terra por mais de 2120 anos foi destruída por nós seres humanos, a falha de san andreas foi apenas a gota d' água para mudarmos quem nós somos, nada disso foi por acaso. Vocês que estão aqui, foram os escolhidos para refazer a vida humana, criar ela como ela deveria ter sido feita na terra. Não criem conflitos, não criem guerras, não criem desigualdades sociais. Essa é a sua segunda chance, não desperdice. Isso não é o fim, é apenas o começo. Eu não sou a pessoa mais especial do mundo, sou apenas um homem que tinha o poder de tomar decisões importantes, que qualquer um de vocês poderia fazer. Eu matei pessoas, fiz coisas ruins mas tudo isso mostra que não existem pessoas 100% boas, fomos criados com violência, com ódio. Mas vocês podem mudar isso, devem mudar isso.Somos todos iguais, que a justiça prevaleça no novo mundo. Obrigado por terem feito a minha vida valer a pena, ter feito a diferença. Que o bem prevaleça no coração de vocês. Obrigado’’

John Fennic

1 de Março de 2021 às 20:42 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Fim

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~