hira_mi Michelly Hiratsuka Zorzi

Uma nave está vagando pelo espaço rumo a Marte com apenas 10 tripulantes à bordo, sendo um deles russo. No decorrer da viagem, todos fizeram amizade entre si, o que tornou a sensação de solidão um pouco mais suportável. Os tripulantes estavam concentrados em suas missões, realizando-as todos os dias a fim de chegar ao destino em segurança. Contudo, um incidente aconteceu. No 15º dia de viagem, encontraram o corpo de um dos tripulantes estirado no chão da elétrica. Com os corações disparados e aflitos, só uma coisa passava na mente dos tripulantes restantes: há um traidor entre nós.


Fanfiction Anime/Mangá Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#universoalternativo #drama #haikyuu #suspense #mistério #deathfic
0
442 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 15 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Prólogo

O dia está ensolarado, com o céu azul claro e algumas nuvens o mancham de branco, formando uma pintura natural linda. As pessoas nas ruas pareciam aproveitar a brisa que soprava levemente entre as árvores do parque ao lado. Nele havia várias crianças brincando nos balanços, escorregadores e na caixa de areia no centro do lugar. Parecia um dia perfeito, mas não para o homem de baixa estatura e cabelos bagunçados alaranjados, que observava tudo com um olhar triste.

Hinata Shouyou estava pensativo enquanto olhava o belo céu. Quem passasse por ele e o visse naquela situação, pensaria automaticamente que ele estava com problemas insolucionáveis. As pessoas não estariam erradas, já que isso parecia mesmo um assunto de vida ou morte.

O homem na verdade é astronauta e foi convocado para uma missão em Marte. Ele e mais nove pessoas foram selecionadas para inspecionar o trabalho dos agentes encarregados de terraformar o planeta, para que todos os humanos pudessem se mudar para lá.

O problema é que Hinata amava o planeta Terra e precisar sair em missão para longe daqui, parecia demais para ele. Se pudesse escolher, com certeza optaria por realizar pesquisas e observações nos grandes laboratórios que trabalhava diariamente.

Suspirando profundamente o homem olhou ao seu redor uma última vez, pois sabia que era uma missão somente de ida. Não conseguindo camuflar a carranca estampada em sua face, caminhou até seu carro, entrou e dirigiu-se até o local de decolagem, sempre sustentando um ar triste e melancólico enquanto deixava a paisagem que tanto amava para trás.

28 de Setembro de 2020 às 00:50 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo Despedida

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Mais histórias

Enchanted Enchanted
137 137
Alone Alone