Contagem regressiva para a Copa dos Autores 2020. Registre-se agora e tenha a chance de ganhar prêmios!. Leia mais.
Conto
0
808 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Voar

Ki – Olhares


< - >


Capítulo Único – Voar


< - >


Fascínio era o que Videl sentia pelo céu. Não só ela, mas toda a humanidade.


Quilômetros que se estendiam para muito além do que qualquer um poderia imaginar, repletos de fenômenos, formas e cores únicos. Uma natureza à parte, em parte desconhecida pelos homens. Exceto por eles.


A ideia de que alguém sabia sobre os céus tão bem quanto vizinhanças era no mínimo estranha. Quando conheceu Son Gohan, custou a acreditar que meros mortais (ou nem tanto, caso consideremos a bizarrice por trás deles) voavam tão naturalmente, que ele poderia ensinar-lhe os segredos daquela incrível arte.


Ao chegar no descampado próximo a casa do rapaz, seu coração palpitava como se quisesse fugir – jamais imaginara que um sonho distante, impossível, seria enfim concretizado. Talvez nem fosse aquela a questão, poderia ser o efeito da simples presença do colega. Não... improvável.


Olhou-o bem no fundo dos olhos, atentando-se as palavras cuidadosas que dizia:


— Sabe, Videl... — sentou-se de frente para ela — Se você realmente quiser voar, terá de controlar o seu Ki. Pode parecer meio difícil no começo, mas é só pegar o jeito. — fitou-a — Acha que consegue?


Se eu consigo?


Videl respondeu com uma careta.


— Quer dizer... i-isso caso você queira ir lá no alto, como eu e-


— O que significa Ki, Gohan? — interrompeu — O que é isso?


O garoto redirecionou os olhos para cima, pensando em como explicaria um conceito extremamente óbvio para ele que lutava desde a tenra idade.


— Um Ki... bom, acho que vocês o chamam por outro nome – deixe-me pensar. — voltou a observá-la — Para simplificar, o Ki é um poder oculto que todos tem dentro de si. Com ele nós pode-


— Um poder dentro de nós, é? Que droga é essa? — reclamou.


Nunca foi fácil ensinar Videl e sua teimosia.


— Ele está falando disso aqui, ó!


Quem falou foi Goten, o irmão menor de Gohan – acompanhante fiel daquele problema. Inesperado era o clarão oriundo da esfera de energia que o menininho atirou tentando ajudar na explicação.


— Isso mesmo, Goten! — sorriu o rapaz, orgulhoso — Esse é o poder possível de controlar à vontade! Como vocês o chamam? — peguntou para a amiga.

— A-ah. N-não é... um truque?


Ela, porém, mostrou-se perplexa, incapaz de responder apropriadamente. Nada surpreendente.


— Não usamos magia nem nada parecido, não é um truque!


— ENTÃO NUNCA OUVI FALAR NESSE TAL DE KI! — esbravejou — É MÁGICA E PONTO!


— Pelo visto, vai ser mais difícil do que pensei...


Um breve silêncio quase instantâneo, enquanto Goten brincava pelas proximidades.


Acalme-se. Você não quer aprender a voar, Videl? É o seu sonho, não coloque tudo a perder!


— Suponhamos que, por alguma razão... digamos que eu não tenha um Ki. — continuou branda — Seria impossível voar?


— Ora, fique tranquila! — Gohan riu — Todo ser vivo tem Ki! É só questão de domina-lo!


— Mesmo?


— Sim.


Uma troca de singelos olhares.


— Goten, primeiro irei ensiná-la a controlar o Ki. Depois, ensino vocês a voar, tudo bem?


— Mas vai ser difícil, irmão...


— Obedeça. Volta a brincar, volta. — repreendeu suavemente.


— Tudo bem!


Foco.


Focaram-se um no outro, nada além importava no momento.


— Libere seu poder pouco a pouco, calmamente... devagar.


Outra bola de energia ia surgindo quente.


Então isso é o Ki. Hm...


As palavras do mestre, os gestos martelavam na mente agitada de Videl. Calma era o que precisava.


Respire...




Respire, Videl.





Concentre-se!






CARAMBA!






Concentração!





Você consegue!






Sim, você irá conseguir!






Só... concentre-se.




N-nossa!


E-e-estou trem-mendo!



— Sem desespero, acalme-se! — advertiu de braços cruzados — Ou não dará certo!



Calma...



— Respire fundo!



Respire...


1...


2...


3..








Frustração.


— E-eu não consigo...


— É claro que consegue, Videl! — abaixou-se até o nível dela — Sei disso.


Olhares e mais olhares. Apaixonados.


Gohan e Videl apaixonaram-se naquele dia.

5 de Agosto de 2020 às 13:19 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

Júlia Fincatti Preguiça de escrever uma bio decente! XD Posto fanfics de Dragon Ball!

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Mais histórias

Cartas para meus amigos Cartas para meus amigos
Wayward Wayward
nenhuma poção foi necessária no fim nenhuma poção foi ne...