rafinha-silva1597238584 Rafinha Silva

O Marido De Manuela Escreve Uma Carta Contando A Historia Deles, Para Que No Futuro Os Filhos Deles Leia E Saiba Como Foi O Relacionamento Deles Espero Que Vocês Gostem


Romance Romance adulto jovem Todo o público. © Rafaela Thaina
1
600 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Querida Manuela...

Querida Manuela...

Manuela escrevo essa carta para que no futuro nossos filho lei e saiba que nós fomos um casal muito feliz, mas também que nosso relacionamento teve alguns dificuldade, quando conhece você eu estava preste a mim casar mas não conhecia a noiva meus pais que arrumou a mulher para eu casa mas eu não queria pois nunca vi ela e eu não gostava dela, então briguei com meus pais. Daí fui na praça esfria minha cabeça, e lá na praça eu encontrei o amo da minha vida a minha querida Manuela, eu sabia que aquela menina sentada no banco da praça era a mulher que eu queria casar, ter um bela família e mãe dos meus futuro filhos, então fui lá conversa com ela com vergonha mais fui, ela toda tímida falou comigo passamos a tarde toda conversando e naquele momento que nós conversamos já mim apaixonei por ela, pelo sorriso dela, pelo jeito dela fala mim apaixonei por tudo dela foi amor à primeira vista, naquela época nos tinha tecnologia então era muito difícil de nós se fala , então nos marcamos da gente se ver no outro dia no mesmo horário, e assim ficamos conversando de dois e dois dias, eu estava procurando coragem pra para conta pra ela que eu estava preste a mim casar mais estava com medo dela não quere mas mim ver, daí depois de nos se ver a muito tempo decide conta pra ela e ela ficou muito chateada, e falou que não queria nunca mais fala comigo e foi embora.

Eu fiquei muito triste só queria chora e fica sozinho pois tinha acabado de deixar o grande amor da minha vida e embora, eu só queria sabe como ela estava depois daquela nossa conversa, eu não sabia onde ela morava nos nunca tinha falado pois naquela época homem e mulher não podia fica saindo sozinho sem ser casado, se não a mulher ficava mal falada então esperei passa passar dois dias para ir na praça para ver de ela estava lá mais ela não estava, naquele momento eu não sabia o que fazer então fui pra casa para segui minha vida o dia do meu casamento estava chegando eu não queria mim casar, daí passou pela minha cabeça em fugi, mas fugi pra onde e com quem então, esperei mais tempo pra ir na praça e ver se ela estava lá. Então se passou cinco dias e fui na praça e lá estava ela, cheguei perto dela para pode fala com ela e ela não falava nada, então fiz a proposta de fugi comigo ela ficou calada então mim levantei para ir embora e de repente aquela voz doce e suave falou eu aceito então pulei de alegria e dei um abraço nela, daí comecei a prepara tudo, a gente é a fugi dois dias antes do meu casamento, a gente é a fugi a noite para ninguém nos ver. Chegou a noite da fuga a gente é a sair do interior de São Paulo pra a cidade grande de SP, então anoiteceu e chegou a hora de nos ir ela com muito medo de ir falou o que a gente é a fazer na cidade grande se nós não tinha dinheiro e nem casa pra fica, falei pra ela que não era pra ela se preocupa pois eu tinha um amigo lá e ele deixou a gente fica por enquanto até eu arruma um trabalho e uma pequena casa pra nós mora, chegamos em São Paulo a primeira coisa que eu fiz foi arruma um emprego, passei a manha toda procurando emprego fui em três loja e não consegui nada, no segundo dia fui de novo procura emprego depois de anda muitas ruas eu consegui o emprego, fui correndo pra casa para conta a novidade pra ela. Depois de passar uma semana no emprego fui atrás de casa para nos mora porque não dava mais pra mora na casa do meu amigo ela era muito chato, depois de tempo arrumei uma casa e nós foi embora de lá, a casa que aluguei era muito pequena só cabia nós dois mesmo, ela queria casar mas a gente não tinha muito dinheiro para casar, então chamei ela pra janta fora e comprei um anel para ela, chegando no restaurante falei pela primeira vez eu te amo e dei o anel pra ela , ela ficou muito emocionada e mim falou eu também te amo, e depois ela mim beijo ali foi nosso primeiro beijo chegando em casa em mim falou que queria ter uma família comigo, naquela noite do dia 23 de Maio de 1983 foi a nossa primeira vez. Se passou um mês e ela descobriu que estava gravida era nosso primeiro filho e eu estava torcendo para que fosse um menino, não vou conta tudo por que se não vai dar muitas folhas vou pula alguns história, depois de muito tempo nosso primeiro filho nasceu fiquei muito feliz, se passou um ano e pouco e nós deve o segundo filho e foi uma menina linda. Depois de muito tempo mesmo a gente se mudou por que a casa ficou muito pequena para quatro pessoas então aluguei uma casa maio e ali nos segui nossas vidas muitos feliz. Então nossos filhos essa foi minha história de vida com sua mãe, ela sempre foi uma mulher incrível e maravilhosa espero que vocês lei essa carta com muita atenção e saiba que nós dois era muito feliz independente das dificuldade nós sempre estava juntos é nunca deixamos de se ama...

Escrito Dia 10 De Agosto De 2020

Escritora Rafaela Thaina Silva De Oliveira








12 de Agosto de 2020 às 14:00 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Fim

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~