Novo app: Inkspired Writer! Escreva, publique e gerencie suas histórias no seu celular!!. Leia mais.
yahairafloresofficial Yahaira Flores

O que você faria se a garota mais popular da sua escola sorrisse para você numa festa para a qual foi convidado por obrigação? O que você faria se aquela mesma garota, naquela mesma noite, o convidasse a entrar em seu mundo de cumplicidade e aventura? Para Thiago a resposta foi simples; aceitar tudo o que Silvana quissese dele ou com ele. Como se fosse um sonho, Thiago vê sua vida transformada pelas ideias e vinganças de Silvana. Aos poucos ele vai descobrindo que, na excentricidade da garota de cabelos pretos, encontrará a oportunidade de se dar de cara com o amor pela primeira vez. Não apenas com o amor, como também com a janela para ser ele mesmo e se sentir bem. No pano de fundo daquela aventura em que Silvana o embarca, uma lista marca os destinos de ambos para nunca mais voltar para tras. Thiago não tem ideia de que conhecê-la será sua sentença, mas mais cedo ou mais tarde a verdade chegará.


Suspense/Mistério Para maiores de 18 apenas.
13
1.8mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Prefácio

Detetive Calum


Quando meu chefe me abordou há alguns dias para me dar um presente, não achei que fosse o pior caso que já tinha caído em minhas mãos. Vejo a foto de Silvana Pérez até que alguém faz barulho no escritório. Sinto como se estivesse fazendo algo proibido; tentar encontrar uma justificativa para todas as acusações contra ela. Coloco a pasta com as informações coletadas até agora no centro da minha mesa. Meus cotovelos repousam na madeira, enquanto seguro minha cabeça para me dar um pouco de privacidade para analisar seu rosto. Por que uma garota tão jovem e bonita quanto ela iria ao extremo de encorajar o namorado a cometer suicídio? E isso é apenas para considerar uma das muitas versões que correm entre os testemunhos. A realidade é que ninguém sabe ao certo o que aconteceu. Talvez tenha sido um acidente. A única coisa de que se tem certeza é o corpo encontrado numa das florestas da cidade.

Coloco a foto de Silvana Pérez atrás do conjunto de imagens. Me concentro no rosto sem vida de Thiago. Cinco anos de serviço não bastam para conter a náusea de ter de analisar os restos mortais de uma pessoa de aparência tão inocente. Esse menino tinha um futuro e esse futuro foi cortado pela metade por Silvana. Será verdade o que todos estão tentando concluir? Misturo o corpo inerte de Thiago entre os papéis, porque de ter que estudar a cor anormal do corpo dele a me obrigar a observar a acusada, prefiro mil vezes focar em Silvana, embora todos se organizem em dizer que ela o seduziu a cometer o seu suicídio. Não concordo com a opinião que se formou entre os poucos que conhecem o caso; não acho que Silvana faria algo assim. O que ela ganharia? Ninguém perguntou minha opinião, mas pela aparência e personalidade da garota, meu palpite leva a uma história completamente diferente; uma história em que é Thiago quem decide deixar este mundo porque Silvana Pérez partiu seu coração.

Se eu tivesse a idade de Thiago, sei que ficaria deprimido se minha namorada me abandonasse. Além disso, não estamos falando de uma garota comum, senão da princesa da escola: aquela que todos querem ser ou com quem querem estar. Fecho a pasta para procurar o perfil de Silvana Pérez na rede social mais famosa do momento. Meu computador sugere rapidamente um perfil com 6.314 seguidores. A julgar pela quantidade de fotos e atividade, sei que esta é uma conta legítima, não como o par de contas falsas que tiram fotos dela para se passar por ela e que aparecem como contas relacionadas. Gostaria de não estar olhando para esses posts, porque Silvana pode não ter um corpo exuberante, mas ela sabe exatamente como provocar. Em algumas fotos aparece de maiô, em outras com um pijama sugestivo. Tem até o que parece ser uma sessão de fotos profissional. Não haveria problema nisso, se não fosse pelas roupas excessivamente justas que o convidam a observá-la repetidamente.

Cubro a boca como uma espécie de proteção contra ela. Não posso negar que, apesar de ter um par de características faciais muito diferentes da atratividade convencional, meus olhos não conseguem se afastar da sua imagem. Talvez seja sua maneira desinibida de se mostrar ao mundo, seus longos cabelos pretos, ou o uso constante de batom vermelho que faz o coração acelerar quase por inércia. Aumento uma fotografia em que ela aparece com uma alça caindo da ponta do ombro. Sei que essa pose não é natural, mas deixa você com a sensação de que essa garota é mais nada do que uma vítima da inveja das testemunhas. Quem não gostaria de estar com alguém assim? Quem não morreria por ser rejeitado por ela? 6.315 seguidores. Um seguidor a mais. Vou até a primeira foto para entender por que as pessoas continuam a fazer parte da conta de alguém que está cumprindo pena de prisão domiciliar.

