maxrocha Max Rocha

Tempos difíceis. Muita ansiedade. Mensagem de paz e amizade.


Auto Ajuda Todo o público.

#ansiedade #fantasia #paz-de-espírito #amizade
Conto
4
6.0mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Carta ao Leitor Ansioso






Eu queria escrever um conto, ou uma crônica, ou talvez uma poesia, qualquer conjunto de palavras que chegasse até você, amigo leitor que perde um pouco do teu tempo comigo.


Eu queria te levar encantamento, embalar teu sonho acordado, te proporcionar uma paz interior, te levar a um planar de boas emoções numa torrente de ar aquecido pelo calor humano.


Eu queria que você pudesse ver seu mundo lá do alto, talvez flutuando no cesto de um balão multicolorido, e que pudesse enxergar além de tua visão, até o ponto onde o horizonte se transforma na curva da Terra.


Assim você veria tanta coisa. Tanta vida que segue. Veria os pássaros, os animais, as plantas e suas fortes raízes. Veria as bruscas mudanças do clima. Penetraria em nuvens densas e sairia do outro lado, ileso. Veria o sol acima das tempestades. Veria o limite pouco preciso entre o dia e a noite. E veria a dança eterna das constelações. E como tudo se repete.


Planando você estaria acima e protegido da mesquinhez do bicho-homem. E não seria arrogante como Ícaro. Ficaria a distância conveniente do astro-rei e seguiria teu percurso.


Eu queria que as origens de tua dor arrefecessem, e que você pudesse contemplar, no ápice do céu noturno, as belezas de Júpiter e Saturno.


Eu queria que você percebesse que o escrever te alivia e que pusesse então mãos à obra com tua poesia.


Eu não queria que você chegasse a nenhum lugar. Queria apenas que você pudesse viajar nas asas literárias e entendesse que a jornada é mais importante que o destino.


Eu queria que você fosse capaz de entender que essa angústia é passageira e nosso tempo ínfimo.


Vamos juntos, você e eu, adiante, pois o sol que agora te falta está logo à frente.


Eu queria que nunca te faltasse a luz...

15 de Fevereiro de 2021 às 15:41 5 Denunciar Insira Seguir história
9
Fim

Conheça o autor

Max Rocha Um Fantasma literário ou alguém que apenas gosta de escrever... me interesso por ficção histórica e científica, suspense, misticismo e mistério com um toque de humor. Às vezes enveredo pelo tom crítico e motivacional do cotidiano. Escrevo ouvindo música instrumental relacionada com o tema no Spotify, ao lado da Duda, minha cadela australiana de 5 anos. The Phantom (O Fantasma) foi criado por Lee Falk, em 1936.

Comente algo

Publique!
Elisângela Rezende Elisângela Rezende
Gostei da metáfora de ver a sua vida do alto muito bom. Li ouvindo Hillsong que ultimamente anda a embalar as minhas inspirações...
July 18, 2021, 12:22
CC C Clark Carbonera
Li esse conto ouvindo Yellow Light do Of Monsters And Men...simplesmente a sinfonia perfeita! Que pra você também não falte luz, Max!
February 23, 2021, 01:10

  • Max Rocha Max Rocha
    Obrigado. Escutei a música e letra e vc tem razão. Tudo a ver! No meu perfil coloco a ligação profunda que vejo entre música e literatura. Confira lá. Muito satisfeito por seu comentário. Volte sempre, saúde e paz. February 24, 2021, 11:39
Afonso Luiz Pereira Afonso Luiz Pereira
Esse é o tipo de texto que quando se lê te oferece a mesma sensação de relaxamento ao ouvir uma música suave muito boa, linda, fluida, que se aprecia cada nota, que te trás realmente paz! Muito bom, Max!
February 15, 2021, 15:32

  • Max Rocha Max Rocha
    Obrigado Affonso. Que bom que te causou esta sensação! February 15, 2021, 15:37
~