H
Hevelyn Tainá


A história resume a vida triste e escura de Jack, um menino que perdeu sua mãe muito cedo e quando ela partiu, nada mais fazia sentido pra ele, nem confiar em si mesmo. Um dia, enviaram uma carta para ele e a partir do momento que ele leu o que estava escrito nela, sua vida mudou de vez.


Auto Ajuda Todo o público.
Conto
0
796 VISUALIZAÇÕES
Em progresso
tempo de leitura
AA Compartilhar

Dias tristes e uma descoberta

Era noite, quando Jack recebeu um envelope misterioso. Jack estava dormindo e quando acordou com o barulho da campainha não conseguia entender o que estava acontecendo. Ele não fazia ideia de quem havia mandado o tal envelope , então somente apanhou-o do chão, foi para o seu quarto, colocou o misterioso envelope em cima da sua mesa de estudos e voltou a dormir. Quando amanheceu, Jack foi logo abrindo o envelope e viu que tinha uma carta. Ele é um garoto de 21 anos e nunca tinha recebido uma carta, além de que ninguém da rua nunca tinha visto ele, pois o tal não saía de casa porque vivia sem autoestima, acreditava que ninguém ia gostar dele, vivendo assim uma vida triste e solitária e não tinha vontade de nada. Ele começou a ler a carta, que continha somente uma frase: "As vezes é muito bom sair de casa!". Ficou completamente sem entender aquilo, mas, por curiosidade resolveu sair por 1 minuto e se surpreendeu muito, pois não tinha completamente ninguém na rua, estava tudo deserto. Ele começou a correr pedindo ajuda desesperadamente. Passou horas correndo para um lado e outro e gritando por ajuda, quando uma voz alta falou: "Jack, use a sua confiança!". Jack ficou confuso, mas quando olhou para o céu, viu sua mãe acenando para ele e começou a acreditar em si mesmo, pois a ausência de sua mãe fazia-o não acreditar em si mesmo. Ele virou para trás e percebeu que a cidade toda estava lá, era tudo alucinação da cabeça dele. Depois de um tempo, os moradores explicaram a ele que aquela cidade era movida de confiança e autoestima e que se não existisse nenhum dos dois aspectos na pessoa, a cidade iria desaparecer completamente. A partir deste dia, Jack fez amizade com todos da cidade, mas ainda se perguntava: "Quem mandou aquela carta para mim?", enfim..ninguém sabe!

4 de Fevereiro de 2021 às 16:10 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Continua…

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Histórias relacionadas