Todos os comentários recentes refletem o que as declarações acrescentadas ao caso concluíram: que Silvana é uma pessoa malévola. No entanto, prefiro manter minha mente aberta para outras conclusões, pois até agora ninguém conseguiu reunir evidências que justifiquem as opiniões que dão. Dizer que ignora alunos antissociais ou que é a abelha-rainha do bullying não é fator para ter condenado uma jovem a passar 9 anos de sua vida sob o escrutínio de policiais, interrogatórios e acusações. Não fiquei surpreso que sua família tivesse apelado a decisão do juiz, e que por isso este caso chegasse a minha posse. Devo dizer que meu papel não é defendê-la ou acusá-la; meu trabalho é chegar à raiz dessa história e desvendar o mistério por trás da morte de Thiago de uma vez. Oculto a tela do meu monitor ao perceber que um colega está para passar atrás da minha mesa, mas não antes de tirar uma captura de tela da fotografia com a alça caída, porque por algum motivo minha cabeça recomendou que a guardasse na minha pasta pessoal. Quero chegar ao fundo desse problema, não para tirar o peso que meu chefe jogou em mim para não fazer o trabalho ele mesmo, mas porque minha intuição me obriga a pensar que há muitas coisas que não cabem nos depoimentos. E no caso remoto deles ser verdadeiros, o que honestamente me forço a não acreditar, a ré deveria estar cumprindo sua pena numa prisão formal. Se Silvana Pérez é o monstro que todos descrevem, outra pessoa poderia estar em perigo.

22 de Novembro de 2020 às 21:34 2 Denunciar Insira Seguir história
10
Leia o próximo capítulo Capítulo 1

Comente algo

Publique!
Isís Marchetti Isís Marchetti
Olá, Yahaira! Tudo bem com você? Faço parte do Sistema de Verificação e venho lhe parabenizar pela Verificação da sua história. Primeiro de tudo, eu preciso muito dizer o quanto essa sinopse me prendeu! Apesar dela não dar com clareza as informações que estão por vir nos capítulos, o que é obvio que não poderia acontecer. Ela já me fez entrar na leitura com a mente um pouco mais aberta. Como se tivesse preparado todo um terreno antes de começar a contar a história de Silvana e Thiago. A construção dela foi muito fantástica! A parte que eu mais gostei em todo esse capítulo, foi de que apesar do Detetive ter uma hipótese diferente em mente, ele não descarta outras possibilidades. Dando a entender que ele não iria ser simplesmente influenciado por causa de sua aparência, supostamente, angelical. Mas depois, quase chegando no finalzinho, esse idealismo que tive sobre ele meio que foi quebrado! É estranho dizer, mas é como se Silvana já o tivesse na palma de sua mão, isso claro se ela for realmente do mal! Bom, vamos lá. A coesão e a estrutura do seu texto estão ótimas. Já li outros de seus trabalhos e acho maravilhoso o estilo de narrativa que você opta por usar, me sinto dentro da história e em muitas vezes como se eu realmente fizesse parte dela. Como se fosse uma abordagem de forma lenta e quando vamos ver, já estou tão entrosada que não posso nem dizer o momento exato que isso aconteceu. Quanto aos personagens, já disse um pouco sobre o que penso do Detetive, acredito que ele pode ser um bom aliado de Silvana se ela realmente se provar inocente ou ele pode ser um bom bode expiatório, que servirá para livrar ela das grades. Claro que não existe essas únicas opções, consigo imaginar inúmeros desenrolar para a história e isso é o que me deixa mais fascinada ainda. Pois não é uma história que posso julgar previsível. Quanto à gramatica, você escreve muito bem, mas tem um pequeno apontamento no começo do texto, em: “o pior caso que já tem caído" em vez de "o pior caso que já tinha caído". Não é nada que prejudique o entendimento, mas por estar no primeiro parágrafo, seria interessante se você pensasse em arrumar. No geral a história está ótima e muito bem fluida. Eu gostei bastante da premissa da história e com certeza colocarei na minha lista de leitura! Abraços.
November 25, 2020, 14:48
Damián Murdstone Damián Murdstone
Ohh yeah!!
November 22, 2020, 21:35
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 24 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!