aninha777 Ana Santos

Alerta de gatilho, se você for sensivel ao assunto abordado no conto não o leia. Essa historia e fictícia


Conto Para maiores de 18 apenas.

#carta #depressão #suicidio #suicide
Conto
0
361 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Me desculpa

Me desculpa, juro que adiei isso o máximo que eu pude, mas o vazio que existe dentro de mim já me consumiu, as noites estão sendo longas de mais, e isso só mostrou o quão sou fraca, mãe eu juro que tentei, os remédios não estão adiantando, eles não estão ajudando, tudo perdeu o sentido, todas as noites que eu passei sozinha só me mostraram como as pessoas nunca cumprem o que prometem, mas por que eu as julgaria, eu também não estou cumprindo a minha. Talvez eu realmente esteja sendo egoísta, mas me entendam por favor, eu não aguentei, isso dói de mais, isso esta me enlouquecendo, eu não consigo mais, por favor, eu já não aguento todas essas noites chorando, me deitando sozinha e torcendo que o próximo dia seja diferente que ele seja melhor, mas isso nunca acontece, eu queria tanto que tudo fosse diferente, mas todos os dias estão cinzas, tudo perdeu a cor. Eu sei que agora estão se perguntando o porque? Eu sei que e difícil de entender, é eu sei que pra algumas pessoas isso vai ser arrasador e para outras surpreendente, eu sei vou ser motivo de comentários maldosos e julgamentos, não estarei aqui para me defender mas irei escutar, da onde eu estiver, irei escutar, se eles tentaram culpar um de vocês, saibam que a culpa não e de nenhum de vocês, foi uma decisão minha, ninguém me induziu a isso, as circunstancias me levaram a isso. Eu me sentia sozinha, eu sei poderia ter pedido para alguém fica do meu lado mas sempre achei que eu estaria incomodando, e nas vezes que eu pedia ou ligava, vocês sempre estavam ocupados de mais para mim, mas não culpo vocês, eu sempre fui difícil de mais de lidar, com essa turbilhão de problemas e emoções, ninguém nunca intenderia, mas dizia que tudo iria ficar bem, mas eu sei que não vai, o tempo não cicatriza tudo, mas cicatrizes no meu braço são a prova disso, realmente não lidei muito bem com tudo que aconteceu na minha vida, mas como você diria para uma garotinha de 3 anos que o que o homem mal estava fazendo era errado, é que aquilo deixaria sequelas quando ele finalmente intendesse, como dizer para uma garotinha de 5 anos que sua mãe só tinha problemas comportamentais e ela não sabia muito bem cuidar de uma criança, não era por que ela não gostava da garotinha, como dizer para uma garotinha de 9 anos que o peso dela e nem a aparência interfeririam mesmo na vida dela, ela não precisava seguir o padrão social, não precisava fazer loucuras para ficar "bonita" para ninguém, só para ela mesma, se a pobre garotinha tivesse notado os sinais antes de entra naquele relacionamento, mas ela só queria saber como era ser amada, mas no final acabou destruída.

Agora simplesmente quero que por favor parem de chora e prestem atenção, tem um recado para cada um de vocês

Clara, fique sabendo que você é uma ótima irmã, uma ótima amiga, e muito linda, não precisa homem nenhum para se sentir bem, não estarei mas do seu lado para te apoia a cada entrevista de emprego mal sucedida, mas eu ainda estarei ai dentro do seu coração, guarde as nossas boas lembranças, não fique remoendo nada do que já aconteceu entre a gente, só saiba que eu te amo mais do que tudo, e você foi como uma mãe para mim, e eu te amo como se fosse minha mãe, por que você cuido de mim como se fosse, e eu sou tão grata por isso, você tento me preparar para o que tinha lá fora, mas já era tarde de mais, a maldade de fora já tinha me corroído, já tinha plantado sua semente, mas mesmo assim segui (na verdade tentei) todos seus concelhos.

Mãe, não importa como nos éramos distantes por conta de tudo, esqueça todas as brigas, só lembre dos momentos bons, dos que nos sorrimos todas juntas, eu nunca deixei te amar, e não importa como você já errou, eu te perdoei, te perdoei de tudo, eu te amo, mais do que qualquer outra coisa no mundo inteiro, pós você é minha mãe, nem todas as brigas que tivemos não importa o quão feia ela tenha sido, eu nunca deixei de te amar.

Catarina, você é meu neném, sei que não vai entender muito bem agora, mas quando crescer vai entender por que fui embora, infelizmente não poderei te ajudar e te ensina como o mundo lá fora pode ser cruel, não poderei te ajudar quando você cair, mas eu sei que vai levantar, não estarei aí, mas estarei nas fotos, e nas suas lembranças, eu sei que com o tempo meu rosto pode desaparecer das suas recordações mas tudo bem, o seu nunca sairá, você sempre será meu pequeno anjinho.

Felipe, me senti obrigada a lhe dizer algo, então você foi meu melhor amigo, mas eu lhe deixei partir, eu me afastei e perdi você, só quero que saiba que nunca achei um amigo como você, você realmente foi uma pessoa tão incrível na minha vida, me tirou do fundo do poço, e quando eu me distanciei eu voltei para o poço, e ele estava ainda mais fundo, mas a culpa não é sua, e sim minha.

Adeus eu amo vocês, espero que um dia me perdoem.

Essa e uma carta fictícia, igual as pessoas nela, mas se você esta passando por algo parecido, por favor busque ajuda de preferencia medica, mas se não puder tente conversar e explicar a situação para que a pessoa lhe ajude, em caso de emergência ligue 188 esse numero e da CVV eles são um órgão para prevenção ao suicídio, em caso mais graves ainda ligue 192.

procure ajuda, depressão tem cura

25 de Outubro de 2020 às 05:19 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Histórias relacionadas