Contagem regressiva para a Copa dos Autores 2020. Registre-se agora e tenha a chance de ganhar prêmios!. Leia mais.
souarmy Elena Gilbertt

Safira é filha da rainha dos mortos Selene, e vai ter que encarar as consequências de virar uma rainha.


Fantasia Todo o público.
0
991 VISUALIZAÇÕES
Em progresso
tempo de leitura
AA Compartilhar

Piloto

Uma vez, a minha mãe mencionou que existe uma flor, chamada Rapunzel, e que quando eu tivesse idade o suficiente, eu seria responsável por cuidar dessas flores, que brotam no Jardim de Rapunzeis, que pertence a minha família.

Esta flor é responsável por trazer pessoas de volta a vida, ou cura-las de doenças, ou ferimentos.

Minha mãe nunca tinha tempo o suficiente para ficar comigo, por isso eu sempre ficava sozinha em casa, escrevendo e desenhando sobre as Rapunzeis.

Mas quando ela tinha tempo pra mim, ela não me deixava chamar ela de mãe, ela queria que eu a chama-se de Celene, que é o verdadeiro nome dela.

Mas isso foi a muito tempo, já se passaram 10 anos, hoje em dia eu tenho 17 anos de idade, e se eu não mencionei, o meu nome é Safira.

(eu)-Mãe...quer dizer, Selene, como você sabe, já esta bem perto do meu aniversário de 18 anos...

(Selene)-Não querida, eu me lembro muito bem, seu aniversario foi a 10 anos atrás.

(eu)-Selene, essa é a questão, faz exatamente 10 anos que você não me dá parabéns, um abraço ou atê mesmo um presente de aniversario, mas...

(Selene)-Aí, pare de enrolar querida, você sabe que odeio quando você faz isso.

(eu)-Tá bom, já que você quer que eu vá direto ao ponto...Selene, eu quero que você pare de cuidar das Rapunzeis, e seja uma boa mãe...

(Selene)-Safira, isso esta fora de cogitação.

(eu)-Mas...

(Selene)-Eu já disse que não, querida, eu estou um pouco cansada, canta pra mim?

(eu)-Claro Selene...

~eu peguei me violão, e comecei a cantar e tocar.~

(eu)-Seque e perca a cor, de ao destino um fim, livra oque se prendeu, e deixe o espírito ir, e deixe o espírito ir.

(Selene)-Sua voz é a mais doce que eu já ouvi, agora, eu vou dormir, você deveria fazer o mesmo querida, você esta com uma aparência muito cansada.

(eu)-Eu não estou com sono, vou ficar acordada.

(Selene)-Ok, venha, me de um beijo.

~eu vou atê ela e dou um beijo nela, e a mesma beija a minha testa.~

(Eu)-Boa noite.

(Selene)-Boa noite.

~ela saiu, então eu fui atê a biblioteca dela, e comecei a ler alguns livros de magia da minha mãe, um deles dizia:~


"As Rapunzeis são flores raras, são as únicas que podem acordar os mortos, e curar os feridos e doentes."

~quando eu li esse trecho, eu comecei a pensar, o porque da minha mãe nunca ter me ensinado magia, mas eu deixei esse pensamento de lado, talvez ela não me ensine magia, porque ela não pretende morrer.~



AVISO: Esta história esta sendo inspirada na verdadeira história da mamãe Gothel, do filme Enrolados.

24 de Julho de 2020 às 22:10 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Aproximação

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 2 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!