B
Bernardo Pacheco de Carvalho


Não me lembro de absolutamente nada e estou a flutuar na órbita da Terra. Quando acabo por ser atraído por uma força misteriosa para o centro da terra penso que vou morrer e que a minha história vai acabar mas depois acabo por descobrir coisas fantásticas sobre o que sou capaz de fazer! Esta força misteriosa é a definição de perigo e eu terei que acabar por combate-la para poder salvar o Universo.


Ação Todo o público.
1
622 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 2 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Preso no espaço!

Já alguma vez sentiram que a vossa vida ia acabar só por estar numa situação complicada? A verdade é que esse é exatamente o sentimento que eu tenho neste momento! Estou preso no espaço, não tenho lugar para onde ir… não há ninguém, não há sequer um movimento, não há literalmente nada! Na verdade estou na orbita da Terra e sentia um vazio na mente como se tivesse sido apagada! Havia também destroços por todo o lado. Podia começar a especular ainda para mais por não ter mais nada para fazer. Não me conseguia lembrar de nada sem ser uma cena suficientemente rápida de flash bags para eu não conseguir compreender o que era e o que tinha acontecido. Passaram alguns dias e comecei a lembrar-me de algumas coisas. Ainda eram flash bags mas começava a compreender o que estava representado. Passaram mais alguns dias e do nada comecei a sentir que estava a ser atraído. Não fazia sentido! Estava a ser atraído pelo quê? E como é que estava a ser atraído? Reparei passado uns momentos que estava a dirigir-me para a Terra! Estava a dirigir-me cada vez mais rápido e sentia que não ia parar mesmo depois de já estar dentro do planeta. Estava a entrar na atmosfera e comecei a entrar em pânico! Antes de vos dizer o que acontece pergunto-vos se se lembram-se da primeira frase deste livro. Ela perguntava se alguma vez sentiram que a nossa vida ia acabar só por estar numa situação complicada. Bem esse foi o sentimento nas primeiras linhas do capitulo mas essa frase aplica-se mais á situação que estou a viver agora. Voltando á parte em que supostamente ia morrer… Estava a cair cada vez mais rápido e já começava a ver o chão! Era um sítio de imensos fardos de palha e achei que uma pessoa normal pudesse sobreviver a uma queda daquelas mesmo estando a uma velocidade tão grande. Estava tão mas tão perto que já só via e sentia a palha no meu corpo e …

22 de Fevereiro de 2021 às 16:00 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo Descobertas Incríveis

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!