Contagem regressiva para a Copa dos Autores 2020. Registre-se agora e tenha a chance de ganhar prêmios!. Leia mais.
kanaeyy kanaey

Kanae havia partido vítima de um câncer, deixando para trás um jantar marcado ao qual nunca compareceria, além de seu amado marido, Sanemi, que mantém as lembranças dela espalhadas em cada canto da casa, passando os dias sentindo a falta imensa de sua amada em sua vida. Songfic inspirada na música Walls de The Lumineers.


Fanfiction Anime/Mangá Para maiores de 18 apenas.

#luto #ua #angst #morte #sanekana #sanemi #kanae
Conto
0
563 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo único

"Às vezes você é feliz, as vezes você chora
Metade de mim é oceano
Metade de mim é o céu, mas…"

Kanae tinha um coração enorme; era a pessoa mais gentil e empática que Sanemi já havia conhecido em sua vida. Ela havia ganho seu coração sem muito esforços; bastava que sorrisse para que seus olhos não conseguirem desviar dela. Suas mãos sempre estavam quentes e eram macias. Sanemi podia recordar-se delas acariciando seus cabelos ou agarrando-se às suas costas quando estavam fazendo amor. A voz suave e doce de Kocho ainda parecia ecoar pelos cantos da casa, chamando-o para se deitar ou dizendo que o amava. Os olhos de cor clara e seus longos cabelos escuros estavam capturados em várias fotos esparramadas pelos móveis ao longo da casa, em momentos felizes como o casamento deles, onde ela estava vestida com seu kimono de borboleta que tanto gostava, outros dias também eternizados como a primeira viagem juntos onde assistiram ao pôr do sol. Esses derradeiros dias que foram como diamantes, preciosos, e mesmo que Shinazugawa tivesse aproveitado cada instante ao lado de Kanae, ainda assim sempre pareceria não ter sido o suficiente, como se pudesse ter feito muito mais — e sabia que sim.
Mas esses dias de felicidade desapareceram subitamente junto com a morte de sua esposa, restando apenas as fotografias que Sanemi, e por isso mal conseguia olhar sem querer gritar para que ela voltasse.

"Pores de sol são de ouro
Então desapareça
Mas se eu nunca fizer nada
Vou te trazer de volta algum dia, porque…"

Fora de casa, ele mantinha uma muralha ao seu redor, onde sua dor não transbordava, onde ninguém precisava saber que após dois anos ele ainda mantinha o quarto onde dormia com sua esposa intacto, que as roupas que ela havia escolhido para saírem em um jantar ainda estavam em cima da cama, que ele dormia no quarto de hóspede e apenas havia entrado naquele quarto que dividia com ela uma única vez apenas após seu enterro. As outras pessoas também não tinha o conhecimento de que em seus piores dias, quando a falta dela sufocava até a alma, Sanemi socava as paredes ou qualquer objeto à sua frente e amaldiçoava com todas as palavras o maldito câncer que havia levado sua amada de si.

"Eu não posso aguentar para sempre
Até as paredes caem
Algumas coisas acabaram
Algumas coisas continuam"

As semanas que passou ao lado dela no hospital eram as mais dolorosas de se lembrar. Vê-la sofrendo, sua respiração falhando e sua vida se esvaziando a cada hora sem que pudesse fazer nada o indignava, o fazia se sentir o homem mais inútil da face da terra, aquele que estava de mãos atadas diante a morte de sua amada esposa. Desde o primeiro dia esteve ao lado dela e seguiu assim até o último. Kanae era tão boa, que até quando estava morrendo, ela desculpava-se por isso.
As últimas palavras ditas por ela o perseguiam como facas, fazendo-o sangrar.

"Me perdoe por isso, por estar indo e deixando você para trás. Fizemos tantos planos, não foi? Eu queria ter tido um filho com você como planejamos, eu queria ter ido a aquele jantar… Eu queria poder ficar, me desculpe, Sanemi."

Depois de ouvi-la dizer isso, Shinazugawa não teve outra reação senão chorar, mas daquela vez, Kanae o abrigou em seus braços, acariciando seus cabelos e dizendo que tudo ficaria bem mesmo que ela também chorasse junto consigo.

Ela era uma mulher forte e foi até o final.

Nenhuma outra pessoa poderia substituí-la, nunca. Kanae era diferente, especial, porque foi a ela quem jurou amar até a morte, e assim o faria.

Enterrado junto de Kocho estava a melhor parte de Sanemi, uma que seria impossível recuperar. O tempo iria correr em seu curso, e Kanae estaria sempre ao seu lado, até que a morte os unisse novamente.

"Parte de mim você carrega
Parte de mim se foi, mas
Você tem um coração tão grande
Poderia esmagar essa cidade
E eu não posso aguentar para sempre
Até as paredes caem"

Fanfic betada por MiaSmoakQueen do Fairy Edits
http://fairyedits.blogspot.com/?m=1

14 de Agosto de 2020 às 14:11 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

kanaey ⠀⠀⠀⠀⠀⠀𝙋𝙇𝙐𝙎 𝙐𝙇𝙏𝙍𝘼! -'ღ'- ⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Mais histórias

Cartas Jogadas Cartas Jogadas
Fadado a você Fadado a você
Venom of Venus Venom of Venus